Portugal ambiciona top 10 no Mundial de Sub-23

 

A Equipa Portugal compete, amanhã, na prova de fundo para sub-23 do Campeonato do Mundo de Estrada, na região inglesa de Yorkshire, com a ambição de bater-se pelas primeiras posições.

 

A corrida inicia-se em Doncaster, às 14h00, e termina em Harrogate, depois de percorridos 173 quilómetros. Os últimos 27,6 serão disputados nas duas voltas a cumprir no circuito urbano, menos uma do que inicialmente previsto, numa tentativa de evitar que a prova termine depois de anoitecer, o que acontece pouco antes das 19h00 em Harrogate.

 

 

O bloco português será constituído por João Almeida (dorsal 73), André Carvalho (74), Emanuel Duarte (75) e Miguel Salgueiro (76). João Almeida, já com contrato assinado com a formação WorldTour Deceunink-Quick Step quer deixar uma marca forte na categoria sub-23, até para se desforrar do percalço do contrarrelógio, no qual uma queda impediu o caldense de estar entre os mais fortes.

 

“Depois daquele azar no contrarrelógio, quero colocar a ambição alta, vou lutar por um lugar no top 10. Sei o que trabalhei para estar bem nesta corrida e acredito que posso fazer uma boa corrida. Gostava que o percurso fosse mais montanhoso, mas as subidas curtas e explosivas, acompanhadas por chuva e vento tornarão esta prova muito dura”, antecipa João Almeida.

 

Apesar de não ser uma jornada de montanha, a seleção deverá fazer-se a subir e ainda antes da entrada no circuito final. Ao quilómetro 118,4, os corredores vão chegar ao topo de Greenhow, uma subida de 4 quilómetros com inclinação média de 7,2 e máxima de 9 por cento.

 

André Carvalho explica que “vai ser um percurso rompe-pernas, endurecido pelo vento e pela chuva. É um traçado que se adequa às nossas capacidades, enquanto equipa. Com uma pontinha de sorte poderemos lutar pelos lugares cimeiros. Vai ser a minha última corrida pela Seleção enquanto sub-23 e espero estar à altura de fazer uma boa prova”, conclui o minhoto.

 

A Equipa Portugal terá dois estreantes em Mundiais, Miguel Salgueiro e Emanuel Duarte. “És espectacular poder cumprir um objetivo que já tinha há alguns anos: representar Portugal num Campeonato do Mundo. As sensações são boas. Vou dar o meu melhor com o objetivo de ajudar a Seleção e de chegar o mais à frente possível”, afirma Miguel Salgueiro.

 

Emanuel Duarte, recente vencedor da Volta a Portugal do Futuro, veste a camisola da Equipa Portugal pela primeira vez. “Para mim tem um grande significado representar a Seleção Nacional, principalmente num Campeonato do Mundo. É o sonho de qualquer atleta. A ambição para a estreia é dar o que tenho para ajudar no que puder os meus companheiros”, confessa o corredor.

 

 

Daniela Campos corre de manhã

 

A júnior Daniela Campos também compete nesta sexta-feira, tendo por diante 86 quilómetros, entre Doncaster e Harrogate, a iniciar às 8h40. Será a única prova de fundo sem qualquer volta ao circuito de Harrogate.

 

A corredora algarvia, ainda júnior de primeiro ano, vai alinhar com o dorsal 85 e com o objetivo de fazer o melhor possível, num momento que ainda é de aprendizagem. “Vou tentar, sobretudo, perceber em que nível me situo no pelotão internacional, pois ainda não tenho muitas referências. Farei o melhor possível, num percurso muito plano. Preferia que tivesse mais subidas”, confessa Daniela Campos.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...