18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Camilo Abdula campeão mundial: “Havia atletas mais fortes, mas o trabalho compensa!”

Momento histórico para Portugal no Mundial de para-surfing que termina amanhã em Pismo Beach, Califórnia, com Camilo Abdula, na categoria Stand 1, a conquistar a segunda medalha de ouro para as cores nacionais depois do triunfo de Marta Paço, ontem, na classe VI 1.
 
Num heat cheio de reviravoltas, com uma interferência do favorito Roberto Pino, do Brasil, Camilo arrecadou o ouro com a sua derradeira onda, somando 9.23 contra 8.57 de Pino. O australiano John Wheele, que liderou grande parte da bateria, foi terceiro (7.33) e o japonês Kentaro Kondo (4.20) foi quarto.
No final, ainda claramente emocionado, o surfista português assumiu:
 
“Havia atletas mais fortes que eu, mas o trabalho compensa e o menos favorito acabou por vencer”, acrescentando:
 
“Esta medalha significa muito para mim. O ano passado fui quarto e vencer agora foi fantástico. Dedico esta medalha à equipa e à minha família e amigos. Vou regressar a casa e voltar a trabalhar que o surf não é a minha vida, mas vou desfrutar desta vitória.”
 
João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf e líder da comitiva nacional neste Mundial celebrou mais um triunfo do surf nacional:
 
“É uma aposta ganha desta federação, com atletas fora de série que tudo deram para este resultado e agora é Portugal no topo!”
 

Periodicidade Diária

domingo, 25 de fevereiro de 2024 – 08:57:04

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...