14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Alexandra Lamas com medalha de ouro em Budapeste

As marchadoras portuguesas Alexandra Lamas, ouro na categoria W40, Maria Alice Fernandes, prata na W60, e Maria Orlete Mendes, bronze na W60, estiveram em particular evidência na prova inaugural de 3.000 metros marcha (dia 26) dos Campeonatos do Mundo de Veteranos em pista coberta (WMACi) que decorrem, até dia 30, na cidade húngara de Budapeste.
 
 
Enquanto Alexandra Lamas, com 14.43,40, vencia, com relativo à vontade, a sua categoria (40-44 anos) e obtinha o 3.º melhor registo absoluto, Maria Alice Fernandes (17.29,93) e Maria Orlete Mendes (17.33,6) disputaram entre si o 2.º lugar no escalão de 60 anos, não podendo fazer frente ao superior desempenho da australiana Heather Carr (16.18,25). O Centro de Atletismo das Galinheiras e o Grupo Desportivo da Lourocoop são as colectividades a que pertencem as portuguesas e que há vários anos vêm desenvolvendo meritório trabalho em favor da marcha atlética.
 
 
As germânicas (W35) Bianca Schenker e Brit Schröter, com 14.08,42 e 14.16,32 respectivamente, registaram as melhores marcas absolutas de entre as 107 atletas chegadas (4 desclassificadas) participantes nas várias categorias. O «top 10» de marcas fechou nos 16.00,47, destacando-se neste grupo, como a menos jovem, a belga Myriam Nicolas, W50, com 15.57,11.
 
 
Na distribuição de medalhas por país nesta prova, a França (2 de ouro + 1 de prata + 2 de bronze) e a Alemanha (1+2+2), lideraram com 5 medalhas cada, seguidas pela Itália, com 4 (0+2+2). Portugal entrou com 3 medalhas (1+1+1) a par da Ucrânia (2+1+0).

Periodicidade Diária

sábado, 19 de outubro de 2019 – 15:49:54

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...