14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Celorico da Beira coloca em marcha o 15.º grande prémio

A Câmara Municipal de Celorico da Beira vai realizar, este sábado, o seu tradicional grande prémio de marcha atlética, a que se associa a Associação de Atletismo da Guarda, com a disputa dos campeonatos distritais de marcha, num circuito de 500 metros, no centro da vila.
 
 
A competição, destinada a todos os escalões etários, tem início marcado pelas 14:15 horas, com partidas e chegadas junto ao Jardim Parque “Carlos Amaral”, prevendo-se que, além dos atletas do distrito, participem especialistas das regiões do Porto, Aveiro, Coimbra e Leiria, pelo menos.
 
 
Este ano, a organização volta a homenagear a memória de Carlos Amaral, que foi o grande impulsionador do evento, criado em 1996 com o apoio da Câmara Municipal. Tiveram lugar em Celorico, nos primeiros anos do grande prémio, jornadas de sensibilização da especialidade, junto dos mais jovens, e que contaram com a participação empenhada de atletas internacionais, entre os quais, Susana Feitor e José Urbano. Também, o grupo de trabalho da selecção nacional esteve aí concentrado, beneficiando das boas condições oferecidas pela autarquia.
 
 
Não tem sido fácil para a organização atrair à prova atletas de regiões onde a marcha atlética está mais desenvolvida. E este ano, a acrescer às dificuldades referidas, outro fator de peso dificultou, ainda mais, os esforços dos organizadores. Para o mesmo período da competição, a FPA lembrou-se de fazer coincidir um estágio do sector de marcha, no Algarve, cortando, á partida, as hipóteses de participarem no evento, um dos mais antigos do país, alguns dos mais credenciados atletas da selecção nacional.
 
 
Lembramo-nos agora que, há alguns anos, foi extinta uma prova de enorme prestígio no panorama competitivo nacional, o Grande Prémio de Grândola, organizado pela Câmara Municipal, sem dúvida uma das melhores e mais belas organizações de provas de marcha, a que se assistiu. Realizado em janeiro de cada ano, os organizadores fizeram valer o seu descontentamento por a FPA ter entendido que a competição deveria ter lugar numa data que colidia com a disputa de campeonatos de clubes onde, obrigatoriamente, vários dos melhores atletas, teriam de estar aí presentes, em representação dos seus clubes. Ontem, como hoje, alguma insensibilidade e falta de coordenação por quem gere o setor.
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 08:42:01

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...