14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

SENZA no Comboio de Bambu

 

 

Depois do lançamento, no primeiro trimestre deste ano, do seu disco de estreia intitulado "Praia da Independência", os SENZA lançam agora o segundo single, com um arranjo inédito: "Comboio de Bambu".


A versão que consta no disco foi gravada com os diminutos recursos disponíveis durante uma viagem de 3 meses da dupla de músicos Catarina Duarte e Nuno Caldeira ao sudeste asiático. De forma simbólica, foi assim mesmo incluída no disco: simples, esboçada, e de certa forma, autêntica.


Com um novo arranjo a que se juntaram os músicos Quiné Teles (bateria e percussão) e Pedro Almeida (piano), o tema "Comboio de Bambu" volta a ver a luz do dia... ou antes, é finalmente contemplado com a luz da minúcia dada aos restantes temas do disco.


Inspirada num comboio improvisado existente no norte do Cambodja, a canção conta uma experiência vivida com uma fusão de estéticas sonoras, atmosferas e paisagens musicais bem ao jeito do que é possível encontrar no disco. Mais um exemplo a relembrar-nos que a fusão-lusófona dos SENZA se encontra bem, de saúde, e que se recomenda.

 

Alinhamento do álbum ( letras e músicas: Catarina Duarte e Nuno Caldeira)

 

01 | Praia da Independência
02 | Em Viagem
03 | Guesthouse
04 | Menino da Pedra Preciosa
05 | Dólar Americano
06 | Khao San
07 | Coração Gigante
08 | Palco
09 | Poeteira
10 | Comboio de Bambu ( gravado no Cambodja)
11 | Raiz
 

FICHA TÉCNICA “Praia da Independência”
Este álbum contém captações áudio realizadas em Sihanoukville, Siem Reap
(Cambodja); Bangkok, Hua Hin (Tailandia), em Shanghai (China) e no estúdio de
pré-produção de SENZA (Aveiro, Portugal).
Co-produção: Catarina Duarte e Nuno Caldeira
Mistura: Nuno Caldeira
Masterizado por Daniel Lopes @ Soundsculp Dublin

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 7 de agosto de 2020 – 00:22:33

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...