13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rio Maior já tem juízes nomeados

O Grande Prémio de Rio Maior, a realizar dia 14 do próximo mês de abril, é uma prova integrada no challenge da federação internacional (série B), que terá, uma vez mais, a presença de juízes internacionais de marcha, provenientes de cinco países de acordo, aliás, com as regras estabelecidas para este tipo de competições.

A equipa de juízes de marcha nomeada para este ano é a seguinte:

Joaquim Graça (Portugal), juiz-chefe;
José Dias (Portugal);
Nicola Maggio (Itália);
Silvia Hanusova (Eslováquia);
Sergio Solana (Espanha);
Colin Fee (China).

Ana Toureiro será a adjunta do juiz-chefe sendo que José Ganso e Paulo Marques serão os secretários.

A delegada do evento, nomeada pela federação internacional de atletismo, é Jane Saville (Austrália), membro do Comité de Marcha da Associação Internacional de Federações de Atletismo (AIFA). Saville, que foi uma das atletas de craveira mundial, possui no seu curriculum desportivo a conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas em 1996 mas, também, é relembrada pelo episódio, dramático para ela, vivido nos jogos da sua cidade, os de Sydney, em 2000, quando foi desclassificada a escassos metros de se sagrar campeã olímpica na prova de 20 km. Medidas mais tarde implementadas nomeadamente ao nível do (novo) sistema de comunicação entre os juízes e a redução do seu número no painel de especialistas, melhoraram substancialmente o nível qualitativo do ajuizamento.

Os outros oficiais, de cargos de relevância, nomeados pelo Conselho de Arbitragem da Associação de Atletismo de Santarém, á qual a prova geograficamente pertence, são: Eduardo Gonçalves, diretor de competição, Maria Patrocínio Pires, diretora de reunião, Paulo Saldanha, o árbitro, enquanto que no júri de apelo voltam a estar Eduardo Gonçalves e Maria Patrocínio Pires, acompanhados de Luís Ervideira.

A Associação de Atletismo de Santarém, note-se, é uma das mais dinâmicas associações de atletismo do país, com a realização de atividades competitivas, praticamente, durante o ano inteiro.

Contando com vários juízes de créditos firmados, um aspeto interessante, a merecer ser realçado é a paixão e dedicação contínua da família Gonçalves. Eduardo é o presidente da Associação, A sua irmã, Maria do Patrocínio, conduz os destinos do Conselho de Arbitragem, a sua filha, Cátia, é juíza de atletismo, e o seu cunhado, João, está também ligado à área da arbitragem e, inclusivamente, já integrou, com Eduardo, o painel de juízes de marcha da Associação Europeia de Atletismo.
 
O Marchador
  

Periodicidade Diária

quarta-feira, 17 de julho de 2019 – 08:22:25

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...