13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ana Cabecinha e Sérgio Vieira, campeões de Portugal

Ana Cabecinha, do Clube Oriental de Pechão, e Sérgio Vieira, do Sport Lisboa e Benfica, conquistaram este sábado os títulos de campeões de Portugal de marcha de 2014, ao vencerem em Lisboa, no Estádio Universitário, os 10 mil metros marcha femininos e masculinos, respectivamente. Ana Cabecinha averbou 43.47,84 m, para aquele que foi o seu quinto título de campeã de Portugal (2005, 2008, 2010, 2012 e 2014), enquanto Sérgio Vieira registava 41.09,75 m, no segundo título que alcançou (2010 e 2014).
 
 
As duas provas tiveram desenvolvimentos que, em certos aspectos, pareceram tirados a papel químico uns dos outros. Em ambos os casos, quem marcou o ritmo de início foram os atletas que acabariam em segundo lugar (Inês Henriques, do CN Rio Maior, e Pedro Isidro, do SL Benfica), com o momento decisivo a ocorrer pouco depois da passagem a meio da prova, quando Cabecinha e Sérgio desferiram os ataques que os isolariam na frente, a caminho da vitória. Num primeiro momento tinha havido trios a liderar as competições, com Inês Henriques, Ana Cabecinha e Susana Feitor (individual) destacadas nos femininos, o mesmo acontecendo nos masculinos com Pedro Isidro, Miguel Carvalho (CN Rio Maior) e Sérgio Vieira. Quando este último e Ana Cabecinha atacaram já Susana Feitor e Miguel Carvalho estavam descolados, servindo o ataque para que os futuros campeões se desenvencilhassem a título definitivo de Inês Henriques e Pedro Isidro.
 
 
Numa jornada em que foram notadas as ausências dos sportinguistas João Vieira e Vera Santos, que recentemente se encontravam lesionados, as segundas metades das provas tiveram pouca história, resumida ao simples acumular de vantagem dos líderes. As marcas finais, não sendo irrelevantes, também não vieram acrescentar nada de novo, seja ao currículo dos vencedores seja aos dos demais componentes dos dois pódios.
 
 
Apesar de tudo, pode recordar-se que, para Ana Cabecinha, este foi o culminar de uma época interna que se traduziu na conquista de todos os títulos individuais previstos no calendário, tendo antes vencido os nacionais de estrada (Quarteira, 1/Fevereiro) e de pista coberta (Pombal, 15/Fevereiro). E também que, conforme assinalou numa rede social, Susana Feitor terá tido no Estádio Universitário o seu provável último campeonato nacional absoluto, a menos de uma semana de repetir a distância nos Campeonatos Iberoamericanos de Atletismo, que vão ter lugar em São Paulo (Brasil).
 
 
Em relação ao vencedor masculino, assinale-se uma boa segunda metade de prova de Sérgio Vieira, a pouco mais que 20 minutos, depois de uma légua inicial em cima dos 21.00 m (não oficial).
 
 
Nos restantes participantes, realce, nos femininos, para o novo recorde pessoal de Vitória Oliveira (J Vidigalense), quase a entrar na casa dos 48 minutos (49.01,22) terminando no quinto lugar, atrás de Daniela Cardoso (Leiria MA, 48.37,14) e à frente das veteranas Sandra Silva (GRECAS, 50.41,74) e Alexandra Lamas (CA Galinheiras, 52.08,08). Já nos rapazes, o destaque vai para a quarta posição de Pedro Santos (CA Seia, 44.34,91), a terminar muito bem a época, à frente do júnior Hélder Santos (GS-RC, 45.33,38), do seu colega de equipa Rui Coelho (CA Seia, 46.06,26) e de Amaro Teixeira (GC Amizade Donas, 46.13,45, recorde pessoal). Concluíram a prova 10 atletas.
 
 
Classificações
 
 
10.000 metros femininos
1.ª, Ana Cabecinha, 1984 (CO Pechão), 43.47,84
2.ª, Inês Henriques, 1980 (CN Rio Maior), 44.11,18
3.ª, Susana Feitor, 1975 (Individual), 44.34,57
4.ª, Daniela Cardoso, 1991 (Leiria MA), 48.37,14
5.ª, Vitória Oliveira, 1992 (J Vidigalense), 49.01,22
6.ª, Sandra Silva, 1975 (GRECAS), 50.41,74
7.ª, Alexandra Lamas, 1972 (CA Galinheiras), 52.08,08
 
10.000 metros masculinos
1.º, Sérgio Vieira, 1976 (SL Benfica), 41.09,75
2.º, Pedro Isidro, 1985 (SL Benfica), 41.50,68
3.º, Miguel Carvalho, 1994 (CN Rio Maior), 42.42,40
4.º, Pedro Santos, 1986 (CA Seia), 44.34,91
5.º, Hélder Santos, 1996 (GS-RC), 45.33,38
6.º, Rui Coelho, 1994 (CA Seia), 46.06,26
7.º, Amaro Teixeira, 1989 (GC Amizade Donas), 46.13,45
8.º, Samuel Pereira, 1993 (CA Seia), 46.22,05
9.º, Miguel Rodrigues, 1996 (CN Rio Maior), 46.48,62
10.º, João Martins, 1995 (CA Ferreira Zêzere), 47.35,43
Desclassificado: Marco Amaral, 1993 (CDCJ Ilha Verde).
Desistentes: Pedro Martins, 1968 (CA Seia) e Pedro Santos, 1992 (SL Benfica).
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de maio de 2019 – 02:49:34

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...