14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Santuário de Fátima estreia composição musical de Fernando Valente “Música para poema de Natal I”

 

Concerto pelo Conservatório de Música do Porto realiza-se no dia 18, com entrada livre no auditório do Centro Pastoral de Paulo VI

 

O Santuário de Fátima, em parceria com o Conservatório de Música do Porto, estreia, no próximo domingo, dia 18 de dezembro, pelas 15h00, no Centro Pastoral de Paulo VI, a obra “Música para poema de Natal I”, de Fernando Valente, compositor e professor de composição daquele conservatório.

 

A obra «tem aromas da época que se celebra, sublinhando um ambiente de recolhimento e exultação, com “cheiro a rabanadas”, com se diz no Norte, e de características intimistas. Integra uma melodia tradicional sobre o nascimento do Menino recolhida em Arouca», explica Fernando Valente.

 

O diretor do Conservatório de Música do Porto,António Moreira Jorge, espera que «a partilha musical deste “Natal Português” aqueça os corações de todos quantos nele participam».

 

Nesta iniciativa vão participar cerca de 290 pessoas, entre alunos, pais, professores e funcionários.

 

Além da estreia de “Música para Poema de Natal” de Fernando Valente, e outras obras deste compositor, a plateia vai poder escutar peças de Eurico Carrapatoso, Fernando Lapa e Edward Elgar.

 

Fernando Valente é natural do concelho de Arouca. Diplomou-se em Composição no Conservatório de Música do Porto e é docente. Foi membro do Coro da Sé Catedral do Porto, que acompanhou ao órgão durante alguns anos, dirigiu em alguns concertos e fez parte da sua direção artística.

 

Como compositor, tem obras escritas para instrumentos solistas e para diversas formações de câmara e orquestra. Tem sido solicitado a escrever música para grupos infantis e juvenis, com acompanhamento instrumental, sobre poemas de autores nacionais e de países de língua oficial portuguesa.

 

No domínio da música sacra e litúrgica, colabora regularmente na revista Libellus Usualis.

 

O Conservatório de Música do Porto, por seu lado, é uma instituição cimeira do ensino da música e na vida cultural do país, sendo a relevância da sua atividade atestada pelo significativo número de músicos – intérpretes, compositores, diretores de orquestra e professores – que aí realizaram os seus estudos. Atualmente, é frequentado por mais de 1 000 alunos e o seu corpo docente é constituído por mais de 170 professores. Além de inúmeros grupos de música de câmara, a instituição integra um alargado número de grandes formações orquestrais e corais, onde se enquadram a orquestra sinfónica e o Coro do Conservatório de Música do Porto, formados por alunos dos cursos básico e secundário de música e canto, podendo integrar antigos alunos, professores, pais e encarregados de educação. A Orquestra Sinfónica tem como maestro principal o professor de orquestra Fernando Marinho.

 

Fernando Marinho iniciou os seus estudos musicais na Banda Musical de Amarante, a sua terra natal. É diplomado com os cursos de flauta do Conservatório de Música do Porto, licenciado em Ensino Básico pela Escola Superior de Música de Lisboa e mestrando pela Academia Nacional Superior de Orquestra. Como flautista, desenvolve atividade como solista, tendo tocado com diversas orquestras e trabalhado com vários maestros.

 

Foi distinguido em concursos nacionais e internacionais onde participou.

 

Desde 2009, é professor do Conservatório de Música do Porto, onde desempenha as funções de maestro.

 

Este Concerto de Natal é uma iniciativa integrada na celebração do Centenário das Aparições, que coincide com o centenário da escola de música portuense.

 

O concerto tem entrada livre.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 7 de agosto de 2020 – 01:09:55

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...