13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Pelotão mais internacional de sempre pedala na Arrábida

 

 

A terceira edição da Clássica da Arrábida, a mais internacional de sempre da prova, será disputada, neste domingo, por 158 corredores, em representação de 23 equipas. A caravana vai percorrer 185 quilómetros, com partida de Palmela, passagem em Setúbal e um final, seletivo e eletrizante, no Castelo de Sesimbra. A corrida é pontuável para os rankings UCI e também para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23.

 

Numa competição que pretende mostrar a Arrábida como região privilegiada para a prática de ciclismo, o pelotão conta com 18 países representados: Alemanha, Angola, Austrália, Bélgica, Bulgária, Espanha, Estados Unidos da América, França, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido, Rússia, Suíça e Uruguai.

 

A prova começa, às 11h40, no Largo de S. João, Palmela, terminando, cerca das 16h00, no Castelo de Sesimbra, depois de percorridos 185 quilómetros. A fase final, em circuito, terá um total de 33 quilómetros, que incluem três subidas ao Alto da Serra, a última com meta no castelo. Além das subidas, curtas mas exigentes, a Clássica da Arrábida mantém-se fiel ao ingrediente que lhe tem dado carisma: dois setores de terra-batida e gravilha.

 

Equipas

 

Continental Profissional:Caja Rural-Seguros RGA e Euskadi Basque Country-Murias (Espanha), W52-FC Porto (Portugal)

 

Continental:Aviludo-Louletano, Efapel, LA Alumínios-LA Sport, Miranda-Mortágua, Rádio Popular-Boavista, Sporting-Tavira, UD Oliveirense-InOutBuild e Vito-Feirense-PNB (Portugal), BAI-Sicasal-Petro de Luanda (Angola), Lokosphinx (Rússia), Swiss Racing Academy (Suíça), Team Diffedange-GeBa (Luxemburgo), Team Wiggins LeCol (Reino Unido) e Uno-X Norwegian Development Team (Noruega).

 

Equipas de Clube:ACDC Trofa/Trofense, Crédito Agrícola/Jorbi/Almodôvar, Fortunna/Maia, Jorbi/Team José Maria Nicolau, JV Perfis/Gondomar Cultural e Sicasal/Constantinos (Portugal)

 

As duas edições anteriores da corrida foram vencidas por ciclistas que, entretanto, subira ao WorldTour, Amaro Antunes, em 2017, e Dmitrii Strakhov, em 2018.

 

A edição de 2019 conta com três equipas de categoria continental profissional, Euskadi Basque Country-Murias, Caja Rural-Seguros RGA e W52-FC Porto, que tentarão fazer valer o favoritismo teórico. No entanto, as oito equipas continentais portuguesas e as formações Team Wiggins LeCol, Uno-X Norwegian Development Team e a Lokosphinx também têm argumentos para bater-se pelo triunfo. As equipas de clube aspiram a bons resultados entre os sub-23.

 

Lista de Inscritos

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 20 de março de 2019 – 02:50:08

Pesquisar

Reportagens fotográficas em preparação

- Casino do Estoril - Padel Golden Cup

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...