13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

CIFMOB - A mobilidade em 2050

 

Decorreu ontem, sexta-feira dia 26 de Outubro, a CIFMOB – Conferencia Internacional da Mobilidade, que teve como tema, a mobilidade em 2050.

 

O palco foi montado na Alfândega do Porto e ao longo do dia este foi um espaço de reflexão sobre a mobilidade e os seus impactos nos territórios, nos veículos e nas pessoas, num futuro que está já ali ao virar da esquina.

 

FRANK M. RINDERKNECHT, um visionário não convencional, mas um homem desde sempre ligado à indústria automóvel, apresentou a sua visão do veículo do futuro e de como, cada vez mais, o automóvel terá “comportamentos” semelhantes aos de, por exemplo, um smart phone que tem que receber actualizações e de como isso poderá ser impactante no cidadão comum.

 

A condução autónoma é já uma realidade e num curto espaço de tempo o automóvel poderá ser uma mera plataforma, a que o visionário suíço chama de “skate”, com módulos intermutáveis, especializado para funções distintas, como o transporte de passageiros ou de mercadorias.

 

LUDWIG ENGEL é arquitecto e define-se como um futurista e urbanista, que na sua visão do futuro apresenta o automóvel e a cidade a comunicarem. O desaparecimento das ruas, tal como são hoje, a forma como o transporte será organizado, as redes de partilha, tudo isso poderá ser uma realidade num curto espaço de tempo.

 

ROBERT LLEWELLYN é comediante, actor e afirma-se como entusiasta científico e tecnológico.

 

Antes de mais, falou da sua experiência de utilizador de veículos eléctricos e dos seus comportamentos “verdes” em termos de consumos de energia. Enumerou vantagens, apontou comportamentos menos correctos por parte inclusive de governos que dependem, por exemplo do carvão para a produção de energia e de como taxam a produção energética descarbornizada.

 

Mais do que tudo, o entusiasta científico e tecnológico, que também é comediante e actor, falou da real e urgente necessidade de alterar comportamentos, na mobilidade, mas sobretudo no consumo de um modo geral.

 

Jorge Gabriel encerrou o evento, ao fim da tarde de ontem, tendo também o famoso apresentador de televisão, partilhado experiências e opiniões completamente alinhadas com a visão geral da conferência. É necessário mudar radical e rapidamente hábitos, em prol do futuro e da sustentabilidade do planeta.

 

A CIFMOB foi uma co-organização Zest – Marketing e Eventos e Renascença.

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 19 de novembro de 2018 – 08:56:23

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...