13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Chuva animou qualificação do Super Seven by Toyo Tires

 

 

·        73 Caterham Seven abrilhantaram cartaz internacional do European Le Mans Series no Autódromo Internacional do Algarve;

 

·        Indefinição das condições climatéricas trouxe experiências distintas aos concorrentes das classes 420R e S1600;

 

·        Rodrigo Galveias e José Kol Almeida destacaram-se na S1600, enquanto Gonçalo Lobo do Vale superiorizou-se em 420R.

 

Faça chuva ou faça sol, uma coisa é certa: após 10 anos de intensa atividade, o Super Seven by Toyo Tires continua com um dinamismo incrível, provado pelo ambiente vivido no paddock na abertura deste Portimão Racing Weekend e pela presença, no Autódromo Internacional do Algarve, da maior lista de inscritos de 2018!

 

Derivada da junção dos pilotos do Super 7 by Toyo Series e da 7 Race Series — fator que continua a agradar todos os envolvidos no Troféu monomarca de maior longevidade da Velocidade Nacional —, a presença no traçado algarvio de 73 Caterham Super Seven provocou a divisão do plantel nas categorias S1600 e 420R, traduzindo-se em ainda mais motivos de interesse no plano desportivo.

 

Com muito ainda por decidir nas contas do campeonato, as sessões cronometradas desta sexta-feira acabariam por decorrer em ambientes bem distintos, com os participantes da S1600 a enfrentarem os desafios da pista com o piso seco e os da 420 R com o traçado alagado.

 

 

No final, Rodrigo Galveias (S1600) e Gonçalo Lobo do Vale (420R) superaram a concorrência, assumindo-se como os mais rápidos entre os pilotos portugueses e em bom plano no cômputo geral. Na classe S1600 Business, José Kol de Almeida, Pedro Falé e Paulo Leitão deixaram em evidência a competividade da categoria.

 

S1600 PRO E BUSINESS

 

Autor da pole-position para as duas corridas, Rodrigo Galveias, destacando a emoção de correr no traçado de Portimão e a necessidade de amealhar pontos importantes para o campeonato nas duas corridas em disputa:

 

“Correr no Autódromo Internacional do Algarve é sempre especial e a qualificação acabou por ser muito positiva. No final da sessão comecei a piorar os meus tempos, mas fiz o suficiente para garantir a pole para as duas corridas. Estou contente, mas vamos esperar para ver, até porque certamente existirão muitas lutas pela primeira posição. Preciso de pontos para o campeonato e espero vencer, mas não será fácil!”,conclui.

 

Travando mais uma animada disputa com Pedro Falé, José Kol Almeida foi o mais rápido na Q1 e marcou o terceiro tempo na Q2. Comentando o resultado, o piloto fez questão de salientar o trabalho realizado pela sua equipa na preparação do Caterham e aproximação aos pilotos que militam na categoria Pro.

 

“A qualificação correu muito bem. O carro estava muito bem preparado pela BCM Sport e o trabalho que fizemos no Estoril e agora nos treinos livres foi compensador porque conseguimos manter o nível do grupo da frente. Somos Business e não estava à espera de ficar a pouco mais de segundo e meio do grupo da frente. Correr aqui é muito interessante. O autódromo tem excelentes condições e a pista está muito boa, talvez mais rápida do que no ano passado. Vou tentar a vitória nas duas corridas, mas sei que o Pedro Falé está muito próximo e com um andamento semelhante, sem esquecer que a presença dos pilotos ingleses poderá influenciar o decorrer da corrida para um dos lados”,frisou o piloto da BCM Sport.

 

420R

 

Já com a pista molhada, Gonçalo Lobo do Vale superou a interrupção da sessão devido à chuva torrencial que se abateu sobre o circuito para se qualificar no segundo posto da geral e no primeiro entre os portugueses. Seguiram-no José Carlos Pires e Ricardo Megre, dois crónicos candidatos ao triunfo.

