15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Angrarock 2017 - Fica a conhecer o Júri

 

 

Júri do 18º Concurso ANGRAROCK procura os melhores projetos de 2017

 

 

São cinco os elementos do júri da edição de 2017 do Concurso ANGRAROCK. Nesta 18ª edição, organizada em parceria pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e pela AJITER - Associação Juvenil da Ilha Terceira, a aposta na qualidade da avaliação dos projetos musicais assume um lugar de evidência.
 
O júri é, assim, composto por António Neves, Pedro Machado, Luís Alberto Bettencourt, Patrícia Aguiar e Nivaldo Sousa, um grupo de profissionais e amadores da música, experientes na dinamização de projetos artísticos reconhecidos em todo o arquipélago.


Luís Alberto Bettencourt
Visitante vindo da ilha de São Miguel, é músico, compositor e realizador de televisão. Com uma carreira com mais de 40 anos de experiência, é nome incontornável do repertório açoriano. Tem, ao longo dos anos, vindo a colaborar com diversas entidades na promoção da música na região e além-fronteiras.

Pedro Machado
Antigo vencedor do Concurso ANGRAROCK e aluno do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, é uma das mais mediáticas caras dos Myrica Faya, um grupo de entusiastas pela reinvenção da música tradicional açoriana. É, também, elemento assíduo em bailinhos e outros projetos musicais um pouco por toda a região.
 
Nivaldo Sousa
É cara conhecida do panorama musical da ilha. Além de professor do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, tem participado em inovadores projetos musicais (sobretudo dentro do género do jazz), que buscam novas sonoridades e dimensões.
 
Patrícia Aguiar
Licenciada em Música pela Universidade de Aveiro e antiga aluna do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo. Tem, desde 2015, dado um contributo de grande valor ao rock/metal nos Açores, ao co-produzir o único festival do género na Ilha Terceira, o Unborn Fest.
 
António Neves
De Mindelo São Vicente, está a viver em Angra do Heroísmo desde 2001, depois de ter vivido vários anos em Coimbra. Tem interesse por várias vertentes da arte, como a pintura e a música, mas é na literatura que mais se destaca. Com duas obras de poesia publicadas, é o elemento do júri com particular sensibilidade no contributo à decisão do prémio para a “Melhor Letra”.
 

O Concurso ANGRAROCK é uma iniciativa de promoção aos projetos musicais de originais nos Açores. Pretende criar uma plataforma de lançamento para os jovens músicos dos Açores, incentivando-os a desenvolver a sua arte e o seu talento. A final da edição de 2017 acontece já no próximo sábado, dia 22, na Praça Velha, e irá colocar frente a frente os quatro finalistas do concurso, na luta pelos prémios de Melhor Projeto, Melhor Original e Melhor Intérprete.
 
 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 21 de setembro de 2020 – 16:44:27

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...