13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Citroën Racing no Rali da Catalunha/Espanha - Dia 2: Sébastien Loeb na luta pelo pódio

 

Sébastien Loeb e Daniel Elena estiveram em grande neste seu regresso ao WRC em Espanha, encerrando a primeira Etapa no quarto lugar à Geral, apenas a cinco décimos de segundo do pódio. Craig Breen e Scott Martin, também em excelente forma, terminaram o dia no oitavo posto, depois de alguns contratempos. Com uma abordagem cuidadosa, Khalid Al Qassimi e Chris Patterson chegaram ao final da Etapa na 23ª posição.

 

Normalmente decisiva para a primeira Etapa em asfalto, a Especial La Fatarella – Vilalba (38,85km), anteriormente designada “Terra Alta”, prometia ser um desafio ainda maior este ano graças ao seu percurso substancialmente alterado (disputado no sentido inverso e com novas secções).

 

É precisamente o tipo de desafio em que o talento de Sébastien Loeb sobressai e, de facto, assim foi, com o piloto francês a mostrar um desempenho bem expressivo! Tendo começado o dia num lugar bem para trás, em 27º, depois de ter deixado o motor ir abaixo na Super Especial de ontem à noite em Barcelona, Loeb lutou com afinco e, no final dia, estava já no quarto lugar, registando um terceiro melhor tempo (+2,0 s) e um segundo melhor tempo (+2.9 s) nesta Etapa extremamente exigente. Está bem à vista de todos que o seu feeling – e rapidez – ao volante do C3 WRC foi progredindo ao longo deste primeiro dia de rali “a sério”, fruto também do melhoramento do set-up do seu carro. Amanhã, com a passagem para o alcatrão, o rendimento será ainda melhor, pois trata-se de um piso que agrada profundamente ao nónuplo Campeão do Mundo, que está agora a apenas cinco segundos do terceiro lugar, e somente a 3,4 s do segundo.

 

Também Craig Breen exibiu um andamento que não deixou margem para dúvidas: com menores diferenças de tempo (ES4) do que o futuro vencedor da Etapa, e antes de sofrer um pião, o irlandês confirmou a sua boa forma durante a parte da tarde com um terceiro melhor tempo (+ 0,8 s) na ES6, e, no troço seguinte, esteve empatado no segundo lugar (+ 4,0 s) com o piloto que acabaria o dia no comando do rali. Nessa altura, o Breen estava no quinto lugar, somente a sete décimos de segundo do seu colega de equipa. Contudo, apesar da sua excelente forma, Breen terminaria o dia em oitavo à Geral depois de ver parte do spoiler traseiro do seu carro arrancado pelo ramo de uma árvore. Mesmo assim, o jovem irlandês mantém-se a curta distância do top 5.

 

Aumentando gradualmente o seu andamento em cada Especial, Khalid Al Qassimi encerrou o dia na 23ª posição, satisfeito por se sentir mais à vontade no carro durante o período da tarde.

 

A seguir ao longo período de Assistência desta noite, durante o qual os mecânicos procederam à conversão dos carros para a configuração de asfalto, as equipas terão amanhã pela frente um rali totalmente “diferente”, com o rali a passar para o alcatrão. Os pilotos podem contar com 121,80 km de troços cronometrados divididos por sete Especiais, com uma previsão meteorológica… imprevisível!

 

O QUE ELES DISSERAM…

 

 

Sébastien Loeb: "Depois de ter sentido alguma subviragem durante a manhã, fizemos algumas alterações no ‘set-up’ do meu C3 WRC, e passei a ter total confiança no carro durante toda a tarde, o que me permitiu dar largas à minha condução. Isso permitiu-nos estar mais próximos da luta pelo pódio, e tudo continua em aberto. Nos últimos seis anos, praticamente não conduzi à chuva em alcatrão, por isso, se a chuva aparecer,

vai ser um grande desafio!"

 

 

Craig Breen: "Foi um dia um bocadinho aos altos e baixos. Registámos alguns bons tempos, mas também tivemos a nossa dose de azar. Na parte da manhã perdemos quase vinte segundos com um pião e, à tarde, perdemos parte do ‘spoiler’. Sem esses problemas, estaríamos agora bem mais perto da lua pelo pódio. Adoro conduzir em alcatrão e estou empenhado em aproveitar ao máximo uma das raras oportunidades em que, ao longo da temporada, temos oportunidade para o fazer. Vou tentar ganhar terreno."

 

 

Kalid Al Qassimi: "Durante a manhã não me senti muito confiante, mas tudo ficou solucionado da parta da tarde graças ao trabalho da equipa técnica. Portanto, da parte da tarde, conduzi com muito mais confiança e desfrutei imenso do carro. Com muito pouca experiência de competição à chuva, estou a contar com algumas dificuldades para a 2ª Etapa!"

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 19 de maio de 2019 – 16:21:25

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...