15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira estreiam-se com uma vitória no Desafio Total Mazda

 

 

Caiu o pano sob uma muito disputada edição do Rali TT Reguengos de Monsaraz, a jornada de abertura do Desafio Total Mazda 2016. Esta jornada alentejana contou com enorme animação nomeadamente em torno da competição promovida pela Mazda Motor de Portugal e pela Cepsa Portuguesa e que levou nada mais nada menos que 12 Mazda Proto até Reguengos de Monsaraz.  


Um percurso duríssimo, muito pó e uma série de incidentes marcaram esta ronda inicial do Desafio, que fica marcada pela estreia vitoriosa da dupla Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira, líderes deste particular desde o meio da manhã. A dupla da PCR Motorsport já tinha dado um ar da sua graça na etapa de ontem, em que alcançou a terceira melhor marca. Pois hoje, os irmãos Oliveira voltaram a deixar bem patentes os seus intentos e lograram subir ao mais alto lugar do pódio – 13º lugar à geral - naquela que foi a sua primeira prova aos comandos do Mazda Proto concorrente ao Desafio Total Mazda. 


No final, o piloto esclarecia que “ foi uma prova dura em que a segunda metade tivemos que gerir o andamento sob pena de ficarmos pelo caminho devido a uma fuga de água no m o t o r . A i n d a a s s i m c o n s e g u i m o s g a n h a r e i s s o deixa - n o s m u i t o c o n t e n t e s . E s t a t a m b é m é u m a v i t ó r i a d a s c r i a n ç a s d o I P O q u e n o s a c o m p a n h a m n e s t a a v e n t u r a . ” Recorde-se a dupla Pedro e Ricardo Oliveira disputa o Desafio apoiando as crianças internadas no Serviço de Pediatria do Instituto Português de Oncologia, crianças com as quais desenvolve diversas acções de apoio.  


Segundos melhores à chegada a Reguengos de Monsaraz, Francisco Gil/Filipe Rasteiro realizaram uma prova sem incidentes de maior, numa corrida em que cedo se percebeu que iam divertir-se. “Gostei muito de disputar esta prova e deu-me imenso gozo tirar partido do carro que esteve sempre impecável. No segundo sector ainda perdemos algum tempo por nos termos perdido, mas a verdade é que o resultado final é muito bom,” afirmou o Piloto.   


Tiago Avelar, experiente na disciplina, mas estreante no Desafio, também chegou ao final de sorriso nos lábios. O piloto da PCR Motorsport andou o que pôde e considerou que “ p o d i a t e r f e i t o melhor não fosse um furo que n os fez perder muito tempo. Ainda assim, acho que foi uma jornada positiva. Face ao plantel de participantes não pensava conseguir chegar ao pódio, portanto o resultado foi claramente acima do esperado. ”  


Etelvino Carvalho/João Penedo foram quartos, enquanto João Pedro Pais/Pedro Marcão e Pedro Salgueiro/Gonçalo Pires encerraram a classificação dedicada ao Desafio Total Mazda, respectivamente no quinto e sexto lugar.  


Manhã repleta de histórias

 

O primeiro sector selectivo ficou marcado por uma série de peripécias umas com maior impacto no resultado, outras menos influentes. A prova teve o seu início consideravelmente atrasado devido ao acidente de um concorrente de moto, que fez resvalar o programa pré-definido em cerca de duas horas. Com 12 Mazda Proto à partida, foi de trás que veio a primeira surpresa, com Bruno Rodrigues a assumir a liderança do Desafio, até ao quilómetro 50. Com João Rato fora da corrida, Francisco Gil também deu sinais de querer “mostrar serviço”, mesmo com a transmissão dianteira direita partida.   


Etelvino Carvalho travou uma luta hercúlea com a gestão electrónica do motor do seu carro, mas terminou “são e salvo” a manhã, enquanto Tiago Avelar se queixava do facto de alguns concorrentes teimarem a não se deixar ultrapassar. Depois de resolvido os problema s do dia anterior, João Pais tentou controlar os adversários à distancia, mas na fase final da manhã viu-se apoquentado por uma falha da direcção assistida, que o destruiu fisicamente.    


Francamente mal correram as coisas para João Rato/Vítor Oliveira, líderes ao cabo do primeiro dia de prova, mas que, devido a um problema de aquecimento do motor do seu Proto , foram os primeiros a colocar o nome na lista de abandonos. Mais adiante ficariam também pelo caminho, Bruno Rodrigues/Ricardo Claro (excesso de penalização), que chegaram a estar à frente do Desafio. Igual desfecho conheceram Jorge Cardoso/Joaquim Norte (suspensão), Rui Lopes/Luís Ferreira (transmissão) e Bruno Oliveira/Paulo Marques (despiste). Floriano Roxo/Nuno Roxo viriam a abandonar após um acidente com outro concorrente em prova no início do sector vespertino.  


O Desafio Total Mazda regressa a 17 e 18 de Junho com a disputa do Baja do Pinhal, organizada pela Escuderia de Castelo Branco.  


CLASSIFICAÇÃO DESAFIO TOTAL MAZDA (APÓS A 1ª ETAPA)  


1º Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira (Mazda Proto)       4h47m29s   - 25 pontos  

2º Francisco Gil/Filipe Rasteiro (Mazda Proto),          4h51m14s   - 18    “

3º Tiago Avelar/Silva Santos (Mazda Proto),               5h01m03s   - 15    “

4º Etelvino Carvalho/João Penedo (Mazda Proto),    5h09m,23s  - 12    “

5º João Pedro Pais/Pedro Marcão (Mazda Proto),    5h44m11s   - 10    “

6º Pedro Salgueiro/Gonçalo Pires (Mazda Proto),     6h08m50s  - 8    “  

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 23 de outubro de 2020 – 10:50:36

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...