14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Rali da Turquia - Citroen garante dobradinha e relança o Campeonato

 

 

 

Imperiais em termos de fiabilidade e competitividade, os C3 WRC de Sébastien Ogier/Julien Ingrassia e Esapekka Lappi/Janne Ferm assinaram uma retumbante dobradinha na Turquia, resultado que permitiu à dupla francesa regressar à corrida pelo título mundial.

 

 

A tática era clara no seio do Citroën Total World Rally Team para os derradeiros 38,62 quilómetros cronometrados da Etapa de hoje: se Esapekka Lappi e Janne Ferm tinham como missão manter um ritmo adequado, de modo a não arriscar ser surpreendidos, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia teriam de comprovar a validade das suas notas na primeira passagem pelo troço de Marmaris (7,5 km), a primeira especial do dia e, depois, também palco da Power Stage, fechando a parte competitiva do Rali da Turquia, tendo, também, de preservar os pneus nas duas classificativas que as separavam, para que estivessem aptos a dar tudo nesse último troço do rali, garantindo alguns pontos adicionais. As duplas dos C3 WRC vermelhos cumpriram com o plano estabelecido, tendo Sébastien Ogier e Julien Ingrassia somado 3 mais pontos ao seu pecúlio, fruto do 3º melhor tempo alcançado na Power Stage.

 

Esta dobradinha, a primeira do Citroën Total World Rally Team desde o Rali da Argentina de 2015, representa a terceira vitória da equipa na presente temporada, depois de Monte Carlo e México, sendo também a 9ª e 10ª subida ao pódio do ano. Também representa o regresso às posições cimeiras do C3 WRC, exemplo de velocidade e robustez ao longo de todo o fim de semana, ilustrando a determinação da equipa em não desistir do campeonato. Tal ficou evidenciado pela excelente operação realizada por Sébastien Ogier e Julien Ingrassia, que, com este resultado, regressaram à 2ª posição do ranking provisório de Pilotos, estando a apenas a 17 pontos do líder do campeonato, quando estão ainda em discussão 90 pontos, dos últimos três ralis da temporada.

 

 

Terceiros a entrar para os troços na Etapa de sexta-feira, Ogier e Ingrassia viram o seu início de rali comprometido por um furo a seis quilómetros do final da primeira classificativa. Mas logo no troço seguinte ascenderiam à 3ª posição, para depois virem a terminar a Etapa no 2º lugar, a 17,7 segundos dos seus companheiros de equipa, fruto, em particular, de dois 3ºs melhores tempos consecutivos. Uma escolha de pneus ousada, feita sob muito forte calor (3 pneus Michelin intermédios e 2 duros) na 2ª Etapa, permitiu-lhes assinar a sua primeira vitória em troços do fim de semana no troço de Yesilbelde (33 km), deixando todas as equipas adversárias a um minuto de distância. Passando, depois, a limitar os riscos, de modo a preservar o seu capital, não deixariam de registar um 2º melhor tempo na repetição de Yesilbelde, assumindo, com isso, a liderança do rali, apresentando-se, assim, esta manhã numa posição muito boa para garantir a terceira vitória do ano ao volante do C3 WRC, performance que também significa um sétimo pódio para a dupla francesa em 2019.

 

 

Tirando o máximo partido da sua ordem inicial de entrada nos troços (9ºs) no primeiro dia, Esapekka Lappi e Janne Ferm colocaram-se em destaque logo na ES 2, com um 2º melhor tempo. Logo a seguir assumiram a liderança do rali, quando fizeram o melhor tempo no troço, o seu primeiro do presente fim de semana. Particularmente serenos e aplicados aos comandos de um C3 WRC perfeito, os finlandeses mantiveram-se, depois, impressionantes, apesar a sua ordem de partida ter-se tornado, entretanto, num handicap em algumas secções muito demolidoras da segunda ronda pelos troços de sexta-feira, contando com um conjunto de pneus nada adequado ao aparecimento de chuva, que entretanto viria a cair. Apesar disso, garantiam dois novos melhores tempos para o seu pecúlio, tendo, pelo caminho, deixado o motor ir abaixo na ES 12, cedendo o comando da prova aos seus companheiros de equipa. Um pequeno revés que não os impediu de abordarem esta última Etapa numa posição favorável para garantir o seu terceiro pódio da presente época, depois dos 2º lugares alcançados na Suécia e na Finlândia.

 

O QUE ELES DISSERAM…

 

 

Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT

"Precisávamos muito desta vitória se quiséssemos ter hipóteses de voltar à luta pelo campeonato, pelo que estou muito feliz em consegui-la para a equipa. Sabíamos que qualquer coisa poderia acontecer num rali tão demolidor quanto este, mas fomos capazes de ultrapassar as armadilhas, fruto de uma abordagem inteligente. É um bom impulso para todos para o final da temporada. Todos sabemos que temos que continuar a trabalhar muito duro, o que vamos fazer já a partir de amanhã.

 

 

Esappeka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT

"Este é um rali muito duro, que não me foi favorável no ano passado, pelo que estou, obviamente, muito feliz com esta minha performance. Conseguimos fazer duas primeiras Etapas muito boas, demonstrando que podíamos ir a jogo a par com o Seb e o Julien, algo que é sempre de registar. Hoje o desafio era trazer o carro até final e ajudá-los tanto quanto possível. O nosso C3 WRC esteve perfeito neste fim de semana, não tendo apresentado quaisquer problemas, no que é uma peça chave deste grande resultado.

