13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Prof. João Campos

Antigo praticante de andebol, atletismo e voleibol, João Campos é, desde há muito, um dos mais conceituados técnicos nacionais de atletismo e, pelas suas mãos, tem passado atletas que já conquistaram mais de quatro dezenas de medalhas em Campeonatos do Mundo e da Europa e em Jogos Olímpicos. Entre essa extensa lista, entre outros, contam-se os nomes dos olímpicos Fernanda Ribeiro, Jéssica Augusto, Rui Silva, Luís Novo, Elsa Amaral, Rui Pedro Silva, Luís Sá, Alberto Paulo, Vitor Almeida, Pedro Curvelo, António Zeferino, José Regalo e António Pereira.

 

Agora, aos 57 anos de idade, o multi-galardoado treinador é o motor de um novo projecto, o Grupo Desportivo" The Cleans”, que já começa a dar que falar no panorama atlético nacional. A seguir, não perca a entrevista exclusiva que João Campos deu ao nosso portal.

 

- Onde e como surgiu a ideia da fundação do Grupo Desportivo “The Cleans”?

R – Há muito tempo que germinava na minha cabeça a ideia de uma equipa. Gostaria que fosse uma equipa que abrangesse todas as áreas do atletismo, mas, nos tempos que correm, é tarefa difícil.

 

- Os adeptos do atletismo podem crer que se trata de uma ideia para o futuro ou é fruto de uma situação conjuntural?

 R – Gostaria que fosse para futuro, mas, tudo dependerá dos patrocinadores e, como é lógico, de nós treinador e atletas.

 

- O professor tem, apenas, funções técnicas ou, pelo contrário, também pertence aos corpos sociais do novo clube? Quem é o Presidente da Direção do mesmo?

R – Sou o responsável técnico e vice-presidente da Direcção. O presidente da direcção é um empresário de Matosinhos, Dr. André Telheiro.

 

- Com que apoios conta este novo projeto?

R – Conta com o apoio de duas empresas da área dos Seguros, AÇOREANA Seguros e a SFA (SEGUROS e gestão de riscos),  e uma da área da Saúde, SUSSAÚDE.

 

- Neste “arranque”, que opiniões tem escutado acerca da nova equipa?

R – As mais díspares, uns valorizando o aparecimento de uma nova equipa, outros criticando de forma pouco ética, aliás, situação que, infelizmente,  é muito normal em Portugal.

 

- O nome “The cleans” é uma demonstração de revolta contra os casos de doping que têm surgido no atletismo português ou tem outro significado? Porquê um nome em inglês?

R – Também, mas não só. O nome é apelativo e em questões de Marketing isso é muito importante. Todos fazem a mesma pergunta, e isso vem ao encontro do que desejava-mos.

É evidente que queremos estar no atletismo de forma a que os princípios éticos sejam a mais valia. Apesar de alguém já ter errado, não connosco, merece uma oportunidade de recuperar os princípios e ressarcir a sua imagem.

 

- Como foi feita a seleção dos atletas que integram a equipa? São todos treinados por si?

R – A selecção foi feita de forma muito natural. Quatro dos atletas treinam comigo: Bruno Albuquerque, José Costa, Nuno Costa e Sérgio Dias. Os outros, Hermano Ferreira e Licínio Pimentel, estavam livres e falámos para a possibilidade de integrar o grupo. O Sérgio Silva falou comigo no dia 29/10, quando me deslocava para Lisboa para inscrever o Clube e os Atletas.

 

- Quais os objectivos do novo emblema, para a época que ora começou?

R – Fazer as provas mais importantes do calendário de Corta Mato e Estrada e participar também e com objectivos nas provas de pista, pois queremos atletas a representar Portugal nos grandes Campeonatos de Corta Mato, Estrada e Pista.

Participaremos de forma profissional, procurando ganhar, mas, principalmente, competir de forma honesta e valorizando o que de mais importante existe no desporto, a Ética e o respeito pelos nossos adversários.

 

- Como será, estar na pele de responsável por uma equipa que vai lutar por títulos e, paralelamente, ser treinador de outros atletas (Rui Silva, Rui Pedro Silva, ..) que integram equipas “rivais” e que poderão impedir a concretização desses objectivos?

R – Eu tenho muito orgulho em treinar dois atletas que são exemplo para todos. Grandes profissionais e pessoas espectaculares e já os treinava aquando da minha estada no F. C. Porto e nunca houve problemas.

O dia a dia faz-se no treino e aí ninguém duvida do meu rofissionalismo. Treinarei qualquer um para ser o melhor e o melhor é o que ganha mais vezes.

 

- A formação será, no futuro, uma aposta do GD “The cleans” ou o clube preocupar-se-á, somente, com a alta competição, sendo a equipa alimentada pela contratação de alguns dos principais nomes já firmados no panorama do meio-fundo e fundo nacionais?

R – Este é um momento importante e que teria de ter um começo. Começou desta forma e espero que corra bem.

Como disse atrás, gostava de ter um projecto mais abrangente,e mas as dificuldades são muitas e ainda não temos certezas absolutas sobre a longevidade do projecto.

 

- Que mensagem quer deixar a todo/as o/as que lêem esta entrevista?

R – Tenho uma carreira de que me orgulho, mas precisava de um novo incentivo para continuar motivado. Por isso deixo esta mensagem:

Não espero elogios, não “corro” pela fama, simplesmente quero trabalhar de forma profissional e empenhada e continuar a fazer parte da história do Atletismo Português.

 

Os Atletas...

 

 

 

 

 

 

João Francisco Silva Campos nasceu em 18/04/1956 e é Licenciado em Educação Física e Desporto.

 

Da sua experiência profissional destaque para as funções de Professor de Educação Física (de 1976 a 1985); Director Técnico Regional da Associação Atletismo do Porto (de 1985 a 1995); Treinador Nacional de ½ Fundo e Fundo da Federação Portuguesa de Atletismo (de 1995 a 2010); Técnico Superior de Desporto na Câmara Municipal da Maia (de 1994 a 2012).

 

De entre os vários Títulos e Distinções salientam-se: Medalha de Honra ao Mérito Desportivo atribuída pelo Governo de Portugal, Colar da Ordem Olímpica atribuído pelo Comité Olímpico de Portugal, Medalha de Ouro da Cidade do Porto, Melhor Treinador Português de Atletismo atribuído pela Federação Portuguesa de Atletismo, Melhor Treinador Português de Atletismo atribuído pela ATAP.

 

Entrevista de José Duarte

 

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 26 de maio de 2019 – 17:26:07

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...