13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Clã Delfos - Brasil

 
O começo
 
Há 26 anos atrás, mais concretamente, em 25 de Setembro de 1983, em Belo Horizonte, no estado brasileiro de Minas Gerais, foi fundado o Clã Delfos.
 
A ideia partiu de um grupo de atletas e professores liderados pelo professorMauro Roberto Fonseca França, com o objectivo de fortalecer o atletismo daquele estado.

Esta “Entidade Esportiva sem fins lucrativos” , filiada na Federação Mineira de Atletismo (FMA) e na Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), através de suas competições, proporcionou a prática de três modalidades (o atletismo, o ciclismo e o andebol), sempre com grande destaque, ao nível mineiro, nas provas em que tomou parte.
 
A particularidade deste clube é ter sido formado por jovens, de ambos os sexos, provenientes das escolas da Grande Belo Horizonte, cidade capital de Minas Gerais.
 
Os principais objectivos iniciais do Clã Delfos, quanto aos atletas, eram apoiar, incentivar e dar oportunidade ao estudante interessado em praticar desportos de nível estadual e nacional, somente, limitados a atletas inscritos em federação.

A exemplo do que muitas vezes acontece no nosso país, a maior aposta do Clã Delfos recaiu no atletismo, em virtude das facilidades que este desporto proporciona, no que diz respeito aos treinos iniciais, bem como às despesas com a prática do mesmo.
 
Actualmente a sede do Clã Delfos está localizada em Contagem.
 
Hoje, o Clã Delfos tem quatro escolinhas de atletismo em Belo Horizonte  - Pista da Academia da Polícia Militar de Minas Gerais (B. Prado), Colégio Tiradentes da Polícia Militar (B. Santa Tereza), Campo do Pitangui (B. Concordia) e quadra do Frei Luiz (B. Caiçara) - e nas cidades mineiras de Lagoa da Prata, Juiz de Fora, Santos Dumont e Itamarati de Minas.


 
Formar Homens como objectivo
 
Segundo os seus mentores, o ideal do clube era fugir aos padrões vigentes de encarar os atletas, como meros detentores de títulos, medalhas e resultados. O objectivo principal era / é formar atletas com grande valor técnico, mas, paralelamente, com um grande valor humano. Nos padrões convencionais, seria impossível, então, a solução foi inovar. A inovação começou pelo nome.

Clã: é uma palavra de origem irlandesa, depois transferida para a Escócia e significa um grupo de pessoas ou família que luta por um ideal comum. Delfos: é o nome de um local da Grécia Clássica, que foi considerado o centro do mundo pela grande valorização que os gregos davam a parte espiritual, onde também foram realizados os primeiros jogos organizados que valorizam e englobavam as partes intelectuais e física, além de ter sido o berço dos Jogos Olímpicos através do oráculo de Apolo.
 
As cores escolhidas foram:
-          o vermelho, que simboliza a luta e o sangue do atleta;
-          o verde, que simboliza a natureza e a esperança;
-          o branco que simboliza a paz, a união, o amor.
 
 
Missão e objectivos
A vertente social e de inclusão deste projecto, é notória, nos seus objectivos e valores.
 
Objectivos
 
Ø       Promover a inclusão social de jovens através do desporto
Ø       Estimular o desenvolvimento da auto-estima,
Ø       Tirar os jovens da rua
Ø       Estimular os jovens a treinar e estudar
Ø       Incentivar a continuidade escolar dos jovens
Ø       Ter no cidadão o maior bem do Estado, na plenitude cônscia de seus direitos e deveres.
 
Valores
 
Ø       Compromisso moral
Ø       Voluntariado sinérgico
Ø       Obediência às leis
Ø       Idoneidade
Ø       Compartilhamento
Ø       Responsabilidade social
 
Dois casos, dois exemplos
 
O ammamagazine.com falou com dois jovens que aceitaram “dar a cara” em nome deste clube, demonstrando a importância do mesmo para o rumo que as suas vidas tomaram.
 
 
Anna Camila Rocha (ao centro na foto) apresenta-se aos/às nosso/as internautas: “Tenho vinte e quatro anos e há nove anos sou atleta do Clã Delfos. Hoje, tenho muito o que agradecer ao Clã Delfos e ao Prof. Mauro Roberto, pois, sou fruto da escolinha de atletismo e quando entrei não sabia que o atletismo e o Clã Delfos poderiam mudar tanto minha vida.
 
Através dele tive a oportunidade de conhecer vários lugares, sagrei-me vice-campeã brasileira do salto triplo )n.d.: triplo salto) e participei da selecção brasileira de atletismo no Campeonato Sulamericano
 
Fui campeã brasileira universitária, entre outros títulos importantes.
 
Meus melhores amigos conquistei no Clã Delfos e, graças ao meu sucesso no atletismo, consegui bolsa de estudos em um bom colégio, realizei minha graduação em Educação Física, também com bolsa de estudos e, hoje, já finalizei minha pós-graduação, também na área esportiva.
 
E sei que tudo que adquiri até agora devo ao Clã Delfos e ao Prof. Mauro e agora posso retribuir através da minha profissão e ajudar outros jovens a realizar sonhos como realizei e tenho realizado”.
 
Ruben Quirino no pódio do Jogos Universitarios Brasileiros 2008
 
Também Ruben Quirino, 21 anos, é um fruto do trabalho do realizado no Clã: “O esporte é importante para qualquer pessoa.
 
A disciplina dos treinos, os ensinamentos das vitórias e das derrotas servem para toda a vida.
 
No meu caso, não foi diferente.
 
