14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Rio Maior com juízes de marcha internacionais

Já é conhecida a equipa de juízes de marcha, quase todos internacionais (europeus ou mundiais) que avaliará a progressão regulamentar dos atletas no decorrer da 22.ª edição do Grande Prémio Internacional de Rio Maior, a disputar-se amanhã, 6 de abril.

O juiz-chefe da competição é o português José Dias que já atuou nos Campeonatos Mundiais de Edmonton, em 2001, e nos de Paris, em 2003, bem como nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e nos de Pequim, em 2008.

Da restante equipa de trabalho, há a registar a presença de outros elementos dos painel da IAAF, Joaquim Graça que atuou no ano passado nos Mundiais de Jovens de 2011 (Lille), e do italiano Nicola Maggio, com atuações mais significativas nos Mundiais de 1993 (Estugarda), juiz-chefe nos 20 km masculinos, nos de 2001 (Edmonton), e nos Jogos Olímpicos de 1992 (Barcelona) e de 2012 (Londres).

O francês Gerárd Leliévre, e o espanhol Sérgio Solana integram o painel de especialistas da Associação Europeia. Leliévre, destacou-se, enquanto atleta, nos anos 70 e 80, obtendo, entre outros bons resultados, o 5.º lugar nos 20 km dos Mundiais de Helsínquia, em 1983 e igual posição nos 50 km da Taça do Mundo de Bergen, desse mesmo ano.

José Ganso, que já pertenceu ao painel europeu, atuou recentemente nos Europeus de Veteranos, realizados em San Sebastian.

O delegado da Associação Europeia é o francês Jean-Pierre Dahm, experimentado juiz internacional de marcha, estando designado, nesta qualidade, para os Mundiais de Moscovo, a realizarem-se em agosto próximo.
 
O Marchador  

Periodicidade Diária

sexta-feira, 22 de novembro de 2019 – 17:43:25

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...