14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Palácio da Bolsa foi palco para a apresentação da EDP Maratona do Porto

 

 

A 16ª edição da EDP Maratona do Porto foi hoje apresentada em Conferência de Imprensa no Salão Árabe do Palácio da Bolsa.

 

Perante uma planeia repleta de convidados que assumem uma importância decisiva na organização do maior evento do ano, a apresentação começou com a intervenção de Tiago Teixeira, da Runporto.

 

EDP Maratona do Porto na elite das maratonas

A EDP Maratona do Porto reúne três das maiores e melhores chancelas do mundo, a Bronze Label Road Race pela International Association of Athletics Federations (IAAF), uma distinção que a coloca como uma das melhores provas no circuito mundial das maratonas, pertencendo assim ao calendário oficial da IAAF, as 5 estrelas pela Associação Europeia de Atletismo, marca “Quality Road Race”, que garante que a prova tem “um nível elevado de segurança pessoal e patrimonial e serviços de alta qualidade” e, agora, também faz parte das Wanda Age Group World Major Marathons.

 

A EDP Maratona do Porto tem um lote de atletas de elite com grande valor, entre quenianos e etíopes que são favoritos à vitória. Tiago Teixeira destacou Martin Fiz, que vai tentar bater o record do mundo na maratona no seu escalão.

 

Impacto de 12 milhões na economia local

Anualmente, milhares de participantes viajam até ao Porto e ficam rendidos a todos os seus encantos. Para conseguir perceber o impacto da EDP Maratona do Porto na região, o ano passado foi desenvolvido um estudo por uma equipa de investigação da Universidade do Algarve, intitulado “Impacto da EDP Maratona do Porto 2018 na Economia do Turismo e Promoção da Cidade do Porto e Região Norte de Portugal”.

 

Através deste estudo, foi possível concluir que 62,6% deslocam-se dos visitantes nacionais propositadamente ao Porto para participar na Maratona, sendo esta inequivocamente a principal motivação de visita e estada média é 2,0 noites. Em relação aos visitantes estrangeiros, estes são maioritariamente de origem europeia, 94,2% deslocam-se propositadamente ao Porto para participar na Maratona, e ficam em média 3,9 noites na cidade.

 

Como evento a EDP Maratona do Porto 2018 produz o impacto estimado de 12,7 milhões de euros na economia local, contributo que não é esporádico ou casual.

 

O contributo para a economia do turismo e promoção do território é de todo assinalável, com inegável contributo para a competitividade turística do destino, das suas empresas e, consequentemente, para o incremento da qualidade de vida das comunidades residentes.

 

A Maratona surge como um dos maiores desafios da humanidade (Jorge Vieira)

Jorge Vieira, Presidente da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), começou por referir que o atletismo é a atividade física de preferência da maioria dos portugueses. O Presidente da FPA acredita que são iniciativas como a EDP Maratona do Porto que contrariam a tendência da inactividade e do sedentarismo da população. 

 

Inácio Ribeiro, vice-presidente do Turismo Porto e Norte, é um evento que “ajuda a promover um território que está a promover aquilo que é nosso“. Os indicadores e o número de visitantes estrangeiros está, neste momento, a aumentar consideravelmente e o Turismo Porto e Norte tem a certeza que “a 16ª edição da EDP Maratona do Porto vai ser mais uma edição de excelência e ter mérito internacionalmente reconhecido”.

A EDP, pelas palavras da Teresa Loreto, dá orgulhosamente o nome à Maratona do Porto desde a sua primeira edição. Há 20 anos que a EDP apoia o atletismo e tem contribuído desta forma para o crescimento da modalidade em Portugal, posicionando-se como a energia oficial do desporto. Este ano, a EDP lançou um novo conceito para a música e desporto que desafia e incentiva as pessoas a saírem de casa e fazerem desporto ao ar livre. Um conceito com o mote “Let´s go”.

 

Maratona solidária

A APO Family Race Corrida Ossos Saudáveis, com 15 km de extensão, sempre agregada à Maratona do Porto, será pelo segundo ano consecutivo realizada também como uma corrida solidária, pois vai integrar a Corrida dos Ossos Saudáveis e, neste âmbito, serão angariados fundos para colocar à disposição da Associação Portuguesa de Osteoporose. Nesta conferência de imprensa esteve representada pelo seu presidente Pedro Cantista que revelou que a Associação Portuguesa de Osteoporose vai realizar rastreios e aconselhar os atletas na Expo Maratona.

 

Para além desta vertente, a Runporto cedeu alguns dorsais a duas instituições de solidariedade social, a Vida e Norte e APT Feridas que, com o valor da venda desses dorsais, vão angariar fundos para as suas atividades.

 

Para a Câmara Municipal de Matosinhos, um dos municípios envolvidos no evento, “é importantíssimo este exemplo de fairplay, ser uma prova em que Matosinhos dá o seu contributo”. Vasco Pinho afirma que esta é uma prova exemplo a nível do desporto e do desportivismo, com os três municípios de mão dada que acolhem os turistas e lhes proporcionam uma experiência ímpar. 

 

Também para a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, os três municípios trabalham para que a EDP Maratona do Porto seja uma marca a nível internacional. Mário Duarte considera que esta é a maratona mais bela do mundo e que foi apresentada numa das salas mais bonitas do mundo. Assim, está tudo conjugado para que no próximo domingo seja um evento magnífico.

 

Cenário único desta frente atlântica, Catarina Araújo

A Câmara Municipal do Porto foi representada pela sua Vereadora da Juventude e Desporto que reconheceu o trabalho da Runporto na divulgação da atividade física na cidade. A realização de uma maratona é o evento mais alto na modalidade e é um prazer para o Porto receber esta prova. Catarina Araújo referiu ainda que este evento é um dos maiores eventos no calendário desportivo da cidade e que vai para além da sua vertente competitiva, envolve os três municípios numa sinergia única.  

 

O Diretor Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), Vítor Dias, reforçou a importância deste evento no desenvolvimento da cidade e da comunidade. O representante do IPDJ considera que a EDP Maratona do Porto tem contribuído fortemente para o aumento da prática desportiva entre os cidadãos e a criação de hábitos de vida saudáveis.

 

Para o diretor da EDP Maratona do Porto, Jorge Teixeira, esta maratona foi um projeto com que sonhou e que, agora com 16 anos, o vê concretizado com distinção. O diretor da prova apelou ao apoio do Turismo Porto e Norte para o incremento na divulgação da EDP Maratona do Porto.

 

Jorge Teixeira homenageou num momento emocionante a campeã europeia, mundial e olímpica Fernanda Ribeiro, especialista nos 5.000, 10.000 e maratona, pela sua carreira de sucesso em títulos internacionais.

 

A 16ª edição da EDP Maratona do Porto realiza-se a 3 de novembro de 2019 e tem partida marcada para as 9h00 junto ao Sealife Porto e chegada no Queimódromo (Parque da Cidade do Porto). 

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019 – 00:35:44

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...