Com a ajuda do Prof. Mauro Roberto, meu treinador, aprendi a traçar metas, delinear estratégias, ter persistência durante a execução dos meus planos e alcançar os meus objetivos.
 
Desenvolvi, também, a parte psicológica, a autoconfiança. Com o tempo de treino, passamos a acreditar que somos capazes.
 
Outro fator muito importante do atletismo é em relação ao meu comportamento.
 
Era um adolescente muito agitado.
 
Atrapalhava as aulas, tinha dificuldade para dormir, não concentrava nas coisas que eu fazia.
 
O esporte surgiu, então, como uma "espécie" de calmante.
 
Melhorei o meu comportamento escolar e passei a dormir melhor. Aprendi a dosar o uso das minhas energias.
 
Outro fator que o esporte me proporcionou, foi a oportunidade de estudar em um colégio melhor, onde o esporte era valorizado.
 
O Clã Delfos tinha parceria com esse colégio e conseguiu uma bolsa de estudos para mim.
 
Hoje, curso duas faculdades. O curso de Economia, na Universidade Federal de Minas Gerais, pela manhã, e o curso de Publicidade e Propaganda, na Faculdade Estácio de Sá, à noite.
 
Eu só tenho essa oportunidade de cursar dois cursos superiores, graças ao bom ensino médio que eu fiz nesse colégio.
 
Além do mais, temos as viagens que o Clã Delfos faz por todo Brasil, que é uma oportunidade de conhecer novos lugares, novas culturas, ter novas experiências.
 
Ou seja, o Clã Delfos me proporcionou e ainda proporciona um crescimento contínuo, não só como atleta, mas como pessoa”.
 
Grandes atletas e paratletas
 
Ao  longo de mais de duas dezenas de anos, muito/as têm sido o/as atletas do Clã Delfos que têm colocado o nome do clube entre os melhores do “país irmão”, conquistando títulos nacionais e continentais e fazendo parte das selecções brasileiras nas mais diversas competições.
 
Se não os conhece, poderá “googlar”, para saber um pouco mais sobre os seus resultados, mas, certamente, já terá ouvido, pelo menos, um destes nomes:Alexandre Melo Reis, Edson Souza Nascimento,  Eduardo Vasconcelos, Frank Caldeira, Henrique Nogueira de Souza, José Mauro Valente, Ricardo Siqueira, Thiago Nogueira de Souza e Wander do Prado Moura.
 
Entre os atletas portadores de deficiência visual, destacam-se quatro nomes que já se sagraram campeões mundiais e/ou pan-americanos: Carlos José Bartô da Silva, Pedro Flávio Guilhermino, Sirlene Aparecida Guilhermina e Terezinha Aparecida Guilhermina.
 
O futuro

Nas palavras do Prof. Mauro Roberto Fonseca França, o Clã Delfos vai continuar a seguir o seu caminho ... que poderá passar, também, pelas pistas portuguesas.
 
 “A nossa entidade não recebe nenhum patrocínio.
 
Realizamos um trabalho social-esportivo com crianças de área de risco e carentes.
 
Nos preocupamos mais com a formação humana do atleta.
 
Todos trabalhamos gratuitamente e a maioria dos colaboradores são ex-atletas.
 
Do trabalho de iniciação, sempre surgem atletas talentosos.
 
O Clã Delfos participa de todas as categorias oficiais do atletismo brasileiro e inclusive foi campeão por equipes no masculino e feminino de
todos os campeonatos Estaduais de Minas Gerais de 2009 (Categoria Juventude 1993 e 1994, categoria Menores 1992, 1993 e 1994, Categoria Juvenil 1990, 1991, 1992, 1993 e 1994, Categoria Sub 23 1987, 1988, 1989, 1990, 1991 e 1992 e da Categoria adulta para atletas nascidos ate 1992)
 
A categoria Sub 23 actualmente, é a categoria de maior destaque técnico a nivel brasileiro e sul americano.
 
Um dos maiores orgulhos que temos é que em torno de 80% (oitenta por cento) dos atletas que disputaram pelo menos três (3) temporadas (ou anos) de atletismo pelos Clã Delfos possuem ou estão cursando pelo menos um curso superior (Universidade).
 
O que não é comum no esporte brasileiro, principalmente no atletismo. (n.d.r.: nem em Portugal)
 
Temos interesse em participar de competições em Portugal, em 2010, nas provas de 100m, 200m, 400m, 800m, 400m com barreiras, revezamentos (n.d.r.: estafetas) 4x100 m e 4x400 m”.
 
 
 
Projecto social com núcleos de iniciação desportiva em áreas de risco
 
Equipe do Clã Delfos campeã do Troféu Brasil Infanto Juvenil 2009 em Ipatinga - Minas Gerais
 
Equipe sub 23 do Clã Delfos campeã e
recordista na estafeta 4x400m nos Jogos Universitários brasileiros 2009 em Fortaleza - Ceará
 
Equipe do Clã Delfos nos Jogos Universitários Brasileiros.
Em pé: Thiago Nogueira, Rubens Quirino, Henrique Nogueira e Rairan de Assis.
Abaixo: o Prof. Mauro Roberto
 
Equipe do Clã Delfos sub 23, representante de Minas Gerais e
campeã na estafeta 4x400m no Campeonato Brasileiro Sub23 de Selecções
 
Equipe do Clã Delfos vice campeã da estafeta 4x100m
no mesmo campeonato Brasileiro sub 23 de Selecções

Periodicidade Diária

domingo, 19 de maio de 2019 – 18:58:55

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...