14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Kayak Polo testa Coimbra para o Europeu

 

 

Terceira fase do Campeonato Nacional decorre no fim de semana

 

Coimbra é a cidade que se segue no mapa do Campeonato Nacional de Kayak Polo, depois de as duas primeiras rondas terem sido disputadas em Vila Franca de Xira e em Setúbal. Instalado nas águas do Rio Mondego, junto à margem esquerda do Parque Verde, o campo vai receber mais de 40 jogos repartidos por sábado e domingo, com a impetuosidade e a competitividade do Kayak Polo a permitirem antecipar uma jornada de emoções fortes.

 

Após a realização das primeiras duas fases, o Clube Kayak Polo da Barra A mantém a liderança da competição sénior, com 35 pontos, mas tem o Clube Fluvial de Coimbra A “à perna”, com menos um ponto apenas na tabela classificativa. O pódio fecha com o Clube de Canoagem de Setúbal, que contabiliza 28 pontos.

 

Este ano, o Nacional de Kayak Polo integra cinco formações de sub-16, às quais se junta a seleção nacional feminina. No final da segunda ronda, a Associação Náutica do Seixal e o Clube Fluvial de Coimbra seguem lado a lado, com 26 pontos. A fechar o pódio de sub-16, está o Clube Náutico de Arcos de Valdevez, com 15 pontos.

 

Em 2019, o campeão nacional de Kayak Polo, em cada categoria, será a equipa que obtiver, no final de todas as etapas, o maior número de pontos. De referir que são atribuídos três pontos por vitória, um por empate e zero por derrota. O Campeonato Nacional de Kayak Polo termina em Arcos de Valdevez (13 e 14 de julho). Além da Federação Portuguesa de Canoagem, a fase de Coimbra conta com a organização do Clube Fluvial de Coimbra. No sábado, os jogos começam às 9h00, enquanto no domingo arrancam às 8h30.

 

A preparação do Campeonato da Europa de Kayak Polo, que se realiza entre 26 de agosto e 1 de setembro, em Coimbra, é um dos objetivos da jornada deste fim de semana. “Coimbra é um local onde já há tradição na organização de uma das fases do Campeonato Nacional”, lembra João Botelho, com o vice-presidente da Federação Portuguesa de Canoagem e responsável pelo kayak polo a admitir que, “por ser o local onde vai decorrer o Campeonato da Europa, há uma série de testes, experiências e observações que vamos fazer e validar no local”.

 

O Campeonato Nacional só se disputa com um campo, ao contrário do Campeonato da Europa, que vai ter quatro campos montados”, assinala o dirigente federativo, revelando que “o campo que está montado em Coimbra é já, em termos de localização, de dimensões e até de fixação das balizas, uma réplica exata do campo principal do Campeonato da Europa”.

 

O vice-presidente da Federação Portuguesa de Canoagem transmite que, no fim de semana, vão ser “testadas uma série de novidades, que não são normais em grandes eventos de Kayak Polo até à data, nomeadamente a estatística, que vamos ter em todos os jogos do Campeonato da Europa”, onde se incluem, entre outros itens, a posse de bola e os cantos.

 

Vão ser feitos testes no Campeonato Nacional», confirma João Botelho, antes de prosseguir para falar em “pequenos grandes pormenores, que, todos juntos e bem afinados, podem transformar o que aí vem [Campeonato da Europa] numa prova memorável de Kayak Polo”.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 10:22:15

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...