14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Team Peugeot Total - Três Peugeot 2008 DKR de Moscovo a Pequim

 

 

·         Depois da sua vitória no Dakar, a PEUGEOT lança-se num novo e importante desafio, ao participar no Silk Way Rally (Rali Rota da Seda) de 8 a 24 de Julho de 2016

·         Estão inscritas três equipas: Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret – Cyril Despres / David Castera – Sébastien Loeb / Daniel Elena

 

Animado com os seus últimos sucessos na disciplina, o Team Peugeot Total lança-se num novo desafio: dominar a Rota da Seda, por ocasião do Silk Way Rally, que ligará Moscovo a Pequim, um percurso tão difícil quanto mítico.

 

Quase um ano depois do China Silk Road Rally, onde a Peugeot venceu e assinou uma «dobradinha», e após o Dakar 2016, ganho pelo duo Peterhansel/Cottret, o Team Peugeot Total regressa às estradas da China e tem como meta impor-se, uma vez mais, nesta aventura.

 

 

Três equipas complementares

 

Para a sua primeira participação no Silk Way Rally, a PEUGEOT alinhará três das suas quatro equipas aos comandos do PEUGEOT 2008 DKR.

 

-Stéphane Peterhansel, o piloto mais titulado do Mundo no Todo-o-Terreno com os seus 12 triunfos no Dakar e a sua vitória no China Silk Road Rally 2015, será acompanhado pelo seu fiel acólito Jean-Paul Cottret.

 

- Cyril Despres (5 vezes vencedor do Dakar em moto) e o seu co-piloto David Castera, 2ºs  na China no ano passado e 7ºs no último Dakar, demonstraram uma bela evolução e vão querer agora confirmá-la.

 

- Sébastien Loeb e Daniel Elena, últimos recrutas do Team Peugeot Total têm já no seu ativo uma participação no Rali de Marrocos 2015 e uma estreia esmagadora no último Dakar. Eles poderão agora acumular muito mais experiência no Todo-o-Terreno, nos cruzamentos e na navegação, para aperfeiçoarem a sua aprendizagem natural nos rallye-raids em condições extremas.

 

 

O Silk Way Rally, programa jovem e audacioso

 

Nascido em 2009, esterallye-raid nunca percorreu terras russas até agora, com exceção da sua primeira edição, que explorou também o Turquemenistão. Foi Carlos Sainz, hoje piloto do Team Peugeot Total, que venceu as duas primeiras edições. Na seguinte, Stéphane Peterhansel classificou-se em segundo lugar. Após uma pausa de dois anos, em 2014 e 2015, a edição de 2016 atravessa três países (Rússia, Kazaquistão e China) num percurso de 10 000 quilómetros (4 500 de Especiais), e 15 etapas, cujo detalhe será revelado nas próximas semanas.

 

Bruno Famin, diretor da Peugeot Sport

 

«É uma nova prova, sem dúvida alguma apaixonante, que iremos ter ocasião de viver. Deveremos encontrar paisagens de cortar a respiração e com um percurso variado. A Rússia e o Kazaquistão são territórios que jamais experimentámos em rallye-raid, contrariamente à China, onde encontraremos sectores semelhantes aos percorridos no ano passado. Isto promete, especialmente porque as dificuldades humanas e desportivas estarão bem presentes. Estamos muito felizes por descobrir esta prova, nova para nós, e iremos abordá-la com toda a humildade necessária, mesmo se, tão perto do nosso sucesso no Dakar, não possamos apostar noutra coisa sem ser na vitória ».

 

Evoluções técnicas

 

Os três PEUGEOT 2008 DKR inscritos, que já fizeram o Dakar 2016, adoptarão algumas evoluções técnicas visando corrigir os problemas encontrados em Janeiro. A principal evolução e não a menos importante em termos de dificuldades, será a integração da climatização nas viaturas.

