14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Air Race World Championship: Surpresa australiana em Cannes

 

 

Sol, praia, calor e aviões. Foi esta a tónica dominante do fim de semana em Cannes, com a estreia em França e o regresso da Red Bull Air Race World Championship à Europa a reunir 83.500 espectadores. A competição foi intensa e terminou de forma imprevista com a vitória do australiano Matt Hall e o reforço de Michael Goulian no comando do campeonato.

 

A apenas duas semanas da abertura do festival de cinema de Cannes, os aviões invadiram as famosas paisagens desta região para concretizar a estreia da Red Bull Air Race World Championship por terras francesas. O tempo colaborou no último fim de semana, com temperaturas na ordem dos 25 graus, criando as condições ideais para o público: 83.500 espectadores acompanharam de perto toda a ação neste regresso da competição ao Velho Continente.

 

Depois da enorme surpresa vivida na abertura da época em Abu Dhabi, todos os prognósticos voltaram a falhar, com novos protagonistas a emergir e um líder a mostrar que é mesmo candidato ao título de 2018. A primeira baixa de vulto aconteceu com a penalização do checo Martin Šonka – vencedor na última corrida do Porto – que perdeu o seu lugar na grande final depois de ter excedido o limite de rotações permitidas na Ronda de 8. O grande confronto do dia acabou por resultar na consagração do australiano Matt Hall, veterano que alcançou assim a primeira vitória com o seu novo avião – um Edge 540: “Este foi um longo e penoso caminho, o da transição do nosso antigo MXS (estreado no ano passado) para o novo Edge. Sinto que estamos no bom caminho para lutar pelo título, não só pela confiança no novo avião, mas também pela nova equipa que me suporta”.

 

O alemão Matthias Dolderer, o Campeão de 2016, também regressou à sua melhor forma em Cannes, cruzando a meta logo atrás de Hall. O derradeiro lugar do pódio foi para o norte-americano Michael Goulian, que desta forma amealhou os pontos necessários para reforçar a sua liderança no campeonato, provando que a vitória na prova de abertura em Abu Dhabi não foi obra do acaso. Já o atual Campeão do Mundo, o japonês Yoshihide Muroya, terminou em último lugar na grande final, mantendo-se ainda no pelotão da frente no que toca à luta pelo título de 2018.

 

A próxima etapa viaja dentro de um mês até Chiba, no Japão, onde Muroya vai lutar com todas as suas forças para voltar a brindar o seu público com mais uma vitória.

 

CLASSIFICAÇÕES MASTER CLASS | APÓS 2 ETAPAS

1º Michael Goulian EUA 24 PONTOS

2º Matt Hall AUS 21 PTS

3º Yoshihide Muroya Japão 19 PTS

4º Matthias Dolderer Alemanha 12 PTS

5º Martin Šonka República Checa 10 PTS

6º Kirby Chambliss EUA 9 PTS

7º Mika Brageot França 9 PTS

8º Ben Murphy UK 6 PTS

9º Juan Velarde Espanha 5 PTS

10º François Le Vot França 4 PTS

_

CLASSIFICAÇÕES CHALLENGER CLASS | APÓS 2 ETAPAS

1º Daniel Ryfa Suécia12 PONTOS

2º Florian Berger Alemanha 10 PTS

3º Dario Costa Itália 10 PTS

4º Baptiste Vignes França 8 PTS

5º Luke Czepiela Polónia 8 PTS

6º Kevin Coleman EUA 6 PTS

7º Mélanie Astles França 4 PTS

8º Patrick Davidson África Sul 2 PTS

_

PILOTOS MASTER CLASS

Cristian Bolton Chile

Mikael Brageot França

Kirby Chambliss Estados Unidos da América

Matthias Dolderer Alemanha

Michael Goulian Estados Unidos da América

Matt Hall Austrália

Nicolas Ivanoff França

Petr Kopfstein República Checa

François Le Vot França

Pete McLeod Canadá

Yoshihide Muroya Japão

Ben Murphy Reino Unido

Martin Šonka República Checa

Juan Velarde Espanha

_

PILOTOS CHALLENGER CLASS

Mélanie Astles França

Florian Berger Alemanha

Kenny Chiang China

Kevin Coleman Estados Unidos da América

Luke Czepiela Polónia

Daniel Genevey Hungria

Daniel Ryfa Suécia

Baptiste Vignes França

Patrick Davidson África do Sul

Dario Costa Itália

_

CALENDÁRIO 2018

EMIRATOS ÁRABES UNIDOS Abu Dhabi | 2 e 3 fevereiro

FRANÇA Cannes | 20 a 22 abril

JAPÃO Chiba | 26 e 27 maio

HUNGRIA Budapeste | 23 e 24 junho

RÚSSIA Kazan | 25 e 26 agosto

localização a confirmar | setembro

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Indianápolis | 6 e 7 outubro

localização a confirmar | novembro

 

 

ACERCA DA RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP

Criada em 2003, a Red Bull Air Race World Championship já cumpriu mais de 80 corridas à volta do Mundo. A Red Bull Air Race World Championship envolve os melhores pilotos do mundo numa pura competição de desportos motorizados que combina velocidade, precisão e destreza. Para isso são usados os mais rápidos, leves e ágeis aviões, com os pilotos a atingirem velocidades de 370km/h, enfrentando forças de até 10G, enquanto progridem a baixa altitude num percurso em forma de slalom, delimitado por pórticos insufláveis de 25 metros de altura. A Challenger Cup foi introduzida em 2014, abrindo assim a possibilidade de competir a um novo leque de pilotos, cuja evolução será potencialmente avançar para a Master Class, acedendo à disputa do Campeonato do Mundo.

 

 

 

 

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 23 de agosto de 2019 – 22:05:40

Pesquisar

 

20 de agosto

2005 - 2019, são 14 anos


- quase 3 milhões de fotos

de cerca de 60 desportos diferentes

 

- aproximadamente 46.000 notícias

de cerca de 225 desportos diferentes

 

- e muito mais
 

tudo

Ao Serviço do Desporto em Portugal

Obrigado aos nossos leitores!

 

 

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...