14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

José Pedro Fontes decidido a alcançar a 4ª vitória no Rali Vidreiro

 

 

·       José Pedro Fontes e Paulo Babo de regresso ao DS 3 R5 para lutar pela vitória na 4ª prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2018.

·       Com preparação da Sports & You, o DS 3 R5 da Citroën Vodafone Team apresenta-se na sua configuração máxima para asfalto.

·       A realizar nos dias 8 e 9 de junho, o Rali Videiro - Centro de Portugal compõe-se de 10 troços cronometrados (110,2 km), sendo um deles uma especial espetáculo noturna.

 

O Citroën Vodafone Team e José Pedro Fontes/Paulo Babo estão prontos para lutar pela vitória no Rali Vidreiro - Centro de Portugal 2018. Para esse objetivo, a dupla volta a contar com os préstimos do DS 3 R5, modelo de características mais do que comprovadas para pisos de asfalto, como o comprovam as várias vitórias conquistadas em solo luso nos últimos anos.

 

“Vamos disputar o Rali Vidreiro com o DS 3 R5, apostando no comprovado potencial de um modelo que já tem provas mais do que dadas nesse tipo de piso“, comentou José Pedro Fontes. “O carro está no topo das especificações, sendo, por isso, um modelo bastante competitivo mesmo face às mais recentes máquinas que chegaram ao Campeonato de Portugal de Ralis.”

 

Relativamente ao C3 R5 estreado no Vodafone Rali de Portugal, Fontes acrescentou: “A Citroën Racing trouxe para o nosso país duas unidades no âmbito do processo de desenvolvimento deste novo carro em pisos de terra, sendo que realizámos, em conjunto com o Stéphane Lefebre, uma série de ensaios e testes de set-up que permitiram uma importante recolha de dados, com vista à entrega de viaturas aos seus clientes, nomeadamente à Citroën Vodafone Team.”

 

 

Voltando ao Rali Vidreiro, são várias as razões que o piloto do Porto aponta para repetir, na presente edição, as 3 vitórias  que ali conta no seu palmarés: “Venci este rali em 2010 com o Paulo Babo e depois em 2014 e 2016 com a Inês Ponte como navegadora, a última delas com o DS 3 R5, feito que gostaria muito de repetir. As razões são diversas, começando pelo desejo de premiar todo o esforço e dedicação que os elementos da Sports & You têm empregue nestas temporadas, na preparação das viaturas para as provas, ao mesmo tempo que gostaria de dar o devido retorno aos patrocinadores e demais apoiantes do Citroën Vodafone Team. Isto para além do facto de eu estar num jejum de vitórias já demasiado longo. Estou com saudades de subir ao lugar mais alto de um pódio, num resultado que, a acontecer, nos permitirá recuperar pontos importantes.”

 

Neste Rali Vidreiro - Centro de Portugal 2018, o DS 3 R5 com as cores daCitroën e da Vodafone, patrocinador principal, contará com o nº 6 nas portas. São também parceiros deste projeto as marcas Milaneza, ExpressGlass, Total ePirelli. A preparação técnica da viatura é da responsabilidade dos profissionais da Sports & You.

 

O RALI VIDREIRO – CENTRO DE PORTUGAL EM RESUMO

 

A Marinha Grande volta a servir de centro nevrálgico ao Rali Vidreiro/Centro de Portugal, prova clássica organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande (CAMG), a quarta do Campeonato de Portugal de Ralis 2018. Com um figurino de dois dias, 8 e 9 de junho, marca o início da fase de asfalto do presente ano.

 

O rali arranca para a estrada na Marinha Grande, às 16h05 desta sexta-feira, iniciando-se a parte competitiva às 17h00, com os 8,64 km da classificativa de S. Pedro de Moel, troço com um novo traçado que se repete às 19h15, A caravana ruma, depois, à Super Especial urbana e noturna (21h05) com 1,5 km de extensão, desenhada no centro da cidade. O dia termina com a entrada dos carros em Parque Fechado (22h20).

 

O regresso à estrada faz-se às 08h40 de sábado, para uma secção matinal com uma dupla passagem pelo renovado troço de Pinhal do Rei (12,98 km), às 09h40 e às 12h40, rumando-se depois a norte do distrito, para as igualmente redesenhadas especiais de Mata Mourisca (15,37 km), às 10h45, e Assanha da Paz (10,87 km), às 11h25. Após o reagrupamento na Marinha Grande, a secção da tarde integra esses mesmos três troços, com a seguinte sequência: Mata Mourisca  às 15h50, Assannha da Paz às 15h30 e, a fechar, a terceira passagem por Pinhal do Rei (16h45).

 

 

Cumpridos os 110,20 km cronometrados dessas 10 especiais, integrados num percurso total de 461,18 km, a distribuição de prémios faz-se pelas 18h00 junto à praia, em S. Pedro de Moel.

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019 – 03:09:34

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...