13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Taça de Portugal de DHI - Domínio forasteiro em S. Brás de Alportel

 

Prova internacional de downhill (DHI) coroou, em elite, o espanhol Ángel Suarez (The Yt Mob) e a britânica Tahnée Seagrave (Transition Bikes/FMD Factory Racing), os favoritos por serem os participantes mais bem posicionados no ranking mundial.

 

Pelo segundo ano consecutivo o espanhol Ángel Suarez (The Yt Mob) e a britânica Tahnée Seagrave (Transition Bikes/FMD Factory Racing) triunfaram na abertura da Taça de Portugal de DHI. O sucesso repetido na abertura do Troféu foi desta vez conseguido na localidade algarvia de S.Brás de Alportel.

 

 

Na descida de qualificação da competição inscrita no calendário internacional, o galego Ángel Suarez (26.º do ranking mundial) não entrou nos primeiros dez classificados. Na final Suarez somou o melhor registo de toda a competição, com 2'35''467, antecipando em mais de um segundo o tempo de do vice-campeão nacional da especialidade, José Borges (Miranda Factory Team), segundo classificado, com 2'36''512. O britânico Jack Reading (One Vision Global Racing), 91.º do ranking mundial, foi o mais rápido na descida de qualificação, mas acabou a prova inaugural do troféu no terceiro lugar, com o cronómetro a estancar nos 2'37''145. O vencedor em título da Taça de Portugal, o campeão nacional Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo), não foi além do nono lugar final, com o registo de 2'40''235.

 

 

Entre a elite feminina, a britânica Tahnée Seagrave (Transition Bikes/ FMD Factory Racing) voltou a impor-se na primeira prova oficial da época portuguesa de DHI. A corredora britânica, número dois do ranking mundial, impôs a esperada hegemonia (2'57''914) antecipando em mais de dois segundos o registo da segunda classificada, a alemã Veronika Widmann (Bike Club Egna Neumarkt), que gastou 3'00''355. Margarida Bandeira (Montanha Clube / LouzanPark) posicionou-se no terceiro lugar da elite feminina, com o registo 3'27''423. A classificação final da três primeira classificadas repetiu o alinhamento anteriormente conseguido aquando da descida de qualificação.

 

Na ronda de S.Brás de Alportel, que atribuiu os primeiros pontos da Taça de Portugal de DHI, outros vencedores foram consagrados. A prova de juniores masculinos teve um vencedor nacional. Gonçalo Bandeira (Miranda Factory Team) impôs-se tangencialmente - 2'42''114 contra 2'42''835 - sobre Jamie Edmondson (Transition Bikes / Muc-off Factory Racing), o mais rápido na qualificação. O terceiro lugar final foi pertença de Orion Kichmayer (LAESPORT), com o tempo de 2'47''368.

 

Nos cadetes, o mais rápido em S.Brás de Alportel foi Nuno Reis (Maiatos) com o registo de  2’50’’684. O pódio desta categoria foi preenchido com mais um corredor britânico, Dennis Luffman (Transition / FMD Factory Racing), segundo classificado. O terceiro lugar coube a Mario Ruiz (Miranda Bike CC).

 

Nas restante categorias, Daniel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo) venceu nos Masters 30, José Sousa (Casa do Povo de Abrunheira) foi o mais rápido nos Masters 40 e Antero Oliveira (Bike House DH Team/Guimarães) levou a melhor entre os Masters 50. A prova de promoção foi conquistada por Leonel Henrique (Wildpack Algarve Racing).

 

A segunda prova da Taça de Portugal de DHI decorre a 17 de Março em Porto de Mós.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 19 de maio de 2019 – 14:44:59

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...