13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Coliseu Porto Ageas e TNSC celebram a Páscoa com “Parsifal” de Wagner

 

 

O Coliseu Porto Ageas e o Teatro Nacional de São Carlos apresentam "Parsifal", a derradeira obra de Wagner. Esta coprodução, em versão de concerto com excertos do I ato e III ato completo, terá duas apresentações: primeiro no Porto, a 12 de abril, e em Lisboa a 15 de abril, com música da Orquestra Sinfónica Portuguesa e vozes do Coro do Teatro Nacional de São Carlos.

 

Com libreto largamente extraído do poema épico do século XIII da autoria de Wolfram von Eschenbach, a história narra a demanda pelo Santo Graal por Parsifal, um dos cavalei­ros do mítico Rei Artur.

 

Richard Wagner concebeu a ópera em abril de 1857, completando-a apenas 20 anos mais tarde. Devido ao seu simbolismo declaradamente cristão, cujo epílogo decorre numa Sexta-Feira Santa, Wagner descreveu "Parsifal" não como uma ópera, mas como uma “Repre­sentação Teatral Sacro-Festiva” que remete para a época de Páscoa que se aproxima.

 

O tenor Erin Caves regressa assim a Portugal para encarnar Parsifal, depois das excelentes críticas que obteve em “Tristan und Isolde”, no São Carlos. Michael Kraus dará voz a Amfortas, Ante Jerkunica será Gurnemanz e Sónia Alcobaça interpretará Kundry. A conduzir "Parsifal" estará o maestro Graeme Jenkins, que já colaborou com a Royal Opera House.

 

A não perder, a busca pelo Santo Graal vista pelos olhos e partituras de Wagner, com estreia numa sexta-feira de Quaresma, no Porto.

 

Sobre Erin Caves:

Exibiu um timbre bonito e triunfou onde muitos soçobram

(Expresso, “Tristan und Isolde”)

 

 

Sobre Graeme Jenkins:

A direcção musical é excepcionalmente enérgica, sendo difícil de imaginar maior eficácia. (Público, "Peter Grimes")

 

A música, dirigida por Graeme Jenkins com grande mestria, tirando o melhor partido da orquestra.

(Público, "Alceste")


 

Coliseu Porto Ageas - 12 de abril, 21h

Teatro Nacional de São Carlos - 15 de abril, 21h

 

Richard Wagner [1813-1883], Parsifal

Prelúdio

I Ato (Coros da Cena do Graal)

III Ato (Parsifal: Porque estão os prados tão belos?

            Gurnemanz: É o encantamento da Sexta-Feira Santa, senhor) 

  

Parsifal Erin Caves

 

 

Gurnemanz Ante Jerkunica

Amfortas Michael Kraus

Kundry  Sónia Alcobaça

Direção Musical Graeme Jenkins

 

 

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Maestro titular Giovanni Andreoli 

Orquestra Sinfónica Portuguesa
Maestrina titular Joana Carneiro

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 22 de abril de 2019 – 14:31:47

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...