14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Russa Alembekova sagra-se campeã europeia de marcha

A russa Elmira Alembekova sagrou-se esta manhã campeã da Europa dos 20 km marcha, vencendo em Zurique o europeu da distância em 1.27.56 h, numa prova em que Ana Cabecinha, no sexto lugar, foi a melhor portuguesa, com 1.28.40 h. Alembekova controlou a prova desde o início para desferir o ataque decisivo a três quilómetros do final.
 
 
A competição iniciou-se em ritmo de passeio, com a primeira volta de mil metros a ser cumprida em 4.43 m pela frente de um pelotão compacto englobando todas as participantes, lideradas pela italiana Antonella Palmisano e pela lituana Brigita Virbalyte-Dimsiene.
 
 
A primeira légua seria concluída em 22.48 m pelas vinte atletas do grupo da frente, sempre com Palmisano na linha da frente, onde começava a notar-se também a longilínea campeã mundial júnior Anežka Drahotová, da República Checa.
 
 
A meio da prova são ainda 15 as atletas no grupo da dianteira, liderado na passagem pela meta por Palmisano, com 45.05 m, seguida das espanholas Raquel González e Beatriz Pascual, das portuguesas Ana Cabecinha e Inês Henriques, da polaca Agnieszka Dygacz, da ucraniana Lyudmyla Olyanovska e da russa Elmira Alembekova, entre outras.
 
 
Logo a seguir, González e Olyanovska impõem um aumento de ritmo, que resulta no fraccionamento do grupo, sendo Inês Henriques uma das atletas que se atrasam. Em duas voltas, o pelotão das favoritas reduz-se a dez unidades, descolando pouco depois a espanhola Beatriz Pascual.
 
 
No final da terceira légua, já só a Rússia, com Elmira Alembekova e Vera Sokolova, e a Itália, com Antonella Palmisano e Eleonora Giorgi, têm duas atletas no grupo de liderança, composto por oito unidades. É também o momento em que Alembekova assume o protagonismo, ao lado de Olyanovska e de Drahotová, com quem lança um ataque a seguir aos 15 quilómetros.
 
 
As três ganham alguma vantagem, que vai crescendo, enquanto Ana Cabecinha se atrasa na oitava posição, pouco depois da 16.ª volta, atrás das italianas e da russa Sokolova, tapada por duas notas de desclassificação.
 
 
Dos 17 para os 18 quilómetros, as posições definitivas começam a definir-se, com a Alembekova a isolar-se na frente, seguida de Drahotová e de Olyanovska, espaçadas cerca de 10 metros entre cada uma.
 
                                                                                                                                
Definiam-se assim as ocupantes dos três degraus do pódio, variando até à meta pouco mais do que a diferença entre as atletas. Com uma poderosa fase final, Alembekova não mais foi incomodada na caminhada para o título europeu, conseguido com uma marca final de 1.27.56 h, enquanto um pouco mais atrás Olyanovska, num esforço derradeiro, recuperava e se impunha à júnior checa para conquistar a medalha de prata.
 
 
Depois de Vera Sokolova (4.ª, 1.28.24) e de Eleonora Giorgi (5.ª, 1.28.28), Ana Cabecinha ainda conseguia passar Antonella Palmisano e chegar ao sexto posto, com 1.28.40 h. Inês Henriques chegou no 13.º lugar, com 1.31.32 h, numa prova com 29 atletas à partida e 25 na meta.
 
 
Classificação
20 km femininos
1.ª, Elmira Alembekova, 1990 (Rússia), 1.27.56
2.ª, Lyudmyla Olyanovska, 1993 (Ucrânia), 1.28.07
3.ª, Anežka Drahotová, 1995 (República Checa), 1.28.08
4.ª, Vera Sokolova, 1987 (Rússia), 1.28.24
5.ª, Eleonora Giorgi, 1989 (Itália), 1.28.28
6.ª, Ana Cabecinha, 1984 (Portugal), 1.28.40
7.ª, Antonella Palmisano, 1991 (Itália), 1.28.43
8.ª, Beatriz Pascual, 1982 (Espanha), 1.29.02
9.ª, Hanna Drabenia, 1987 (Bielorrússia), 1.29.39
10.ª, Raquel González, 1989 (Espanha), 1.30.03
11.ª, Neringa Aidietyte, 1983 (Lituânia), 1.30.47
12.ª, Viktória Madarász, 1985 (Hungria), 1.30.57
13.ª, Inês Henriques, 1980 (Portugal), 1.31.32
14.ª, Agnieszka Dygacz, 1985 (Polónia), 1.31.36
15.ª, Alina Matsviayuk, 1990 (Bielorrússia), 1.31.46
16.ª, María José Poves, 1978 (Espanha), 1.32.02
17.ª, Mária Gáliková, 1980 (Eslováquia), 1.32.03
18.ª, Brigita Virbalyte-Dimšiene, 1985 (Lituânia), 1.32.46
19.ª, Laura Polli, 1983 (Suíça), 1.33.22
20.ª, Déspina Zapounídou, 1985 (Grécia), 1.34.03
21.ª, Marie Polli, 1980 (Suíça), 1.34.39
22.ª, Federica Curiazzi, 1992 (Itália), 1.35.48
23.ª, Inna Kashyna, 1991 (Ucrânia), 1.35.51
24.ª, Antigóni Drisbióti, 1984 (Grécia), 1.35.54
25.ª, Mária Czaková, 1988 (Eslováquia), 1.38.38
Desclassificada: Vasylyna Vitovchuk, 1990 (Ucrânia).
Desistentes: Paulina Buziak, 1986 (Polónia), Lucie Pelantová, 1989 (República Checa), Laura Reynolds, 1986 (Irlanda).

Periodicidade Diária

segunda-feira, 21 de outubro de 2019 – 17:44:48

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...