13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Em Voz Alta, os nossos Poetas, a partir de 19 de janeiro, na Casa Sommer, em Cascais

 

A programação de Em Voz Alta, os nossos Poetas  em 2019 inicia-se com a leitura, por Manuel Wiborg e Luís Lucas, de poemas selecionados da Antologia de Poesia Portuguesa Erótica e Satírica, lançada em 1966. Relembre-se que este conjunto de poesias recolhidas por Natália Correia foram então objeto de censura e apreensão e matéria de julgamento da poeta em Tribunal Plenário, acusada de imoralidade e ofensa ao “pudor geral”, à “decência”, à “moralidade pública” e aos “bons costumes”.

 

A Fundação Dom Luís I junta-se, pelo segundo ano consecutivo, aos Artistas Unidos, para celebrar a obra de grandes poetas nacionais. 

Jorge Silva Melo, Lia Gama, Maria João Luís e Catarina Wallenstein, entre outros atores, vão estar na Casa Sommer para dizer “Em Voz Alta” a poesia de autores como Camões, Sophia de Melo Breyner, Natália Correia, Mário Cesariny ou Carlos de Oliveira.
 

As sessões de Em Voz Alta, os nossos Poetas surgem de uma parceria entre a Fundação Dom Luís I, a Câmara Municipal de Cascais e o grupo de teatro Artistas Unidos. A entrada é gratuita nas sessões que decorrem mensalmente, entre janeiro e dezembro de 2019.


Salvato Teles de Menezes, presidente da Fundação Dom Luís I, salienta: “A Fundação recebe com grande satisfação mais um ano da iniciativa Em Voz Alta, os nossos Poetas. Em 2018, a obra de autores nacionais chegou a vários públicos graças a este projeto dos Artistas Unidos, que se revelou um verdadeiro êxito. Em 2019, apostamos num formato renovado, para que a Poesia portuguesa esteja mais viva do que nunca, agradecendo, desde já, a parceria dos Artistas Unidos e a sua aposta no público do Bairro dos Museus.”

 

Jorge Silva Melo, diretor artístico dos Artistas Unidos, realça a importância de a poesia ser dita em voz alta: “Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos atores, elegíaca, irónica, sarcástica, magoada, nostálgica, determinada, voz clara na noite, voz obscura ao contrário do dia. Gosto de poesia, de ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.”

 

Saiba mais sobre “Em Voz Alta, os nossos Poetas” no site da Fundação D. Luís I.

 

Em Voz Alta, os nossos Poetas

 

Casa Sommer | Janeiro a Dezembro 2019 | 18h30 
 
19.01 
Poesia Erótica Portuguesa ( antologia de Natália Correia) por Manuel Wiborg e Luís Lucas


16.02 
Mário Cesariny por Maria João Luís e Jorge Silva Melo

 

16.03 
Carlos de Oliveira por Luís Lucas e Jorge Silva Melo

 

13.04 
Sophia de Melo Breyner por Catarina Wallenstein e Manuel Wiborg

 

25.05 
José Afonso por Lia Gama, António Simão e João Meireles

 

03.06 
Poesia Infanto-Juvenil numa escola do concelho

 

21.09 
Novíssima Poesia Portuguesa por João Pedro Mamede, Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo

 

19.10 
Poesia e Música por Catarina Wallenstein e Jorge Silva Melo

 

16.11 
Camões por Jorge Silva Melo

 

14.12 
Cancioneiro de Natal de David Mourão-Ferreira por Luís Lucas e Manuel Wiborg

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 23 de abril de 2019 – 10:29:12

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...