14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Catarina Marques e Miguel Rodrigues conquistaram títulos nacionais de juniores de pista coberta

Os marchadores Catarina Marques, do Clube Oriental de Pechão, nos 3.000 metros, e Miguel Rodrigues, do Clube de Natação de Rio Maior, nos 5.000 metros, sagraram-se este fim-de-semana, em Braga, campeões de Portugal na categoria de juniores.
 
 
Na prova masculina, o rio-maiorense Miguel Rodrigues, que é o actual campeão nacional de estrada, treinado por Jorge Miguel, revalidou o título nacional de pista coberta, obtendo a marca de 22.31,74 (em 2014 fizera 22.58,50), com uma vantagem substancial sobre Xavier Sousa, da A. Jardim da Serra, da Madeira, com 23.14,26, e de Pedro Amaral, do CDCJ Ilha Verde, Açores, com 23.16,70, este longe de confirmar a surpreendente marca de 21.05,64, com que vinha creditado. De registar, positivamente, o facto do pódio, em provas de marcha de campeonatos nacionais, ter sido preenchido, pela primeira vez na história dos campeonatos, com dois jovens atletas das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.
 
 
Na prova feminina, é de assinalar a grande revelação do momento na especialidade, que dá pelo nome de Catarina Marques, a atleta do Pechão que esteve dois anos afastada da marcha e, surpreendentemente, conquista o seu primeiro título nacional, com 13.52,53, estabelecendo por 18 centésimos de segundo, um novo recorde do Algarve, que era pertença de Ana Cabecinha, desde 15-02-2003. Bateu ao “sprint” a colega de equipa e favorita, Edna Barros (13.54,55), ficando na terceira posição do pódio outra atleta do Pechão, Laura Leal, com 14.49,34.
 
 
De assinalar, ainda, que na prova das meninas, muito participada, o pódio foi totalmente preenchido por atletas do Clube Oriental de Pechão, que ainda teve em Carolina Costa a quarta classificada, facto verdadeiramente invulgar em campeonatos nacionais, merecendo o seu treinador, Paulo Murta, o nosso aplauso.
 
 
Que nos recordemos, apenas uma vez tal episódio (pódio de uma só equipa) se terá verificado. Foi em 1981, na Guarda, na estreia da especialidade nos campeonatos nacionais de juvenis em pista (os tempos eram outros…), com a participação de três atletas, todas do Centro de Cultura e Deporto de Olivais Sul (Lisboa), numa difícil decisão da direcção do clube que permitiu a (longa) deslocação da jovem equipa lisboeta, liderada por Paula Gracioso, a então “menina bonita” da marcha, acompanhada do treinador.   
 
 
Classificações
 
 
5.000 metros masculinos
1.º, Miguel Rodrigues, 1996 (CN Rio Maior), 22.31,74
2.º, Xavier Sousa, 1996 (A Jardim Serra), 23.14,26
3.º, Pedro Amaral, 1997 (J Ilha Verde), 23.16,70
4.º, Vasco Santos, 1998 (CA Marinha Grande), 24.00,10
5.º, Rodrigo Marques, 1999 (CO Pechão), 24.54,85
Desclassificados: Vítor Ramos, 1997 (SL Benfica) e Cláudio Cotrim, 1996 (CP Alcanena).
 
3.000 metros femininos
1.ª, Catarina Marques, 1996 (CO Pechão), 13.52,53
2.ª, Edna Barros, 1996 (CO Pechão), 13.54,55
3.ª, Laura Leal, 1996 (CO Pechão), 14.49,34
4.ª, Carolina Costa, 1998 (CO Pechão), 15.04,97
5.ª, Inês Reis, 1999 (GC Amizade Donas), 15.31,65
6.ª, Catarina Anastácio, 1997 (Learntogheter AEAF Mariano), 15.42,60
7.ª, Mafalda Marques, 1997 (CP Corroios), 15.46,95
8.ª, Liandra Gonçalves, 1996 (CO Pechão), 16.01,84
9.ª, Ana Leonor, 1998 (GR Quinta Lomba), 16.01,95
10.ª, Jéssica Rosa, 1997 (CDC Navais), 16.03,56
11.ª, Tânia Pires, 1999 (J Vidigalense), 16.36,95
12.ª, Renata Barry, 1999 (Learntogheter AEAF Mariano), 17.12,21
Desclassificada: Bianca Amaral, 1996 (J Ilha Verde).
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 13:43:02

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...