Cascais - Os Museus como Plataformas Culturais - Museus e Cidadania

 

 

13 horas contínuas de animação cultural

 

Este ano o DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS e a NOITE EUROPEIA DOS MUSEUS celebram-se no mesmo dia e a Câmara Municipal de Cascais, juntamente com a Fundação D. Luís, voltam a apostar numa programação diversificada, complementar, pensada para todos os públicos, que inclui todos os equipamentos do Bairro dos Museus.

 

Na programação não faltam visitas encenadas, exposições, concertos, ateliês para crianças, recriações históricas, música, conferências, entre outros, sempre com horário alargado e gratuito.

 

Algumas atividades e eventos merecem destaque:

 

Cavaleiros armados e damas da corte + Ceia Real |Forte S. Jorge de Oitavos (recriação histórica)

Conversa-concerto com Miguel Ângelo| Museu da Música Portuguesa-Casa Verdades de Faria,

Vamos Dormir no Museudo Mar Rei D Carlos,

O Clube do Rei D. Carlos| Museu do Mar (recriação de época)

Espetáculo Vórticena Casa das Histórias Paula Rego (dança, música e luz)

Let`s Swing – Anos 40no Espaço Memória dos Exílios (workshop de dança anos 40)

TyleFaredey| Centro Cultural de Cascais (banda de rua)

Há Blues no Terraço | Casa de Santa Maria

1920 Baile no Museu|Museu Condes de Castro Guimarães

 

Todas as atividades são de entrada livre, no entanto, algumas sujeitas a inscrição prévia (consultar o programa).

 

O tema deste ano proposto pelo ICOM – Os museus como plataformas culturais, museus e cidadania – representam a visão que Cascais tem sobre a missão do seu Bairro dos Museus. Uma visão onde os museus são instituições abertas e acolhedoras, que geram dinâmicas de desenvolvimento cultural e social, veículos, por excelência, de educação contínua, mas também espaços de diversão laser e/ou de reflexão, onde se geram todas as condições para uma dialética museus/públicos cada vez mais direta e menos formal.

 

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...