13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Air Race World Championship regressou à Europa

 

 

Norte-americano Kirby Chambliss regressa às vitórias

 

Sobretudo em condições instáveis como as que se apresentaram no último fim de semana em Budapeste, a experiência é um ativo que pode fazer toda a diferença. O Bicampeão do Mundo Kirby Chambliss provou isso mesmo ao regressar às vitórias na Red Bull Air Race World Champioship com uma exibição de classe sobre as águas do Danúbio.

 

 

Budapeste está intimamente ligada ao desenvolvimento da Red Bull Air Race World Champioship e é mesmo considerada a cidade berço da modalidade. Ainda longe das águas do Danúbio, a primeira corrida aqui realizada aconteceu em 2003 no aeroporto de Tokol e foi vencida pelo herói local Peter Besenyei. Um ano depois a competição passava para o coração da cidade para uma pista montada sobre as águas do Danúbio, um cenário que viria a transformar-se num dos maiores clássicos do calendário. O vencedor dava pelo nome de Kirby Chambliss. No último fim de semana – precisamente 13 anos depois – a história repetiu-se e o hino norte-americano voltou a soar na Capital húngara.

 

 

Mais de 80 mil espectadores assistiram em Budapeste (1 e 2 de julho) à quarta etapa deste ano – a primeira de 2017 disputada em solo europeu. O desafiante traçado com 24 pórticos e pilares insufláveis começava de uma forma triunfal com a tradicional passagem por baixo da Ponte das Correntes. A jornada foi recheada de surpresas, a começar pela desqualificação do atual Campeão do Mundo – o alemão Matthias Dolderer – durante a ronda de abertura.

 

Veterano com mais de 30 anos de experiência na aviação desportiva, o norte-americano Kirby Chambliss não precisou de ser o mais rápido para voltar às vitórias – algo que não acontecia desde 2008 (Londres). Na grande final de Budapeste foi o único que não penalizou, superando assim o canadiano Pete McLeod (2º), o japonês Yoshihide Muroya (3º) e o checo Martin Sonka (4º). Apesar da sua cotação – além dos dois títulos de Campeão da Red Bull Air Race só em Budapeste venceu duas vezes e subiu ao pódio seis – Chambliss estava há muito afastado da linha da frente: "Já quase tinha esquecido o sabor do Champagne... É fácil vencer quando estamos no topo, mas quando não estamos não é!”.


Kirby Chambliss conseguiu subir cinco lugares na classificação do Campeonato do Mundo, quando ainda faltam disputar quatro corridas. Muroya cimentou a liderança, ainda que por uma margem pequena de apenas dois pontos (39), ultrapassando assim o checo Martin Šonka (37 pontos), que foi quarto em Budapeste.

 

A época de 2017 da Red Bull Air Race World Championship é composta por 8 corridas, regressando a Portugalnos dias 2 e 3 de setembro.

 

 

 

Toda a ação de Budapeste pode ser revista na Red Bull TV: https://www.redbull.tv/live/AP-1Q6TWP6P91W11/red-bull-air-race

 

MAIS INFORMAÇÕES:

www.redbullairrace.com

www.redbull.pt

www.redbull.tv

 

RED BULL AIR RACE 2017

 

CALENDÁRIO

Emiratos Árabes UnidosAbu Dhabi | 10 e 11 fevereiro

Estados Unidos da América  San Diego | 15 e 16 abril
Japão Chiba | 3 e 4 junho

HungriaBudapeste | 1 e 2 julho
RússiaKazan | 22 e 23 julho
PortugalPorto | 2 e 3 setembro

AlemanhaLausitzring | 16 e 17 setembro
Estados Unidos da AméricaIndianápolis | 14 e 15 outubro

 

CLASSIFICAÇÕES

MASTER CLASS| APÓS 4 ETAPAS

1º Yoshihide Muroya      Japão                        39 PONTOS

2º Martin Sonka               República Checa     37 PTS

3º Pete McLeod               Canadá                     26 PTS

4º Kirby Chambliss          EUA                           25 PTS

5º Petr Kopfstein            República Checa     23 PTS

6º Matthias Dolderer     Alemanha                23 PTS

7º Juan Velarde               Espanha                    15 PTS

8º Michael Goulian          EUA                           14 PTS

9º Nicolas Ivanoff            França                      14 PTS

10º Peter Podlunsek      Eslovénia                  12 PTS

 

 

CHALLENGER CLASS| APÓS 3 ETAPAS

1º Florian Berger             Alemanha                28 PONTOS

2º Daniel Ryfa                   Suécia                       16 PTS

3º Luke Czepiela              Polónia                     14 PTS

4º Kevin Coleman            EUA                           10 PTS

5º Mélanie Astles            França                      06 PTS

6º Batiste Vignes             França                      06 PTS

 

 

PILOTOS

MASTER CLASS

Cristian Bolton                 Chile

Mikael Brageot                 França

Kirby Chambliss                Estados Unidos da América

Matthias Dolderer           Alemanha

Michael Goulian               Estados Unidos da América

Matt Hall                           Austrália

Nicolas Ivanoff                  França

Petr Kopfstein                  República Checa

François Le Vot                França

Pete McLeod                    Canadá

Yoshihide Moroya           Japão

Peter Podlunsek              Eslovénia

Martin Sonka                    República Checa

Juan Velarde                     Espanha

 

CHALLENGER CLASS

Mélanie Astles                 França

Florian Berger                  Alemanha

Kenny Chiang                    China

Kevin Coleman                 Estados Unidos da América

Luke Czepiela                   Polónia

Daniel Genevey                Hungria

Ben Murphy                      Reino Unido

Daniel Ryfa                        Suécia

Baptiste Vignes                França

 

Créditos fotográficos
Pedrag Vuckovic | Red Bull Content Pool
Joerg Mitter | Red Bull Content Pool  
Armin Walcher | Red Bull Content Pool
 
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de maio de 2019 – 03:03:48

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...