13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Olímpico Jovem mais uma vez corta na marcha

Há um ano, o blogue «O Marchador» manifestava neste espaço virtual a esperança (pouco virtual e muito real) de que uma nova equipa federativa representasse nova mentalidade na direcção da FPA e que daí resultasse o fim da discriminação da marcha no programa do Torneio Olímpico Jovem. Passado um ano e tendo lugar neste fim-de-semana, em Lisboa, a 32.ª edição desse torneio, verifica-se que o problema se mantém: a disciplina da marcha faz parte do programa apenas de um dos escalões envolvidos, este ano o dos iniciados (4000 m masculinos e 4000 m femininos), ficando os juvenis sem poder competir nesta especialidade.
 
 
Há vários anos que a situação se mantém (desde 2004, num ano não há marcha para juvenis, noutro ano não há marcha para iniciados) e há vários anos que se reclama contra esta injustiça. Quem consultar o regulamento da competição tem a prova irrefutável do que aqui se diz, traduzida de forma gráfica: o quadro de dupla entrada que sintetiza as provas a realizar está devidamente preenchido em todos os campos, excepto nos que se referem à marcha para juvenis masculinos e juvenis femininos, onde um traço indica não haver qualquer prova. Nos restantes campos há sempre uma, duas, três, quatro provas. Ou mais.
 
 
É lamentável que a situação se mantenha, não havendo nenhuma justificação válida para esta opção da FPA.
 
 
Nunca é de mais lembrar que os torneios dirigidos aos jovens são um importante factor de motivação para a prática da marcha. E é também de não esquecer que o desenvolvimento das diferentes especialidades do atletismo representa o desenvolvimento da modalidade no seu todo.
 
 
Tratando-se de um torneio que ostenta o conceito olímpico no próprio nome e que conta com o apoio do Comité Olímpico de Portugal, convirá que não é lá muito olímpica esta visão do desporto que sonega a alguns a oportunidade dada aos demais.
 
 
Ou bem que o Torneio Olímpico Jovem é para juvenis e iniciados ou bem que é para alguns juvenis e alguns iniciados. Ou bem que é um torneio de atletismo ou bem que é um torneio de algumas especialidades do atletismo. Assim configurado, o que ele não é certamente é olímpico. Pelo menos para lá do nome.
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

segunda-feira, 20 de maio de 2019 – 19:25:55

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...