13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Inês Henriques quer estabelecer o primeiro recorde mundial dos 50 km marcha

 

Inês Henriques, campeã nacional dos 20 km marcha, vai participar nos primeiros campeonatos nacionais de 50 km femininos (*), prova que terá lugar em Porto de Mós, distrito de Leiria. O evento que ocorrerá no dia 15 do corrente mês de janeiro (domingo) poderá proporcionar o estabelecimento do primeiro recorde mundial da distância no setor feminino, se reconhecido pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla inglesa).
 
Note-se que o tempo de 4h10.59 constitui a melhor marca mundial realizada por uma mulher na distância do 50 km marcha e foi obtido pela sueca Monica Svensson, em 2007, na cidade italiana de Scanzorosciate, província de Bérgamo, mas não é reconhecido oficialmente como recorde do mundo. Por decisão da IAAF, a partir de 1 de janeiro deste ano será considerado como válida, para efeito de recorde mundial, a melhor marca realizada abaixo das quatro horas e trinta minutos, desde que realizada sob determinados parâmetros.
 
Com 36 anos de idade (nasceu a 1-5-1980), Inês Henriques representa o Clube de Natação de Rio Maior e é orientada por Jorge Miguel. São 23 (pelo menos) os anos de prática da especialidade, tendo registado, entre outros, um triunfo em 1993, no Torneio Nacional “Marchador Jovem”, no escalão de infantis (uma espécie de campeonato nacional), competição que foi integrada na nona edição dos campeonatos nacionais de marcha que então tiveram lugar no Montijo.
 
A atleta ribatejana, que está determinada a realizar um tempo abaixo do conseguido por Svensson, esteve presente em três edições dos Jogos Olímpicos. Em Atenas (2004) concluiu os 20 km na 25.ª posição, em Londres (2012) ficou em 14.º lugar e no Rio de Janeiro (2016) foi 12.ª classificada. Participou ainda em sete edições dos Campeonatos do Mundo (2001, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013 e 2015), e em vários eventos de Campeonatos da Europa, Taças da Europa de Marcha e Taças do Mundo de Marcha.
 
Para que um recorde mundial, estabelecido numa competição de marcha, seja homologado pela IAAF, há condições essenciais que deverão ser verificadas, a saber: na equipa de juízes de marcha que fiscalizará a prova deverá haver, pelo menos, três internacionais (níveis II ou III da IAAF); o circuito deverá ser medido por um ou dois medidores de grau “A” ou “B”, reconhecidos pela IAAF/AIMS; a sujeição a controlo de doping.
 
As 10 melhores atletas de todos os tempos:
1.ª) Monica Svensson (Suécia), 4h10.59 - Scanzorosciate, 21/10/2007
2.ª) Elena Ginko (Bielorússia), 4h12.16 - Scanzorosciate, 17/10/2004
3.ª) Jolanta Dukure (Letónia), 4h16.27 - Paralepa, 09/09/2006
4.ª) Brigita Virbalyté-Dimsiené (Lituânia), 4h25.22 – Villa di Serio, 17/10/2010
5.ª) Evaggelía Xinoú (Grécia), 4h28.13 - Scanzorosciate, 17/10/2004
6.ª) Neringa Aidietyte (Lituânia), 4h28.53 - Ivano-Frankivsk, 01/10/2006
7.ª) Natalia Bruniko (Itália), 4h29.56 - Scanzorosciate, 27-10-2002
8.ª) Lyudmila Yegorova-Shelest, 4h32.36 - Scanzorosciate, 18-10-2009
9.ª) Erin Taylor-Talcott (EUA), 4h33.22 - Santee, CA 22-01-2012
10.ª) Zang Zhou (China), 4h34.01 – Huangshan, 06-03-2016
Fonte: IAAF
 
(*) Segundo o regulamento difundido pela FPA "A prova de 50 km Femininos constará, provisoriamente, do conjunto de Provas do Campeonato Nacional de Marcha em Estrada, ficando, no entanto, esta decisão pendente de aprovação em próxima Assembleia Geral da FPA e inclusão futura no calendário regular deste Campeonato".
 

O Marchador

 

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 24 de março de 2019 – 19:29:56

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...