 

DUAS PERGUNTAS A PIERRE BUDAR, DIRETOR DA CITROËN RACING

 

Que significa para si esta dobradinha alcançada este fim de semana pela vossa equipa?

Estou especialmente orgulhoso do que todos nós alcançámos neste fim de semana, num resultado que nos vai fazer tão bem! Após o Rali da Alemanha, a equipa provou que tinha os recursos, mas também a necessária coesão e uma verdadeira força de caráter para conseguir reagir desta forma, neste fim de semana. Realizámos quatro dias de testes construtivos na Grécia, no final dos quais estávamos otimistas, e isso ficou confirmado ao longo deste fim de semana. Todos se comprometeram em fornecer às nossas equipas um C3 WRC extremamente robusto e particularmente rápido, neste que é um dos terrenos mais exigentes da temporada, e eles completaram o trabalho com enorme maestria. Registando 5 melhores tempos ao longo do rali, eles foram os grandes dominadores. E é esta mesma determinação, esta combatividade, que nos acompanhará até a derradeira especial do Rali da Austrália.”

 

Como qualifica as prestações das vossas equipas de pilotos?

Perfeita! O Esapekka e o Janne fizeram uma muito boa utilização da sua posição de partida para os troços na manhã de sexta-feira, mostrando-se extremamente sólidos, mesmo quando as condições não eram mais favoráveis. Ao longo das 9 especiais da etapa, bateram-se pelos melhores tempos, encontrando o equilíbrio certo entre o ataque e a gestão, entendendo muito bem os interesses da equipa, não arriscando demasiado de modo a comprometer o resultado, pelo que gostaria de saudar o seu estado de espírito exemplar. Eles atingiram uma nova fasquia com o C3 WRC em terra, sendo um trunfo inegável na nossa tentativa de alcançar o título mundial com o Sébastien e Julien. Estes, por sua vez, foram perfeitamente capazes de lidar com a sua ordem de partida na sexta-feira, colocando-se numa posição ideal antes de se destacarem dos demais na manhã de sábado, fazendo uso de um segredo escondido, da sua ciência em termos de gestão de pneus. É marca dos grandes saber como acertar na mouche no momento certo, sendo, também, a sua marca registada nunca baixar os braços, tendo este fim de semana colocado no caminho correto.”

 

OS PONTOS ALTOS DO FIM DE SEMANA

 

Primeira classificativa de sábado, o troço de Yesilbelde (33 km) foi um dos mais lentos e mais técnicos do fim de semana, com uma média horária pouco acima dos 75 km/h, mas viu as equipas do Citroen Total World Rally Team estabelecer a sua futura dobradinha com autoridade.

 

Ainda que muito demolidora, esta especial foi claramente o ponto alto de sábado, com o C3 WRC de Sébastien Ogier/Julien Ingrassia e Esapekka Lappi/Janne Ferm, já em luta pela liderança desde o dia anterior, no muito longo troço de Çetibeli (38,15 km), a abstrairem-se da dimensão do esforço despendido e da sufocante temperatura ambiente, mostrando-se formidáveis. Os franceses alcançaram uma real façanha com uma escolha de pneus ousada, seguidos de perto pelos colegas finlandeses, que terminavam o dia separados por 16,7 segundos, garantindo o 1-2. Atrás deles, apenas Andreas Mikkelsen sobrevivia a custo, enquanto o resto dos adversários se viu relegada em 1 segundo por quilómetro, diferença verdadeiramente significativa. Esta performance permitiu ao Citroen Total World Rally Team ampliar para cerca de 1 minuto a diferença para os demais, abordando a segunda volta, esperada como particularmente desafiadora, com maior serenidade.

 

RALI DA TURQUIA 2019 - CLASSIFICAÇÃO GERAL (provisória)

1.      Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) 3h50’12’’1

2.      Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +34’’7

3.      Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +1’04’’5

4.      Suninen / Lehtinen (Ford Fiesta WRC) +1’35’’1

5.      Sordo / Del Barrio (Hyundai i20 WRC) +2’25’’9

6.      Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) +2’59’’1

7.      Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) +3’53’’3

8.      Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +5’34’’8

9.      Tidemand / Floene (Ford Fiesta WRC) +7’22’’9

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS*

1.      Ott Tänak – 210 pontos

2.      Sébastien Ogier – 193 pontos

3.      Thierry Neuville – 180 pontos

4.      Andreas Mikkelsen – 94 pontos

5.      Kris Meeke – 86 pontos

6.      Jari-Matti Latvala – 84 pontos

7.      Teemu Suninen – 83 pontos

8.      Esapekka Lappi – 80 pontos

9.      Elfyn Evans – 78 pontos

10. Dani Sordo – 72 pontos

*sujeita à classificação oficial publicada pela FIA

 

CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES*

1.      Hyundai WRT – 314 pontos

2.      Toyota Gazoo Racing – 295 pontos

3.      Citroën Total WRT – 259 pontos

4.      M-Sport Ford WRT – 184 pontos

*sujeita à classificação oficial publicada pela FIA

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 – 22:35:51

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...