 

 

 

Palmarès do Team Peugeot Total em rallye raid :

Dakar 2016: Peterhansel/Cottret #1, Despres/Castera #7, Loeb/Elena #9
China Silk Road Rally 2015: Peterhansel/Cottret #1, Despres/Castera #2
Marrocos 2015: Loeb/Elena #13
Dakar 2015: Peterhansel/Cottret #11, Despres/Picard #34

 

 

PEUGEOT 2008 DKR : caraterísticas técnicas

 

Silhueta 2008 em chassis tubular
2 rodas (traseiras) motrizes
Motor: V6 3 l Turbo Diesel (DT20)
350 cv e 800 Nm
Caixa de velocidades : 6 relações, comando sequencial
450 mm de curso de suspensão
Rodas: 37’’ = 94 cm de diâmetro
45 kg / roda x 6  = 270 kg
Pneus: Michelin
Lubrificantes: Total Quartz

 

 

A Peugeot na China

 

Com mais de 406 000 veículos vendidos em 2015, representando um crescimento de cerca de 6%, a China é o primeiro mercado automóvel da PEUGEOT no Mundo.

A 8 de Abril passado, a PEUGEOT apresentou em Pequim o seu plano de desenvolvimento a 5 anos na China: Blue Upper, cujo objetivo é fazer da PEUGEOT a referência nas marcas generalistas topo de gama na China e integrar o TOP 10 das Marcas mais vendidas na China. Para atingir os objetivos, este plano apoia-se em 3 pilares:

-          Olhar mais longe em termos de experiência clientes, nomeadamente através do digital

-          Olhar mais longe em termos de tecnologias com novas gerações de ajuda à condução, novos motores, novas caixas de velocidades

-         Olhar mais longe em termos de oferta de produtos, com 18 novos veículos dentro de 5 anos, dos quais 2 serão apresentados em estreia mundial no Salão de Pequim.

 

A Peugeot na Rússia

 

A marca PEUGEOT está presente na Rússia há mais de um século. A primeira viatura estrangeira a rodar no país foi um PEUGEOT com motor de 2 cilindros, desenvolvendo 3,75 cavalos, em 1896. Depois, a PEUGEOT reforçou a sua posição na Rússia. Hoje, a empresa possui uma vasta rede de pontos de venda e propõe uma larga gama de produtos aos seus clientes russos. A PEUGEOT está igualmente presente com uma moderna fábrica em Kaluga, no distrito de Moscovo. No local são produzidas as berlinas PEUGEOT 408 largamente adaptadas ao mercado russo. Este modelo é igualmente comercializado no Kazaquistão e na China.

 

A Peugeot no Kazaquistão

 

A marca PEUGEOT foi oficialmente introduzida no Kazaquistão em Setembro de 2013. A gama atualmente comercializada inclui os PEUGEOT 301, 508, 3008, 2008, Partner e 408.

Todos estes modelos, excepto o 408, são produzidos em Agromashholding e Kostanaï. Hoje, a rede PEUGEOT está presente nas onze regiões do país, em Almaty, Astana, Karaganda, Oural, Chymkent, Aktaou, Petropavl, Kostanaï, Atyraou, Kyzylorda e Taldykourgan.

 

A comercialização iniciou-se no final do mês de Setembro de 2013. As vendas do primeiro semestre do ano de 2014 mostraram uma tendência positiva. Daí em diante, a PEUGEOT tornou-se popular juntos dos Kazaques. A marca é particularmente activa em termos de marketing e de publicidade. A PEUGEOT é parceira de numerosas manifestações culturais, desportivas e públicas e coopera em todos os eventos franceses organizados no Kazaquistão. A marca está presente nos salões automóveis e trabalha com a Embaixada de França, empresas, câmaras de comércio e outras organizações. Estas atividades permitem mostrar os veículos PEUGEOT e promover a imagem da Marca.

 

A Peugeot no Mundo

 

Uma condução estimulante e valorizante, um design elegante, uma qualidade sem compromisso constituem o envolvimento da Marca junto dos seus clientes e contribuem para a emoção que existe em cada PEUGEOT.

Presente em perto de 160 países e com mais de 10 000 pontos de venda, a PEUGEOT  cresceu, em 2015, 4,6%, com 1 710 000 veículos comercializados em todo o Mundo. A PEUGEOT combina Exigência, Imagem e Emoção com a ambição de ser a marca generalista topo de gama de vocação mundial.

Começada em 1889, a história automóvel da Marca ficou mais rica este ano, com a vitória do 2008 DKR nas pistas do Dakar.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de janeiro de 2020 – 12:00:26

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...