14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Grande Prémio Jornal de Notícias Leilosoc - Vicente García de Mateos ganha etapa e veste amarela

 

O espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano) é o novo camisola amarela do Grande Prémio Jornal de Notícias Leilosoc, depois de ganhar, na manhã de hoje, o primeiro setor da terceira etapa, uma curta ligação de 70,6 quilómetros, com partida e chegada em Gaia.

 

Apesar de curta, a etapa foi animada, com ataques desde o quilómetro inicial. Ao quilómetro 17, juntaram-se oito homens em fuga: Ricardo Mestre (W52-FC Porto), Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano), Daniel Silva (Rádio Popular-Boavista), Fabricio Ferrari (Efapel), Alejandro Marque (Sporting-Tavira), Raúl Rico e Filipe Cardoso (Vito-Feirense-PNB) e Rafael Lourenço (UD Oliveirense-InOutBuild).

 

Entre os escapados, as equipas da W52-FC Porto, Aviludo-Louletano, Sporting-Tavira e Rádio Popular-Boavista colocaram homens com potencial para vencer este Grande Prémio. Com a diferença dos fugitivos superior a três minutos, a Efapel teve de meter mãos à obra e assumiu o comando do pelotão.

 

O esforço do esquadrão ovarense não foi suficiente e o setor matutino da etapa foi discutido pelos oito fugitivos, que chegaram 2m05s antes do grande grupo. As decisões aconteceram com um emocionante sprint, na inclinada reta da meta. Rafael Lourenço atacou de longe e foi olhando várias vezes para trás, chegando e levantar os braços como vencedor. No entanto, mais experiente, Vicente García de Mateos protelou o arranque e num último impulso da bicicleta, mesmo sobre a meta, venceu por escassos centímetros. O terceiro foi Filipe Cardoso.

 

 

“Já venci várias vezes assim, até ao risco não se pode dar a etapa como ganha. Assim aconteceu mais uma vez. Vinha cansado de puxar toda a etapa, arranquei de trás e foi uma vitória bonita”, descreve o espanhol da formação algarvia.

 

Vicente García de Mateos assumiu o comando da geral individual, com 2 segundos de vantagem sobre Ricardo Mestre e com 8 segundos à melhor para Alejandro Marque. O espanhol não quer, todavia, assumir favoritismo para a conquista do Grande Prémio.

 

“Estamos na discussão, mas há muitos candidatos e, até segunda-feira, não se sabe o que vai acontecer. O contrarrelógio por equipas favorece as formações com roladores, que podem marcar muitas diferenças. A última etapa é verdadeiramente a etapa-rainha e tudo pode mudar”, sublinha o novo dono da camisola amarela.

 

 

 Após o primeiro setor da terceira etapa, Leangel Linarez (Kuota/Construcciones Paulini) mantém-se na frente da classificação por pontos, Rafael Lourenço é dono das camisolas da juventude de das metas volantes e Paulo Silva (Fortunna/Maia) segurou a camisola da montanha. A Vito-Feirense-PNB comanda por equipas.

 

O segundo setor da terceira etapa corre-se hoje, a partir das 17h00, na marginal de Leça da Palmeira. Será um contrarrelógio por equipas, com 9,6 quilómetros, que se espera dê mais alguns ajustes na definição da classificação geral individual.

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 09:12:26

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...