13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

3 Medalhas para Portugal na Taça da Europa de Juniores - Coimbra 2018

 

Portugal conquistou 3 Medalhas de Bronze no primeiro dia da Taça da Europa de Juniores – Coimbra 2018.

 

A competição decorre até este domingo, dia 18 de março, no Pavilhão Municipal Multidesportos Dr. Mário Mexia. Este sábado, os tatamis conimbricenses receberam os Atletas das categorias -44 kg, -48 kg, -52 kg, -57 kg femininas e -55 kg, -60 kg, -66 kg e -73 kg masculinos, incluindo 71 portugueses (22 femininas e 49 masculinos).

 

Na categoria -52 kg feminina, Ana Agulhas começou a sua caminhada com um triunfo perante a britânica Caitlin Barber por waza-ari. Na segunda ronda não conseguiu ultrapassar a espanhola Nina Linne que obteve o ippon aos dois minutos e vinte segundos do combate. Nas repescagens passou à fase seguinte devido à lesão da sua oponente holandesa Ilse Buren. Alcançou a sua terceira vitória na prova contra a israelita Yuli Snir, conseguindo um waza-ari, vantagem que perdurou até ao final dos 4 minutos regulamentares. O seu último combate, contra Marie Besson do Canadá, começou de forma emocionante, com um waza-ari para cada lado. A igualdade no marcador foi desfeita no último minuto, com a obtenção do segundo waza-ari e respetivo ippon. Com esta vitória, Ana Agulhas, conquista a Medalha de Bronze na sua estreia em competições internacionais.

 

Mafalda Ezequiel (-57 kg) somou a primeira vitória contra a espanhola Laura Vazquez Fernandez por ippon. No combate seguinte não conseguiu superar a Medalha de Bronze do Campeonato da Europa de Cadetes 2016, Shannon Van de Meeberg da Holanda, que alcançou o ippon aos 2 minutos e 18 segundos do confronto. A jovem lusa mostrou-se imparável nas repescagens, somando 3 ippons nos primeiros segundos dos combates: eliminou a italiana Constanza De Santis em 11 segundos, afastou a compatriota Beatriz Barata aos 30 segundos e a espanhola Elena Caibano de Celis em 10. A jovem portuguesa conseguiu um waza-ari cedo, no seu último combate contra a britânica Josie Steele. Mafalda Ezequiel geriu a vantagem até ao fim do encontro e conquistou a Medalha de Bronze.

 

Na categoria -55 kg masculina,Lucas Catarino eliminou o italiano Filippo Casalini por ippon em apenas 27 segundos, no seu primeiro combate. Na segunda ronda cedeu perante o imparável russo Imam Ibraginov (Conquistou a Medalha de Ouro, vencendo todos os combates por ippon - 5). Reencontrou o caminho das vitórias nas repescagens, derrotando o israelita Ido Rabin por ippon, numa altura em que se encontrava em desvantagem por waza-ari. Na luta pelo pódio, o judoca da Escola de Judo Nuno Delgado defrontou o espanhol Francisco Garcia Mesa. O combate revelou-se equilibrado, estendendo-se até a um emocionante período de ‘ponto de ouro’, com a vitória a sorrir ao jovem luso. Depois da conquista de duas medalhas na cidade de Coimbra em 2017 (Prata na Taça da Europa de Juniores e Bronze na Taça da Europa de Cadetes), Lucas Catarino conquista a Medalha de Bronze daTaça da Europa de Juniores – Coimbra 2018.

 

Vanessa Barbosa (-44 kg) estreou-se com uma vitória por ippon sobre a espanhola Clara Lopez Gonzalez. Cedeu na ronda seguinte contra Mireia Rodriguez Salvador de Espanha. Nas repescagens, voltou a encontrar uma judoca espanhola, Belen Martinez Malo, vencendo-a por waza-ari, conquistando um lugar no Bloco de Finais. No seu último combate, contra a espanhola Lucia Rodriguez Carballo, foi surpreendida aos 10 segundos com uma iniciativa da sua adversária, que obteve o ippon vitorioso. Com este resultado, Vanessa Barbosa termina a sua prestação num honroso, 5º lugar.

 

Destaque ainda para o 7º lugar alcançado pelas atletas Soraia Ribeiro (-44 kg) e Teresa Santos (-48 kg), e para a 9ª posição dos Judocas Teresa Castro (-48 kg), Sofia Cardoso (-52 kg), Beatriz Barata (-57 kg), Alice Pereira (-57 kg), Leonor Silva (-57 kg) eBruno Barros (-60 kg).

 

A nível coletivo, a Seleção Espanhola foi a que mais se destacou, alcançando no primeiro dia da prova, 4 medalhas de ouro e 3 medalhas de bronze.

 

O Pavilhão Municipal Multidesportos Dr. Mário Mexia recebe 455 Atletas (287 masculinos e 168 femininas) em representação de 25 países, ao longo dos dois dias de competição. Portugal, anfitrião da prova, participa com 101 Atletas (65 masculinos e 36 femininos).

 

Amanhã, domingo, último dia de competição, entram nos tatamis os restantes 30 Atletas Lusos, com os combates a terem início às 10h00.

 

 

 

Resultados Finais

Femininos

 

Masculinos

 

Declarações:

 

Ana Agulhas – Vencedora Medalha de Bronze

“Neste combate o que foi difícil foi a experiência da minha adversária. É a primeira vez que participo neste tipo de competição e ela foi realmente uma adversária difícil. Ajudou-me bastante o apoio do público e claro da minha treinadora que me motivou no combate, foi uma grande ajuda. Agora a próxima etapa e próximo sonho, é ir ao campeonato da Europa, marcar presença e lutar pelas medalhas, pelo menos fazer o meu melhor.”

 

Mafalda Ezequiel – Vencedora Medalha de Bronze

“Nos primeiros combates parecia que estava pouco acordada, é sempre difícil a concentração nessa fase, no segundo combate já estava mais acordada, perdi, não consegui atacar, ela era mesmo mais forte. Os outros foram todos mais ou menos de dez segundos, e acho que consegui estar melhor, estava um bocado irritada, porque era a minha última oportunidade. Eu queria muito esta medalha, já tinha trabalhado muito para isto e consegui. Agora é sempre a somar, mais medalhas, o próximo desafio vai ser a Taça da Europa em Itália e espero conseguir obter também um bom resultado”

 

Lucas Catarino – Vencedor Medalha de Bronze

“Ao fim de 7 minutos de combate consegui a medalha. O meu adversário era muito explosivo, eu sou um judoca de mais longa duração. Ganhar em casa é um fator muito bom é uma pressão, mas por outro lado é incrível. Atingi o meu objetivo estar no pódio, agora quero também marcar presença no mundial com um bom resultado.  Sou da Escola de Judo de Nuno Delgado, que é um exemplo para todos nós e, como ele, quero chegar aos Jogos e ganhar uma medalha.”

 

Marco Morais – Treinador Nacional

“Foi bom, mas penso que temos capacidade para fazer mais. Estiveram aqui alguns atletas que não estiveram nas medalhas, mas têm qualidade suficiente. Estes resultados estão dentro daquilo que costumamos fazer, mas penso que ainda vamos conseguir melhor. Hoje, neste europeu, foi o dia das mulheres, fizeram a diferença com os pódios que conquistaram, isto significa que começamos a ter jovens a aparecer, uma nova equipa muito jovem para trabalhar o futuro”.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 20 de novembro de 2018 – 15:17:41

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...