13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Equipa Portugal - João Almeida sobe ao décimo lugar na Volta a França do Futuro

 

 

O português João Almeida subiu hoje mais uma posição na Volta a França do Futuro, passando a ser o décimo classificado da geral, depois de disputada a oitava etapa, 81,1 quilómetros, entre La Barthe e Crest-Voland Cohennoz, em plenos Alpes. Tadej Pogacar continua em posse da camisola amarela.

 

A curta extensão da viagem contribuiu para a grande intensidade com que foi disputada, acabando por ficar na dianteira um grupo com pouco mais de vinte corredores, entre os quais os maiores candidatos às primeiras posições da geral. João Almeida conseguiu seguir no lote dos melhores, de entre o qual saiu o vencedor da etapa, o suíço Gino Mäder.

 

O corredor helvético aproveitou a descida, após a subida de primeira categoria para Les Saisies, para se isolar. Entrou na curta subida para a meta, de dois quilómetros, com uma vantagem de 20 segundos, que conseguiu gerir de forma a triunfar. O grupo perseguidor gastou mais 15 segundos do que Gino Mäder. O segundo foi o colombiano Ivan Ramiro Sosa e o terceiro o australiano Robert Stannard.

 

João Almeida cortou a meta na 19.ª posição, a 20 segundos do vencedor do dia. Entre a representação nacional seguiram-se Marcelo Salvador, 52.º, a 3m24s, Tiago Antunes, 91.º, a 8m13s, André Ramalho, 122.º, Rui Oliveira, 123.º, e Ivo Oliveira, 124.º, todos a 11m59s.

 

O esloveno Tadej Pogacar mantém-se no topo da geral, tendo 7 segundos de vantagem sobre o estadunidense Brandon McNulty e 12 segundos à melhor sobre o holandês Thymen Arensman, segundo e terceiro, respetivamente.

 

João Almeida cumpriu a meta de chegar aos dez melhores, sendo o décimo classificado, a 1m02s do camisola amarela. Marcelo Salvador é o segundo melhor elemento da Equipa Portugal, no 53.º posto, a 9m24s. Seguem-se Tiago Antunes, 55.º, a 10m41s, Rui Oliveira, 92.º, a 20m48s, André Ramalho, 93.º, a 21m14s, e Ivo Oliveira, 115.º, a 32m42s.

 

A Equipa Portugal está no 16.º lugar coletivo.

 

A nona e penúltima etapa, marcada para este sábado, tem quase três mil metros de acumulado positivo, devido a um percurso de alta montanha que começa em Sèez e termina 83 quilómetros adiante, em Val d’Isère. A meta será a terceira subida de primeira categoria da jornada.

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 14 de novembro de 2018 – 14:09:06

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...