Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís deixou de impor limite de idade aos candidatos

 

 

O júri do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís aboliu, desde o ano passado, o limite de idade de 35 anos para os autores que pretendam candidatar-se. Trata-se de uma decisão que visa dinamizar o aparecimento de novos valores. O prazo de recepção das obras expira no próximo dia 31 de Maio.

 

Com a eliminação  dessa norma considerada restritiva, a Estoril Sol vai ao encontro do desejo manifestado por numerosos candidatos, que se viam impossibilitados de  participarem. Mantém-se, contudo, a obrigatoriedade do romance concorrente ser inédito, e de autor português, “sem qualquer obra publicada no género”.

 

A 10ª edição do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís tem o valor de 10 mil euros e, nos termos do Regulamento, será publicado pela Editora Gradiva, conforme o protocolo existente com a Estoril Sol. O júri será presidido por Guilherme D `Oliveira Martins.

 

Juntamente com o Prémio Literário Revelação, a Estoril Sol mantém ainda o Prémio Literário Fernando Namora, instituído regularmente desde 1988, bem como o Prémio Cidadania Cultural Vasco Graça Moura homenageando a sua memória.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...