15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Parcidio Summavielle em forma na Rampa de Murça

 

 

Ao volante do competitivo Skoda Fabia R 5, Parcidio Summavielle uma vez mais foi autor dum bom desempenho nesta sua participação na Rampa de Murça, primeira prova do Campeonato Portugal de Montanha JC Group 2020, organizado sob a égide do Cami Motorsport.

 

Bem adaptado ao comportamento em pista do Skoda Fabia R 5 que surgiu em Murça com uma bonita decoração, logo na subida da warm up Parcidio Summavielle fez logo um excelente tempo com 2.28.379 à< média de 101,9 km/h.Já na primeira subida oficial de treinos percorreu toda a extensão da Rampa de Murça em 2.24.209 à média de 104,7 km/h, sendo o líder da categoria dos Turismo 1.Cada vez mais rápido, logo na segunda subida de treinos, consegue melhorar de forma considerável o tempo feito anteriormente, fazendo 2.19.837 à média d2e 108, 1 km/h. Chegados à primeira subida oficial de prova, Parcidio Summavielle obtém um tempo de 2.19.960 à média de 108 km/h, sendo cada vez mais líder em termos da categoria de Turismo 1.

 

Na manha de domingo com piso molhado, Parcidio  Summavielle faz o segundo melhor tempo na classificação geral, tendo apenas à sua frente o Subaru Impreza de Hugo Araújo, mesmo assim Parcidio faz 2.35.080.Na derradeira subida de treinos Parcidio continua a melhorar, fazendo desta feita 2.25.234 à média de 104,1 km/h, sendo cada vez mais líder no Turismo 1.Para a segunda subida oficial de prova, a mesma não correu tão bem, pois um pequeno toque num rail, antes do primeiro gancho após a partida na rampa de Murça, atirou Parcidio para o fim da tabela com 2.52.034 à média de 87,9 km/h.

 

No final, antes de fazer a viajem de regresso a Fafe começou por nos dizer “ para ser franco não estava  à espera do desfecho desta rampa de Murça, confesso que não esperava isto .Quero assim expressar as minhas sinceras condolências às famílias das vítimas nesta hora bem difícil, e que os feridos consigam recuperar rapidamente, e possam voltar á sua vida normal, são os meus desejos. Quanto ao Luís Silva, espero poder vê-lo em, breve de novo a correr. Quanto à minha prova saldo positivo, na segunda subida de prova tive aquele toque, e com isso perdi muito tempo, mas são coisas que acontecem, e agora há que começar a preparar a próxima prova”, disse-nos o piloto de Fafe.

 

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 8 de março de 2021 – 18:46:01

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...