15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

"Burlesque Sky": Novo single de Sandy Kilpatrick

 

 

“Burlesque Sky” é o segundo tema a sair do mais recente álbum "Confessions from The South", um disco homenagem a Portugal

"O disco define-se pela alternância entre momentos celebratórios e meditativos, nos quais a voz envolvente de Kilpatrick convive harmoniosamente com o coro e os diversos instrumentos"
★★★★
Pedro Salgado, SÁBADO.

 

Burlesque Sky é o segundo single do novo álbum de Sandy Kilpatrick que foi editado no passado dia 17 de março num memorável espectáculo no Theatro Circo de Braga. 

Este tema é a apresentação do lado mais boémio do "Confessions from The South" e do próprio Sandy Kilpatrick, escocês de nascimento mas cidadão do mundo, sem fronteiras. É uma música que nos transporta até a uma Braga boémia, saída de um universo quase literário: festivais de burlesco, danças sedutoras, vozes de coro, noites quentes e tonalidades avermelhadas.

Nas palavras do artista este é um tema que, mesmo sendo de homenagem a Braga e ao Theatro Circo, nasceu em Nova Iorque:  "Estava lá para reunir com a Miss Mundo Exótico, Julie Atlas Muz, e falar da co-produção de um evento de burlesco chamado The Day of the Dead. O evento foi realizado depois no Halloween de 2007 no Theatro Circo de Braga, quando ainda trabalhava naquela casa".

Este evento trouxe até Braga os maiores nomes do burlesco em 2007 e criou a ânsia em Sandy Kilpatrick em compor uma canção que "conseguisse dar vida a todo o mundo do burlesco , à liberdade, ao prazer e  à alegria de dançar. A sensualidade e a elevação do espírito."

Agora em 2017, Sandy Kilpatrick admite que "Pode ter demorado 10 anos para trazer o Burlesque Sky ao mundo, mas algumas coisas valem a pena a espera. Acho que com a The Origins Band finalmente consegui dar-lhe vida".

 

Sobre o álbum:
"Confessions from The South" conta com 10 músicas escritas e compostas por Sandy Kilpatrick. São dez temas que percorrem regiões e cidades desde o Algarve ao Gerês, passando também pelas ilhas. Uma homenagem a Portugal e que contém a portugalidade já inerente à personalidade do artista escocês que se mudou para Vila Nova de Famalicão há mais de 15 anos.

É um projeto de uma intimidade e tom de celebração incrível. Uma obra que celebra diferenças e a união entre os povos, um trabalho de um artista que não reconhece fronteiras e se assume como contra-corrente aos novos paradigmas e discursos contemporâneos de muros e separação. É um álbum carregado de esperança num mundo cada vez mais cinzento.

"Confessions from The South" é o primeiro de um conjunto de quatro álbuns homenagem a diferentes países que, de alguma forma, marcaram a vida de Sandy Kilpatrick. O primeiro é sobre Portugal, os restantes passam por países como a Irlanda, Escócia e Noruega.

 

 
 


Mais informações:
Sandy Kilpatrick – Voz e guitarra acústica
André Silvestre – Piano 
Edgar Ferreira – Guitarra eléctrica
Pedro André – Baixo
Jorge Barroso - Trompete
Pedro Gonçalves de Oliveira – Bateria

Coro:
Gabriela Braga Simões
Eva Braga Simões
Luis Toscano
Inês Kilpatrick

"​Confessions from The South" conta com o apoio da Fundação GDA.

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 21 de setembro de 2020 – 16:43:55

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...