15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Taça de Portugal - Seraical Team: O azar das finais

 

 

José Luís Pereira, do Seraical Team, continua a ser azarado, nas finais. Aconteceu em Montalegre, voltou a acontecer em Sever do Vouga. Foi mais um “azar”, que bem poderia ser apelidado de “toque”. Toque, pois é o que tem acontecido, nas molhadas da primeira curva, logo após a partida. Seguia na frente, mas arranjaram maneira de o colocar no final do pelotão.

 

Se calhar, e como podia escolher o lugar na primeira fila da grelha, a escolha não foi a ideal. Mas isso, é fácil de dizer agora. O pior, são os toques e ser José Luís Pereira, com o AG Sport, um dos principais atingidos.

 

Nas voltas que faltava, José Luís Pereira recuperou várias posições, algumas com ultrapassagens de mestre. Mas não chegou, para conseguir concluir a prova, acima do sétimo posto em que terminou.

 

Tenho tido algum azar nas finais, nas zonas de travagem das primeiras curvas. Há pilotos que, muitas vezes. Exageram e dão toques que seriam desnecessários. Infelizmente, eu tenho sido um dos atingidos, como aconteceu nestas duas últimas provas. A temporada terminou, tenho de agradecer à minha equipa e à minha família todo o apoio. Vamos esperar pelo próximo ano, desejando que esta falta de ‘sorte’, não me atinja em todas as provas”, referiu o piloto de Vila Nova de Famalicão, depois de terminada a corrida.

 

De realçar que, nesta jornada da Taça de Portugal de Kartcross, foram ensaiadas novas regras, com a Joker lap, que se mostraram benéficas para o espetáculo e a modalidade.

 

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 16 de abril de 2021 – 17:56:01

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- 3h do Estoril

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...