14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Campeonato de Portugal terá juízes internacionais

Os 28.os Campeonatos de Portugal de Marcha Atlética, que se realizarão este domingo, serão disputados no Algarve, o que acontece pela segunda vez no historial da competição. Desta vez a escolha recaiu na vila de Quarteira, a maior freguesia do concelho de Loulé, com aproximadamente 25 mil residentes e a particularidade de aí se situar um clube, o Centro Desportivo de Quarteira, que tem tido um importante desempenho na promoção e desenvolvimento da especialidade na região algarvia.

A competição é uma das vinte realizadas ou a realizar em todo o mundo (excluindo-se as continentais ou do challenge) que constam da listagem da federação internacional de atletismo para validação dos resultados obtidos no que respeita à obtenção de mínimos olímpicos para os Jogos de Londres, no verão deste ano.

Neste sentido, há uma efetiva comprovação do mérito da participação dos atletas na principal competição deste ano, nomeadamente pela obrigatoriedade da presença, no mínimo, de três juízes internacionais de marcha e da certificação do circuito por um medidor internacional. No caso presente, a tarefa coube a João Antunes, de Leiria.

Os juízes de marcha para Quarteira serão os internacionais José Dias, Joaquim Graça, ambos de Lisboa, Dolores Rojas, de Espanha (convidada pela organização dada a impossibilidade verificada, por motivos pessoais, de Ana Toureiro, do painel da AEA), José Ganso e César Ganso, de Setúbal, Vasco Guedes e António Caniço, de Santarém, todos do painel A, e Nuno Lopes, de Évora, do painel B. O assistente do juiz-chefe é Carlos Pereira, do Algarve, do painel B.

Muito interessante e útil, a parceria luso-espanhola, no âmbito do ajuizamento, iniciada no ano passado, com a presença de um juiz português nos campeonatos do país vizinho, e continuada este mês, com a colaboração de dois juízes portugueses nos campeonatos conjuntos de Portugal e Espanha, no nosso caso com a prova de 50 km .

A vasta experiência internacional dos melhores juízes portugueses e espanhóis é uma mais-valia e certamente uma referência importante para os atletas. Recorde-se que José Dias já ajuizou nos Jogos Olímpicos de Atenas e de Pequim e Dolores Rojas estará nos de Londres.

  O Marchador  

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 19:07:34

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...