13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Air Race World Championship: Šonka é o piloto do momento

 

Da elite militar para o comando da aviação desportiva. Martin Šonka não pára de progredir na Red Bull Air Race World Championship, surpreendendo no regresso da competição à Áustria, ao conquistar a sua terceira vitória consecutiva esta época. Perante uma multidão de 40 mil espectadores, o piloto checo derrotou o Campeão de 2017 e passou a líder isolado do ranking, a duas corridas do fim da temporada.

 

Começou a voar aos 17 anos, depois ingressou na Força Aérea da então Checoslováquia onde se destacou ao serviço da esquadrilha tática 211. Em 2005 abraçava finalmente o sonho de uma vida e passava a dedicar-se a tempo inteiro à acrobacia. A aviação desportiva foi o passo que se seguiu, com a conquista de um lugar entre a restrita seleção de pilotos a quem é dada a possibilidade de disputar o Campeonato do Mundo da FIA (Federação Internacional de Aeronáutica) – a Red Bull Air Race World Championship. É este o perfil de Martin Šonka, o piloto do momento que conquistou no último fim de semana a sua terceira vitória consecutiva esta época.

 

Este é um nome que os fãs portugueses não esquecem depois da vitória sobre as águas do Douro, voltando em 2018 a assumir-se como um sério candidato ao título. Curiosamente, no regresso da competição à Áustria – onde tudo começou em 2003 – Šonka bateu na final, e por uma escassa margem de 0,036 segundos, o japonês Yoshihide Muroya, atual Campeão do Mundo.

 

A sensação de vencer três corridas de seguida é indiscritível. Para já ainda é cedo para festejar, mas estou certo de que estamos a viver uma época incrível. Ainda estão em cima da mesa duas corridas e 30 pontos, tudo está em aberto e nós queremos continuar a voar com estes resultados até ao fim da temporada”, resumia Šonka depois de festejar a vitória perante 40 mil espectadores.

 

Na histórica localização de Wiener Neustadt, o pódio ficou completo, respetivamente, por Muroya e Hall. Apenas nove pontos separam agora os três primeiros, com Šonka na frente seguido por Hall e por Goulian.

 

Na Challenger Class o domínio pertenceu ao piloto de Hong Kong Kenny Chiang, que venceu as duas corridas da jornada e saltou para a liderança desta categoria.

 

Depois da despedida da Europa, a Red Bull Air Race World Championship atravessa o Atlântico para a disputa das últimas duas etapas de 2018 – Indianápolis (6 e 7 de outubro) e Forth Worth (17 e 18 de novembro).

 

CLASSIFICAÇÕES MASTER CLASS | APÓS 6 ETAPAS

1º Martin Šonka República Checa 64 PONTOS

2º Matt Hall Austrália 58 PTS

3º Michael Goulian EUA 55 PTS

4º Yoshihide Muroya Japão 34 PTS

5º Mika Brageot França 34 PTS

6º Kirby Chambliss EUA 22 PTS

7º François Le Vot França 21 PTS

8º Matthias Dolderer Alemanha 17 PTS

9º Juan Velarde Espanha 16 PTS

10º Petr Kopfstein República Checa 16 PTS

 

CLASSIFICAÇÕES CHALLENGER CLASS | APÓS 6 ETAPAS

1º Kenny Chiang China 26 PONTOS

2º Luke Czepiela Polónia 26 PTS

3º Baptiste Vignes França 22 PTS

4º Daniel Ryfa Suécia 20 PTS

5º Florian Berger Alemanha 18 PTS

6º Kevin Coleman EUA 16 PTS

7º Mélanie Astles França 16 PTS

8º Patrick Davidson África do Sul 14 PTS

9º Dario Costa Itália 14 PTS

10º Daniel Genevey Hungria 8 PTS

 

CALENDÁRIO 2018

EMIRATOS ÁRABES UNIDOS Abu Dhabi | 2 e 3 fevereiro

FRANÇA Cannes | 20 a 22 abril

JAPÃO Chiba | 26 e 27 maio

HUNGRIA Budapeste | 23 e 24 junho

RÚSSIA Kazan | 25 e 26 agosto

ÁUSTRIA Wiener Neustadt | 15 e 16 setembro

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Indianápolis | 6 e 7 outubro

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Fort Worth | 17 e 18 novembro

 

PILOTOS MASTER CLASS

Cristian Bolton Chile

Mikael Brageot França

Kirby Chambliss Estados Unidos da América

Matthias Dolderer Alemanha

Michael Goulian Estados Unidos da América

Matt Hall Austrália

Nicolas Ivanoff França

Petr Kopfstein República Checa

François Le Vot França

Pete McLeod Canadá

Yoshihide Muroya Japão

Ben Murphy Reino Unido

Martin Šonka República Checa

Juan Velarde Espanha

 

PILOTOS CHALLENGER CLASS

Mélanie Astles França

Florian Berger Alemanha

Kenny Chiang China

Kevin Coleman Estados Unidos da América

Luke Czepiela Polónia

Daniel Genevey Hungria

Daniel Ryfa Suécia

Baptiste Vignes França

Patrick Davidson África do Sul

Dario Costa Itália

 

ACERCA DA RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP

Criada em 2003, a Red Bull Air Race World Championship já cumpriu mais de 80 corridas à volta do Mundo. A Red Bull Air Race World Championship envolve os melhores pilotos do mundo numa pura competição de desportos motorizados que combina velocidade, precisão e destreza. Para isso são usados os mais rápidos, leves e ágeis aviões, com os pilotos a atingirem velocidades de 370km/h, enfrentando forças de até 10G, enquanto progridem a baixa altitude num percurso em forma de slalom, delimitado por pórticos insufláveis de 25 metros de altura. A Challenger Cup foi introduzida em 2014, abrindo assim a possibilidade de competir a um novo leque de pilotos, cuja evolução será potencialmente avançar para a Master Class, acedendo à disputa do Campeonato do Mundo.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de maio de 2019 – 10:41:55

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...