12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Duarte Carvalho em terceiro na época de estreia nos automóveis

 

Eduardo Leitão cumpre objectivo na primeira vez que corre de fórmula

 

A CRM Motorsport acabou mais um ano na única competição de fórmulas em Portugal com Duarte Carvalho e Eduardo Leitão. O piloto madeirense, que se estreou nos automóveis depois de ter feito a escola do karting, conseguiu acabar em terceiro na Fórmula Zetec e ficou em segundo entre os rookies depois de superar um fim-de-semana muito difícil e que foi mais um passo importante no seu processo de aprendizagem.

 

Eduardo Leitão esteve no Circuito do Estoril com a CRM Motorsport para se estrear a correr de fórmula. Sem objectivos definidos, o piloto que está envolvido no projecto do Kia cee’d TCR da equipa não só mostrou andamento para discutir vitórias como fechou a sua participação com dois pódios, um dos quais foi a vitória na Fórmula Zetec.

 

Líder entre os rookies à chegada à pista que recebeu a última ronda de 2017, Duarte Carvalho sabia que não havia margem para erros se quisesse vencer a competição. Mas um problema técnico ainda antes do arranque para a primeira corrida complicou tudo. O piloto ainda procurou recuperar e, no segundo confronto, fez uma exibição de luxo. Subiu de último a terceiro que soube a triunfo. Mesmo se não teve forma de conquistar a vitória entre os estreantes, acaba a primeira época nos automóveis com o terceiro lugar na competição.

 

 

“Na primeira corrida não consegui entrar na formação da grelha. É frustrante, mas as corridas são mesmo assim. Tudo pode acontecer. Na segunda, conseguimos fazer uma grande corrida. Parti do 18º e último lugar e acabei em terceiro da FZ. Infelizmente não garanti a vitória entre os rookies porque não pontuei na primeira corrida. À geral, ser terceiro na estreia, sem conhecer os circuitos, com poucas sessões de treinos e adversários mais experientes é muito bom. Quero agradecer à CRM Motorport pelo apoio ao longo da época, em especial a todo o staff e ao Tiago Raposo Magalhães. Também agradeço aos meus pais porque sem eles nada disto tinha sido possível”, afirmou Duarte Carvalho.

 

 

Eduardo Leitão estava muito satisfeito no final da prova. “Foi positivo pois alcançámos os objectivos. Na primeira corrida ainda passámos pela liderança, mas passadas algumas voltas ficámos com a traseira pouco estável, o que nos fez perder ritmo. Na segunda, andámos sempre na luta pela vitória. Mas um toque de um adversário na variante atrasou-nos quando éramos líderes na categoria e segundos à geral”, explicou.

 

Tiago Raposo Magalhães ficou satisfeito com a prestação da equipa nesta última jornada. “A última jornada foi das mais exigentes para todos. O Duarte Carvalho mostrou que continua a sua aprendizagem e está cada vez mais piloto. Depois do percalço do primeiro dia não desistiu e fez uma corrida de antologia, o que prova que está mais maduro e experiente. O Eduardo nunca tinha guiado um fórmula, mas ficou claro que não precisou de muitos quilómetros para entrar na luta pelos melhores lugares. Não venceu apenas por uma questão de pormenor”, disse.

 

 


 

sexta-feira, 24 de novembro de 2017 – 09:28:56

Pesquisar

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...