14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Casa do Coreto - Outubro 2019

 

 

BEBEETHOVEN

Teatro para bebés

6 Out a 15 Dez

Domingos 11h30 

P/todos   Teatro 

40’

 

Se a alegria fosse um hino, teria o sorriso de um bebé. Se todas as horas de brincadeira fossem eternas, seriam fugas em compasso composto binário, cheias de stacattos e rondós de cores livres. Nesta música, que é a vida, podemos ser nós os maestros e, os silêncios que vivem em nós, terem o som dos pensamentos.

Beethoven nunca descuidou as emoções. Tratou-as com cuidado para que se tornassem livres. O desassossego de não ser capaz de ouvir as músicas que criava, numa ansiedade de génio que gritava através de melodias, deixou-nos uma marca intemporal da sua verdade. Com ele, a música transformou-se e transformar-nos-á se ouvirmos para além do som.

Os músicos utilizam todas as liberdades que podem. -L.V. Beethoven

 

Criação e Encenação Sandra José Interpretação  Carolina Picoito Pinto, Maria João Trindade e Sandra José Design Gráfico Hugo Merino Ferraz  Apoio CenografiaRicardo Trindade Co-Produção Lua Cheia teatro para todos e Sandra José

 

 

MILHO POR PEIXE

10 e 11 Outubro 10h30 e 14h00 (escolas)

12 Outubro

Sábado 16h00

M/6 Teatro

40’

 

Fatú. Uma menina que vivia numa aldeia onde se plantava e comia milho…Só milho! Levada pelo sonho de um dia poder comer peixe, conhece Kudjo que vive numa aldeia de pescadores À beira mar. Ele mostra-lhe um segredo que o seu avô e o avô do seu avô foram passando de geração em geração. Kudjo pescava o peixe com uma canção e quando chegava com o barco ao sítio da enseada, cantava com muita intenção e assim fazia a magia acontecer. Fatú e Kudjo tornam-se amigos descobrindo juntos uma grande riqueza. Fatú tinha o milho e Kudjo, o peixe. A união de ambas riquezas tornou-se a maior riqueza de todas. Um conto cantado e uma canção contada. Um musical que vai do Rap ao Reggae mexendo com ritmos Portugueses, entoando canções tradicionais Togolesas. Um espectáculo que contribui para a cidadania global, promovendo a universalidade das culturas.

 

Recorrendo a instrumentos de diversas culturas como o Balafon (xilofone africano), o Kamele Ngoni (harpa de 8 cordas do Mali), o Cajón (caixa percutiva peruana), o Pau de Chuva (instrumento de percussão chileno), entre outros já conhecidos como a Guitarra Acústica ou o Baixo Eléctrico, este espectáculo destaca-se pela riqueza musical onde a narrativa é cantada recorrendo a estilos universais como o Rap ou o Reggae e outros mais específicos como a Chula ou a musica tradicional Ewe do Togo. É um musical onde os protagonistas nos transportam com subtileza aos cenários da história gerando uma envolvência que o torna interactivo. A sua mensagem é intemporal. Sustenta valores de humanismo e cidadania global onde a virtude está na união e na aceitação das diferenças promovendo a mistura e cooperação entre culturas, gentes, povos e aldeias. Pretende também estimular a aproximação à cultura africana por parte do público em geral e resgatar às gerações de portugueses afrodescendentes a memória da sua cultura de origem. Com a sua energia cativante o “Milho por Peixe” é sem dúvida um espectáculo onde todas as faixas etárias se encontrarão num ambiente de entendimento e apreço pela diversidade.

 

Autoria: Arantxa Joseph Criação: Arantxa Joseph, André Duarte e Giacomo Scalisi Direção Artística, Dramaturgia e Encenação: Giacomo Scalisi Interpretação: Arantxa Joseph e André Duarte Música Original: André Duarte e Arantxa Joseph Fotografia: Jon Barra, Diogo Vilhena e Ana Luisa Simões Vídeo: Diogo Vilhena Design Gráfico: André Duarte Produção: Arantxa Joseph

 

 

MARILYN

17 a 20 Outubro

Qui a sáb 21h30

Domingo 17h00

M/16 Teatro

40’

 

O projecto “Marilyn” surge da inquietação da actriz Anna Sant´Ana sobre a vida de uma das atrizes mais influentes e conhecidas da história do cinema mundial: Marilyn Monroe.

 

O texto partiu de uma inquietação da actriz: Fama x Solidão. Sobre o fascínio que Marilyn exerce ainda hoje no imaginário das pessoas. Como foram seus últimos anos? Até onde uma pessoa tão cercada de fãs e imprensa por todos os lados, se sentia a pessoa mais solitária do mundo?

Baseado nos últimos anos da vida de Marilyn, a proposta é mostrar para além do mito, a mulher que existia com todos os problemas e inseguranças, a fama, o glamour, o símbolo sexual, os três casamentos, o desejo de ser mãe, problemas com bebidas, as paixões, a solidão, as frustrações e a morte precoce aos 36 anos. 

 

"Eu sabia que eu pertencia ao público e ao mundo, não pelo fato de ser talentosa ou até mesmo bonita, mas porque eu nunca pertenci a nada ou a ninguém."

