14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

A Montra, primeiro LP dos Cassete Pirata já disponível nas plataformas digitais e rumo ao derradeiro concerto de apresentação: 8 de Junho, Loulé

 

 

No rescaldo dos lotados concertos de lançamento, do tão esperado disco dos Cassete Pirata, "A Montra" está já disponível nas lojas digitais.

Nas salas a ferver do Salão Brazil, em Coimbra, do Maus Hábitos, no Porto e do Musicbox, em Lisboa, a banda fez jus às promessas de amor e de guerrilha a um público que se alastra e não mais os vai deixar.   

E é assim que num gesto de apreço pelo seu público do sul do país, depois de actuarem a norte e centro, os Cassete Pirata rumam ao Algarve para o derradeiro concerto de apresentação de "A Montra". A Câmara Municipal de Loulé associa-se ao lançamento deste disco, proporcionando ao público algarvio a oportunidade de adquirir ao preço único de 5€ o pack bilhete+disco para o concerto que se realiza no Auditório Solar da Música Nova, no próximo dia 8 de Junho, a partir das 21h30.

 

Em Lisboa, subiram ao palco de um exaltado Musicbox, os companheiros de aventuras, Samuel Úria, que une a sua voz à de João Firmino (Pir), vocalista da banda, na canção dedicada ao nosso planeta sofrido pelas mãos de todos nós, "Chora Mãe" e o invencível produtor musical do grupo, Luís Nunes (aka Benjamim), que acompanhou a banda nos últimas canções do alinhamento que demasiado depressa chegou ao fim.

É agora tempo tempo de todos apreciarem "A Montra" - que já disponível em todas as plataformas digitais, destaca, qual vitrine, a narrativa do trabalho diário de um artista na construção da sua música. Como nos explica João Firmino (Pir) escritor e compositor dos Cassete Pirata. 

“A vitrine, a montra, é a ponte entre a loja e o consumidor, responsável pela primeira impressão que o público tem dos produtos. A sua função não se limita a expô-los, mas também ajuda a construir a narrativa e a identidade da loja.
O que nos levou à concepção de algumas das letras e canções deste disco surge em torno da vida dos artistas e da exposição por que passam. A exposição e contexto leva por vezes à percepção de que são “apenas” mais um produto.
Se por um lado a montra o embeleza e o enaltece, por outro pode afastar-nos da importância pelo processo que as coisas passaram até chegar ali. No percurso artístico, a expectativa não deve recair desiquilibradamente sobre o produto final por si só e estamos, por isso, sempre no balanço entre desfrutar do processo e perceber com olhos renovados o resultado a que esse caminho nos leva.
No fundo, este disco é o resultado orgânico, por vezes mais moroso e sinuoso, mas sempre rico e deslumbrante de como é (sobre)viver como banda, como artistas, como personalidades íntegras, neste jogo onde estamos agora a entrar. Este é o nosso primeiro disco, é a nossa primeira Montra.” 
 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 23 de agosto de 2019 – 10:47:03

Pesquisar

 

20 de agosto

2005 - 2019, são 14 anos


- quase 3 milhões de fotos

de cerca de 60 desportos diferentes

 

- aproximadamente 46.000 notícias

de cerca de 225 desportos diferentes

 

- e muito mais
 

tudo

Ao Serviço do Desporto em Portugal

Obrigado aos nossos leitores!

 

 

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...