18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ricardo Loureiro e Fernando Francisco conquistaram pontos preciosos na Penha

Ricardo Loureiro e Fernando Francisco rubricaram exibições sólidas na Rampa da Penha, segunda prova da temporada, coroadas com dois lugares dentro do Top 5 nas contas dos Clássicos. De fora da prova ficou Fernando Salgueiro, que não compareceu por razões profissionais.

 

No dia anterior ao arranque da 45ª Rampa da Penha, o Caramulo Racing Team sofreu um revés, quando compromissos profissionais forçaram Fernando Salgueiro a abdicar da participação nesta segunda prova da temporada.

 

Mas, a equipa sabia que podia confiar na dupla de pilotos que se apresentou ao serviço na rampa organizada pelo Demoporto e as exibições e resultados alcançados provaram que Ricardo Loureiro e Fernando Francisco mereciam, como sempre, o crédito que lhes foi depositado.

Loureiro esteve na luta pelo último degrau do pódio até à derradeira vez que os pilotos dos Clássicos enfrentaram os 2780 metros da rampa. Aí, ficou visível que o piloto-edil de Guardão rodou sempre nos atuais limites competitivos do seu Ford Escort MKII, como prova o facto de ter realizado tempos nas três subidas de prova intervalados por apenas meio segundo. O seu adversário direto na luta pelo 3º lugar melhorou muito na última subida e o piloto do Caramulo Racing Team posicionou-se no 4º posto.

Em jeito de balanço, Ricardo Loureiro disse que “foi um fim-de-semana muito positivo e onde cumprimos os objetivos mínimos. Obviamente, não ficamos integralmente satisfeitos porque, uma vez mais, não conseguimos chegar a um lugar no pódio, ficando claro que a procura de fiabilidade no carro condiciona o nosso nível competitivo face à concorrência”.

Já Fernando Francisco concluiu a segunda prova da temporada com todas as razões para sair de sorriso rasgado de Guimarães. O piloto do Ford Escort MKI esteve sempre muito seguro, cumprindo como é seu apanágio o plano que tinha traçado com a equipa.

 

Aproveitou as subidas de treinos para “ganhar mão” ao traçado da Penha e, depois, nas subidas de prova intensificou o seu ritmo, coroando a sua exibição segura com a conquista do seu melhor tempo do fim-de-semana (2:00.973) na derradeira vez que enfrentou a rampa, alcançando um motivador 5º lugar da geral.

“Foi um fim de semana muito produtivo. O carro manteve-se sempre muito bem durante todo o fim de semana, e a evolução foi constante de subida para subida, e melhorei os meus tempos relativamente a 2023”, declarou no final.

 

Com os seus resultados, Ricardo Loureiro e Fernando Francisco almejaram subir muitas posições na tabela pontual do campeonato, sendo agora, respetivamente, segundo e terceiro classificados.

 

Nuno Pinto, diretor desportivo do Caramulo Racing Team, considerou que “não foi o fim de semana que desejávamos, a começar com a impossibilidade de a equipa estar completa, mas acabou por ser positivo. O trabalho está a ser feito, a regularidade foi a chave, o que nos permitiu somar pontos no campeonato e ter agora o Ricardo e o Francisco dentro dos três primeiros na tabela pontual”.  

 

O Campeonato de Portugal de Montanha JC Group segue agora para o coração de Trás-os-Montes, cabendo ao CAMI Motorsport entrar ao serviço organizativo, erguendo nova edição da Rampa Porca de Murça. A terceira prova do campeonato será disputada nos dias 27 e 28 de abril.

 

Periodicidade Diária

domingo, 19 de maio de 2024 – 05:30:10

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...