MM

 

Criação  Anna Sant´Ana

 

 

O PRINCIPEZINHO

19 Outubro

Sábado 16h00

M/6 Teatro

40’

 

Esta é a história de um aviador que ficou perdido no deserto depois do seu avião ter avariado. Conheceu um menino, um menino especial pois vinha de outro planeta, o asteróide B 612.
Esse menino contou a sua história ao aviador e o aviador conta-nos a história desse menino.
Terá sido um sonho? Uma alucinação? Não sabemos, sabemos sim que é uma história que merece ser contada e é isso que vamos fazer…
Era uma vez um aviador…

 

Produção Valdevinos Teatro de Marionetas

 

 

WORKSHOP A CRIATIVIDADE NO CLOWN

Com Matteo Cifariello (Itália)

23, 24, 25 Outubro

Quarta a Sexta 14h30 às 18h30

M/16 Oficina Clown

12h

 

A criatividade no Clown
Ferramentas para estimular a criatividade d@ noss@ Palhaç@.
Durante o workshop faremos uma viagem ao universo d@ Palhaç@ com foco na criação.
O objetivo deste workshop é desbloquear processos criativos para a realização de novos números ou espetáculos.
O trabalho centra-se tanto no impulso dado pela improvisação como nas “matemáticas d@s Palhaç@s"
Como não perder a frescura da improvisação quando a convertemos num número ou espetáculo?
O que as diferentes emoções d@ Palhaç@ pode despertar no público?

Metedologia
Todos os dias há um treino físico para preparar e ativar o corpo para o trabalho.
Realizaremos improvisações a "solo", em dupla e em grupo.
Exercícios para ativar a nossa criatividade.
Trabalho com objeto.

Objetivos
Criação e estruturação de um número, ou análise de um número já existente que se deseja melhorar.

 

Vagas
16 vagas o ideal (máximo 20)
VALOR
80 euros (até 30 de Setembro) / 100 euros (a partir dessa data)

 

GAMES OF CLOWN

26 Outubro

Sábado 21h30

M/3 Clown

40’

 

Descobrindo o personagem clownesco.

Um palhaço, três personagens: uma imersão no imaginário do artista.

Compartilha com o público este momento mágico em que o personagem ganha vida: colocando maquiagem, colocando o traje, cada vez uma maneira diferente de se mover e agir: mais do que um show, é um encontro entre artista e público.

Sem cortinas, sem bastidores, personagens diferentes ganham vida no palco, sem truques ou quase ...

Após 10 anos de pesquisas, shows, performances, cursos ministrados e recebidos pela Europa, Matteo Cifariello apresenta este espetáculo no qual ele se junta a alguns de seus personagens; O resultado é uma hora de riso, situações absurdas e cumplicidade com o público.

Jogos de Palhaço é o desejo do artista de partilhar com o público a caminhada percorrida até agora.

O ator, ao invés de um intérprete, é um instrumento para transmitir ideias, emoções e sentimentos.

 

Com Matteo Cifariello (Itália)

 

 

BOCAge

31 Outubro a 3 Novembro

Qui, Sex, Sáb 21h30

Domingo 17h00

M/18 Teatro

70’

 

"BOCAge, o melhor e mais honesto homem para se amar."
É uma Comédia de escárnio e bem dizer que volta à Casa do Coreto em Cidade de Lisboa no Centro Histórico de Carnide em frente ao Coreto
BOCAge - espectáculo está a percorrer o Pais com enorme sucesso e volta à casa onde praticamente começou a digressão há cerca de ano...
"Poderiam ter sido de uma mulher, aquelas palavras que muito magoam quem as escuta. Poderiam ter sido ditas a cantar, por um bom e belo trovador, talvez assim nos entranhassem mais e as estranhássemos menos. Mas as palavras ditas, a cru, sem receio de alheios e freios, é o que as faz serem apetecidas e repetidas e vomitadas e gozadas em voz alta e não entre dentes cerrados. Venham, calem-se e escutem!
E, se do amor já ouviram mentiras, aqui do amor ouvirão verdades. A BOCAge faremos um brinde. Não fosse ele o melhor e mais honesto homem para se amar."

 

Texto Sandra José EncenaçãoJoão Ascenso InterpretaçãoRita Ribeiro, Ana Lúcia Magalhães e Alexandra Pato MúsicaArtur Guimarães FigurinosDino Alves Cenografia e Design GráficoHugo Merino Ferraz Desenho de luz Rui Braga ProduçãoMagiAbrangente – Rita Ribeiro

 

 

ACTIVIDADES PERMANENTES NA CASA DO CORETO

 

ESPETÁCULOS para Creche, Jardim de Infância e 1º Ciclo

Outubro a Junho - 10h30 às 14h00

Teatro / Marionetas

por marcação

 

AULAS DE TEATRO

Teatro para gente pequena

Outubro a Junho  Sábados

10h00 às 11h00  6 aos 8 anos

11h00 às 12h30  9 aos 12 anos

  

Professor Vicente Morais

Leciona Expressão Dramática Curricular no Externato Marista de Lisboa desde 2004; tem lecionado em diversos espaços de Lisboa (Sociedade Guilherme Cossoul, Akidsmia, Colégio Oriente, etc).

 

 

Casa do Coreto

R. Neves Costa, 45 Carnide 1600-532 Lisboa

Reservas: 938018777 | 966046448  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 21:02:18

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...