 

“Superámos condições muito difíceis. A pista alagada, resultando em zonas de aquaplanagem, obrigou à interrupção da qualificação logo ao início, mas no seu recomeço percebi que estava com um andamento muito forte. Gosto bastante de andar à chuva e sinto que já me começo a habituar ao carro, o que me trouxe mais confiança, até pela consistência dos tempos. Nas corridas quero acima de tudo fazer um bom arranque e não entrar em confusões, até porque o resultado final vai estar muito dependente do arranque”,notou Gonçalo Lobo do Vale sobre a prestação ao volante do Caterham nº 30.

 

“Se conseguir manter a posição, vou procurar lutar pela vitória vitórias entre os portugueses e à geral”, conclui.

 

Com um bom ritmo durante toda a sessão, José Carlos Pires qualificou-se no quarto posto da geral e no segundo lugar entre os concorrentes do Super Seven by Toyo Tires.

 

O piloto do Caterham nº 53 confessa que gosta de andar à chuva, mas que apenas “as três primeiras voltas foram as mais rápidas. Depois começou a chover e o piso ficou pior”. Para o piloto da CRM Motorsport, “faltou aquele pulinho, aquele arriscar em que podemos passar de bestial a besta quando exageramos”. Ainda assim, objetivo plenamente conseguido quando se olha para as contas do campeonato: “O Ricardo Megre ficou atrás de mim e isso é que era importante”.

 

Do 3º posto entre os portugueses e 6º da geral sairá Luís Calheiros Ferreira, que fez notar as modificações operadas no set-up do seu carro. “Desenvolvemos um trabalho grande ao nível das afinações do carro e hoje surgiu a oportunidade de o colocar em prática. Conseguimos alterar as afinações de piso seco para molhado em tempo recorde e no final tudo correu muito bem para o meu lado. Trata-se do melhor resultado que até agora tive no Troféu, e ainda mais à chuva”, salientou.

 

Amanhã, sábado, 27 de Outubro, às 13h05, terá lugar a Corrida 1 do Super Seven by Toyo Tires, reservando-se para a manhã de Domingo, 28 de Outubro, a segunda contenda.

 

 

Classificação Super Seven by Toyo Tires, S1600 – Q1

1º Rodrigo Galveias (1º)

2º David Saraiva (2º)

3º José Kol Almeida (1º Business)

4º Pedro Falé (2º Business)

5º Bernardo Bello (3º)

6º Luís Filipe Oliveira (4º)

7º Pedro Lacerda (5º)

8º Miguel Lobo (6º)

9º Jorge Migueis (3º Business)

10º Frederico Brion Sanchez (4º Business)

11º Fernando Costa (5º Business)

12º Bruno Martins (7º)

13º Nuno Afonso (6º Business)

14º Miguel Couceiro (8º)

 

Classificação Super Seven by Toyo Tires, S1600 — Q2

1º Rodrigo Galveias (1º)

2º Rodrigo Saraiva (2º)

3º Pedro Falé (1º Business)

4oPaulo Leitão (2º Business)

5º José Kol Almeida (3º Business)

6º Miguel Lobo (3º)

7º Pedro Lacerda (4º)

8º Frederico Brion Sanchez (4º Business)

9º Miguel Couceiro (5º)

10º Bruno Martins (6º)

11º Jorge Miguéis (5º Business)

12º Fernando Costa (6º Business)

13º Bernardo Bello (7º)

14º Nuno Afonso (7º Business)

 

Classificação Super Seven by Toyo Tires, 420R — Q1 e Q2

1º Gonçalo Lobo Vale

2º José Carlos Pires

3º Luís Calheiros Ferreira

4º Ricardo Megre

5º Francisco Villar

6º JJ Magalhães

7º Luís Lisboa

8º Ricardo Rajani

9º Paulo Macedo

10º Paulo Costa/Diogo Costa

11º Jorge Petiz/Carlos Faria

12º Duarte Lisboa

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 20 de maio de 2019 – 08:37:36

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...