18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

O grande dia dos nacionais de corta-mato e dos campeões está a chegar

Este fim-de-semana, em Amora (Seixal), cumpre-se a 100.ª edição dos Campeonatos Nacionais de Corta-mato (em masculinos, sendo a 57ª edição em femininos), que engloba também o 33º Corta-Mato Cidade de Amora.
 
Trata-se da mais emblemática prova do calendário nacional de inverno, que nos últimos anos “mudou” de data do início da primavera, para o final do outono, para poder proporcionar a melhor avaliação da preparação dos atletas, especialmente porque os Campeonato Europeus de Corta-mato se realizam no princípio de dezembro.
 
Esta é também a prova de maior importância para os clubes portugueses, pois aqui se decidirá quem serão os representantes de Portugal na Taça dos Clubes Campeões Europeus, que terá lugar no Algarve, incluída no Crosse das Amendoeiras em Flor. Assim serão apuradas as duas primeiras equipas em seniores e sub-20, em masculinos e femininos, e as duas primeiras equipas da estafeta mista.
 
No ano passado, o Sporting dominou os pódios, ali subindo sete vezes, três delas como campeão (estafeta mista e sub-20, masculinos e femininos), sendo segundo classificado nas restantes classificações, seniores e sub-18).
 
Este ano, em que voltam a pontuar quatro atletas por clube, as equipas leoninas voltam a assumir a sua candidatura aos pódios, reforçando-se nessa posição com alguns outros atletas, especialmente em seniores femininos, com a queniana Fancy Cherono e Neide Dias (vice-campeã no ano passado), mas defrontará a equipa campeã em 2022, o Sporting de Braga que conta com a bi-campeã nacional Mariana Machado (que regressa como favorita para um terceiro título consecutivo) e que se reforçou com Solange Jesus (10ª em 2022) e com a espanhola Ester Navarrete (9ª no cross de Soria no domingo passado). Com a “ausente” formação do Feirense (apenas mantém Joana Santos), surge de novo no radar do pódio a equipa do Recreio de Águeda, que se reforçou com Susana Santos (conhecida antes como Susana Godinho) e que contará com uma das atletas que mais vezes correu esta competição, Carla Martinho, que participou pela primeira vez em 1992 (quarta juvenil), subiu ao pódio como terceira júnior em 1995, e que depois de 2004 só não correu em 2007 entrando no top 10 em sete ocasiões.
 
Na competição masculina, o Benfica vai defender o título (24 vezes os encarnados triunfaram na competição), tendo como baixa Samuel Barata (campeão no ano passado, que está a estagiar no Quénia, para participar na maratona de Valência em busca da qualificação olímpica), mas que se reforçou com Paulo Rosário, apresentará um dos quenianos que tem inscritos (Reuben Longosiwa, primeiro no ano passado, e Edward Zakayo), bem como o vice-campeão nacional Etson Barros e ainda Alexandre Figueiredo (4º em 2022), Miguel Moreira (8º) e Pedro Amaro (7º), tendo ainda o concurso do melhor meio-fundista português de 1.500 e 5000 metros no ano passado, Isaac Nader.
 
O Sporting, que tem uma oportunidade única para tentar alcançar o 50º título, na 100ª edição dos campeonatos, mantém os ex-campeões Rui Pinto e Rui Teixeira, para além do queniano Vincent Rono, tem em Hélio Gomes (campeão de estrada) e Miguel Marques (5º no ano passado) triunfos para se bater ombro a ombro com os encarnados, mas atenção ainda à equipa do Sporting de Braga, que se reforçou João Pedro Pereira, Fernando Serrão e Miguel Borges, que se juntam a Davide Silva, Paulo Barbosa e Luís Saraiva, entre outros.
 
Mas atenção aos atletas do Vitória de Setúbal, quartos no ano passado, que se reforçaram com Nuno Lopes e também às formações do CA Seia e do Salgueiros.
 
Ainda nos escalões absolutos, a Estafeta Mista voltará a proporcionar uma excelente réplica entre Sporting e Sporting de Braga, enquanto nos escalões de Sub-20 e Sub-18, em masculinos e femininos, esperam-se corridas muito espetaculares.
 
Pela primeira vez será realizado o interassociações destinado a atletas do escalão sub-16, que antecedem as provas respeitantes aos nacionais de veteranos.
 
A 100.ª edição dos Campeonatos Nacionais de Corta-mato está agendada para se iniciar às 9.30 horas, com a competição a ser transmitida integralmente pela RTP Play, sendo que a partir das 11h10 será a RTP a assumir o direto, passando para a posteridade o Momento dos Campeões, essa grande homenagem aos anteriores e atuais campeões de Portugal, que desfilarão antes das principais competições de seniores.
 
Uma competição a não perder.
 
(Foto – arquivo -, de Marcelino Almeida / FPA)
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024 – 12:26:50

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...