14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

11 eventos integram o Challenge mundial de marcha de 2015

A Federação Internacional de Atletismo divulgou o regulamento do challenge mundial de marcha para o corrente ano. O evento integra competições divididas por três categorias.
 
 
Na categoria A, os mundiais de atletismo de Pequim, na China, de 22 a 30 de agosto, assumem-se como o principal evento do ano.
 
 
A categoria B integra o circuito de Chihuahua, no México (7 de Março), o meeting de Dudince, na Eslováquia (21 de Março), uma estreia nesta categoria, ambos os eventos a realizarem-se no mês de março, o Grande Prémio de Rio Maior, em abril (dia 18), que regressa a este patamar depois de dois anos de ausência, Taicang, na China (1 de Maio), que tem integrado, nos últimos anos, o challenge mundial e acolheu, com grande sucesso, a taça do mundo de 2014, e por fim, o tradicionalíssimo grande prémio da Corunha, em junho (dia 6).
 
 
Na categoria C estão englobados os principais campeonatos ou taças continentais da especialidade, da Oceânia, em fevereiro, da Ásia, em março, de África, em abril, e da América e da Europa, em maio.
 
 
De referir que os três primeiros classificados, masculinos e femininos, da classificação geral estão automaticamente apurados para os mundiais de Pequim, nos 20 km marcha.
 
 
Os organizadores suportarão os custos de viagem e estadia de, pelo menos, 8 atletas, em representação de quatro diferentes países, em cada uma das suas provas internacionais, de acordo com 50 nomes (25 masculinos e 25 femininos) indicados na lista de elite, apurada em função dos principais eventos planetários. Assinala-se, especialmente, a presença das portuguesas Ana Cabecinha, Inês Henriques, Vera Santos e Susana Feitor, e dos brasileiros Caio Bonfim, e Erica de Sena.
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 10:03:23

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...