14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

EHF Euro 2020: Portugal em todas as frentes

 

André Gomes e Luís Frade, da geração mais nova desta convocatória, para o EHF Euro 2020, falaram sobre a ambição de Portugal para este Campeonato da Europa.

 

Portugal continua concentrado em Santander, em Espanha, antes da viagem para a Noruega, que acontecerá no dia 8 de janeiro, quando os lusos partirão de armas e bagagens para a cidade nórdica de Trondheim, procurando ir mais além no sonho e conquistar, em definitivo, um lugar na elite europeia do andebol.

 

Os Heróis do Mar entram em campo já no dia 10 de janeiro, ante a poderosa França, outrora destronada por Portugal, em Guimarães, no berço da nação, quando os lusos conquistaram uma vitória categórica por 33:27. A Seleção Nacional foi segunda do grupo, conquistando assim o seu lugar meritório, e a verdade é que apenas o segundo lugar basta para Portugal passar à próxima fase do EHF Euro.

 

Luís Frade, um dos jogadores mais jovens do plantel nacional e considerado, em dois anos consecutivos, o melhor Pivô do Campeonato do Mundo e da Europa, na categoria de Sub-20 e Sub-21, falou sobre esta transição de Juniores para o escalão máximo “As maiores diferenças serão certamente a nível físico porque nós somos mais novos e os atletas acima são mais fortes, também pela idade, e também a nível de experiência, porque nas outras competições que participámos, em juniores, todos tínhamos a mesma experiência, agora não, iremos jogar com os senhores do andebol”. Também André Gomes, lateral esquerdo da Seleção, que tem estado em destaque não só nas competições internas mas também nas europeias, destacou “Penso que também a competitividade é um fator diferenciador, sendo mais difícil aqui, porque são pessoas mais velhas e experientes. Mas estou bastante contente por conseguir continuar o meu caminho nas Seleções e fazer parte desta evolução.”

 

Quanto à prestação da geração de 98, que poderá estar em destaque neste Campeonato da Europa, André Gomes afirmou “Todos os atletas que irão estar presentes da nossa geração têm capacidade e qualidade para poderem fazer diferença nas suas seleções, tal como já vemos alguns a fazerem a diferença nos Campeonatos internos dos seus países.” – rematou. Já sobre o facto de Portugal jogar na Noruega, ambos realçam que disputar estes jogos fora, na experiência internacional que ambos detêm, pode não ser um fator determinante “É claro que é sempre um apoio mas, por exemplo, agora em Vigo, quando jogámos contra Espanha, não pensámos sobre isso, fizemos o nosso jogo.” – realçou André Gomes. Luís Frade fala de uma certa comodidade que se pode sentir ao jogar em casa por se ir buscar um pouco de energia ao público, “Mas especialmente num Euro, as coisas podem ser decididas nos dois primeiros jogos, e existem inúmeros adeptos das mais variadas seleções, por isso não pensamos muito sobre isso.”

 

Já considerando os favoritos para vencer este Campeonato da Europa ambos consideram a Dinamarca como grande candidata mas com a promessa de que tudo farão para ajudar Portugal a passar à próxima fase, e que Luís Frade volte a puxar dos galões das provas anteriormente disputadas e que André Gomes possa voar tão alto como tem feito em tantas ocasiões esta época.

 

ARBITRAGEM AO MAIS ALTO NÍVEL

 

Duarte Santos e Ricardo Fonseca, a dupla de arbitragem portuguesa, presente no Campeonato da Europa, já está nomeada para o encontro entre a Bielorússia e Sérvia, do Grupo A, num duelo em que o Supervisor da EHF será Jan Kampman, da Dinamarca e o Observador George Bebetsos, da Grécia. Este embate tem lugar no dia 9 de janeiro, às 17h15, em Graz, na Áustria.

 

António Marreiros, Presidente do Conselho de Arbitragem, também está nomeado, com Observador EHF, para um duelo em Graz, no dia 9 de janeiro, às 19h30, entre Croácia e Montenegro, que conta com a dupla de arbitragem Arthur Brunner e Morad Salah, da Suíça e ainda George Bebetsos, como Supervisor EHF.

 

A comitiva portuguesa seguirá para Trondheim, na Noruega, no dia 8 de janeiro, partindo de Trondheim, para disputar o Campeonato da Europa de 2020. Portugal está inserido no Grupo D, juntamente com França, Noruega e Bósnia Herzegovina, e os jogos terão transmissão na SPORTTV.

 

Calendário de Jogos – EHF Euro 2020
Grupo D

10.01.2020, 17:15 – França : Portugal – SPORTTV
10.01.2020, 19:30 – Noruega : Bósnia Herzegovina
12.01.2020, 15:00 – Portugal : Bósnia Herzegovina – SPORTTV
12.01.2020, 17:15 – França : Noruega
14.01.2020, 17:15 – Bósnia Herzegovina : França
14.01.2020, 19:30 – Portugal : Noruega – SPORTTV

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020 – 11:10:27

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...