13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Carolina, Dom La Nena, Gisela João e Nuno Prata entre os destaques na programação do próximo trimestre em Espinho

 

O próximo trimestre no Auditório de Espinho arranca já hoje com um novo espectáculo da Orquestra de Jazz da EPME intitulado “Jazz – Música gourmet”. Neste concerto a orquestra vai cozinhar em palco o jazz que se ouvia em New Orleans no início do sec. XX. No segundo dia de Outubro arranca o mês com a Orquestra Clássica de Espinho, sob direcção do maestro Pedro Neves, com a colaboração do pianista Daniel Hart. Neste concerto a OCE apresentará um programa composto pela Sinfonia n.º 2 de Beethoven e pelo Concerto n.º 2 para piano de Rachmaninov. No dia 16 de Outubro o AdE recebe pela primeira vez a fadista-revelação Carolina, que se estreou em 2014 com um LP homónimo, apresentando-o em aclamados palcos nacionais e internacionais, como o Festival Cultural Europeu em Argel, Festival de Fado de Buenos Aires, ou o prestigiado Festival Sete Sóis, Sete Luas, em Itália. Foi das primeiras confirmações do Caixa Ribeira´15 e num Salão Árabe esgotado deu um dos melhores concertos do festival. Em Setembro, esteve no Caixa Alfama, ponto de partida para uma série de concertos.

 

A fechar o mês, no dia 31, Dom La Nena regressa ao AdE para um concerto em nome próprio no âmbito do Misty Fest 2015. Dizer que a brasileira é talentosa é dizer pouco sobre a força da sua delicadeza. Na sua biografia pode ler-se que colaborou com Jane Birkin, com Kiko Dinucci ou Piers Faccini. Com o seu primeiro álbum, Ela, Dom recebeu os maiores elogios da imprensa internacional em jornais como o The New York Times, The Wall Street Journal, pela rádio americana NPR, a revista Les Inrockuptibles, entre outras publicações. Dom escreve e canta em português, francês, espanhol e inglês; toca violoncelo, toca violão ou ukulele. E a magia acontece invariavelmente quando está em cima de um palco. O seu novo disco, Soyo, gravado em co-produção com Marcelo Camelo, deverá certamente catapultar o nome de Dom La Nena para o centro de todas as atenções.

 

Novembro arranca no dia 6 com Gisela João. Com o seu disco de estreia, a fadista recebeu todos os louvores da crítica especializada, de publicações de referência como a Blitz, o Expresso, o Público e a Time Out. No dia seguinte, 7 de Novembro, Nuno Prata regressa ao Auditório de Espinho para um concerto em nome próprio. Outrora baixista dos Ornatos Violeta, foi um dos primeiros elementos da banda portuense a reencontrar-se com os palcos, logo após o término da mesma. Actualmente o cantautor portuense apresenta-se no formato trio, trazendo consigo o terceiro capítulo de um já longo percurso, um disco homónimo que teve, sem surpresas, uma entusiástica aclamação.

 

No dia 21 de Novembro, a Orquestra Clássica de Espinho, sob direcção de Jean-Marc Burfin, e com a colaboração da soprano Patrycja Gabrel, apresenta no AdE um programa composto por duas obras orquestrais baseadas em textos alemães de destacados poetas românticos: Mahler e Zemlinsky. A fechar o mês de Novembro, no dia 27, a Companhia Erva Daninha apresenta “Nove’s Fora”. Neste espectáculo, a matemática vai ao circo e o circo descobre que vai bem com a matemática, e este é apenas o início da história de uma bela amizade. Tudo somado e contado, um espetáculo para todos os miúdos e para todos os graúdos. No dia anterior a companhia apresenta o mesmo espectáculo em duas sessões exclusivas para público escolar.

 

Dezembro no AdE começa no dia 4 com mais um concerto da Orquestra de Jazz da EPME. Sob a direcção de Daniel Dias e Paulo Perfeito, a orquestra apresenta o espectáculo “Rodgers and Hammerstein - The Sound of Music”. A dupla composta pelo compositor Richard Rodgers (1902–1979) e pelo letrista  Oscar Hammerstein II (1895–1960) produziu algumas das obras mais memoráveis do universo da Broadway e do grande cancioneiro norte-americano. Este acervo de canções populares seria posteriormente utilizado pelos músicos de Jazz como alicerce para as suas improvisações. Música no Coração é o musical de Rodgers and Hammerstein a que o publico português mais se afeiçoou, associando-o à época festiva do Natal. Assim sendo, será o final ideal para um reportório de arranjos desta dupla inolvidável, a ser interpretado pela Orquestra de Jazz da EPME. No dia 19 de Dezembro a Orquestra Clássica de Espinho encerra o trimestre com um programa especialmente alusivo à época natalícia e ao repertório que lhe é dedicado. As obras a apresentar serão anunciadas oportunamente.

Periodicidade Diária

domingo, 21 de julho de 2019 – 14:44:45

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...