13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Romeu Gouveia prepara-se para testar limites na Red Bull Dolomitenmann - o atleta integrará a equipa que vai representar Portugal

 

 

O atleta da Salomon Suunto Portugal, Romeu Gouveia, regressa à competição após se ter sagrado Campeão Nacional de Trail em julho passado.

 

A próxima paragem será nas montanhas Dolomitas para disputar a Red Bull Dolomitenmann que terá lugar a 8 de setembro na Áustria, uma prova de estafetas que conta com as modalidades de Corrida de montanha, Corrida de Bicicleta em Montanha, Parapente e Caiaque. Romeu será o corredor de montanha da equipa portuguesa, lugar que garantiu ao vencer o Santana Vertical Km. A ele, juntam-se António Palavra no Caiaque, Nuno Virgílio no Parapente e Rúben Almeida (Campeão Nacional de XCM) em Corrida de Bicicleta em Montanha. Romeu e Rúben estreiam-se este ano, no entanto António Palavra e Nuno Virgílio partem para a sua 3.ª participação.

 

A Red Bull Dolomitenmann que nasceu em 1988 pela mão do ex-esquiador Werner Grissmann, na sua cidade natal, Lienz, tem hoje a reputação de campeonato mundial não oficial de desportos radicais. O primeiro elemento a partir de Liez será o atleta da Salomon Suunto Portugal, Romeu Gouveia, que vai enfrentar umas das corridas de montanha mais difíceis do mundo. Ao longo de 12 quilómetros terá que superar 2000 metros de ganho em altitude, com algumas passagens que terá que fazer de “gatas”, até Kuhbodentörl, a 2441 metros de altitude, onde passará o testemunho a Nuno Virgílio. Este terá depois que percorrer uma distância íngreme e sem caminho, antes de se lançar em vôo até Moosalm. Neste local Nuno terá que arrumar o material e correr com ele às costas até ao local do segundo vôo, que aterra no Estádio Dolomiten. Aqui entra em ação Rúben Almeida na sua bicicleta, começando logo por superar uma subida com 1400 metros de altitude e uma descida com uma inclinação de 26%, e chegar inteiro até Leisach, onde o espera António Palavra o canoista da equipa, para a etapa final. António Palavra parte rumo ao primeiro obstáculo, um salto de 7 metros para o rio Drava, onde muitas equipas marcam o fim da competição ao partirem a canoa. Se o canoísta superar este salto entrará no rio Drava para uma regata de 5 km em águas brancas, no fim ainda terá que correr com a sua canoa até à praça principal de Lienz, onde termina desta aventura.

 

Romeu Gouveia está entusiasmado com esta estreia, agora que recuperou o corpo e mente depois de uma época brilhante, onde alcançou o Campeonato de skyrunning, sagrou-se bi campeão Nacional de Trail, conquistou a Taça Celta e ainda foi o atleta do ano pela sua cidade natal, Tábua. O atleta sente-se em grande forma para desafiar as montanhas Dolomitas, consciente de que trabalhar em equipa é mais desafiante pois terá que ser ainda mais resiliente. “Estou super motivado para representar Portugal na Red Bull Dolomitenmann. Há 3 anos não imaginava poder chegar a este nível de competição. O Trail Running de certa forma mudou muito a minha vida, tornou-me uma pessoa mais autónoma, consciente, persistente e focada”. Acrescenta o atleta de 20 anos. 

 

Romeu Gouveia leva o seu novo Suunto 9 (anexo com mais informação), para o ajudar no decorrer da prova. “Ter um bom relógio que nos consegue dar a perceção exata e real dos quilómetros, desnível, ritmos e pulsação cardíaca, ajuda-me a ter um melhor rendimento.

 

Fotos - Fernando Ramos e João Faria

 

 


 

sábado, 22 de setembro de 2018 – 12:53:43

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...